Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Anvisa cria grupo de emergência para monitorar ações de combate ao coronavírus



28/01/2020 | 08:19


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) criou um Grupo de Emergência em Saúde Pública para monitorar e conduzir no âmbito da agência as ações referentes ao novo coronavírus, que já havia matado 106 pessoas na China até a noite desta segunda-feira, 27. Outros 12 países, em três continentes, também reportaram casos de infectados.

O grupo foi criado por portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) e contará com servidores que ficarão focados no tema. Serão eles: o adjunto de Diretor da Primeira Diretoria; um assessor da Terceira Diretoria; o gerente-geral de Portos, Aeroportos, Fronteiras e Recintos Alfandegados; o gerente de Controle Sanitário de Produtos e Empresas em Portos, Aeroportos, Fronteiras e Recintos Alfandegados; o coordenador de Imprensa e Comunicação; e o assessor-chefe do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária. O grupo de emergência terá prazo de duração indeterminado.

O governo federal diz que a situação está sob controle no País e afirma que não vê necessidade de averiguar todas as aeronaves que vêm da China. Nesta segunda-feira, 27,, o presidente substituto da Anvisa, Antonio Barra Torres, disse que a vigilância sanitária será chamada para análise mais detalhada só se for notificada a presença de pessoa com suspeita do vírus, o que ainda não ocorreu em voos que chegaram ao Brasil.

Na manhã desta terça-feira, 28, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e o secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira, atendem a imprensa para atualizar o boletim sobre o novo coronavírus da China.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Anvisa cria grupo de emergência para monitorar ações de combate ao coronavírus


28/01/2020 | 08:19


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) criou um Grupo de Emergência em Saúde Pública para monitorar e conduzir no âmbito da agência as ações referentes ao novo coronavírus, que já havia matado 106 pessoas na China até a noite desta segunda-feira, 27. Outros 12 países, em três continentes, também reportaram casos de infectados.

O grupo foi criado por portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) e contará com servidores que ficarão focados no tema. Serão eles: o adjunto de Diretor da Primeira Diretoria; um assessor da Terceira Diretoria; o gerente-geral de Portos, Aeroportos, Fronteiras e Recintos Alfandegados; o gerente de Controle Sanitário de Produtos e Empresas em Portos, Aeroportos, Fronteiras e Recintos Alfandegados; o coordenador de Imprensa e Comunicação; e o assessor-chefe do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária. O grupo de emergência terá prazo de duração indeterminado.

O governo federal diz que a situação está sob controle no País e afirma que não vê necessidade de averiguar todas as aeronaves que vêm da China. Nesta segunda-feira, 27,, o presidente substituto da Anvisa, Antonio Barra Torres, disse que a vigilância sanitária será chamada para análise mais detalhada só se for notificada a presença de pessoa com suspeita do vírus, o que ainda não ocorreu em voos que chegaram ao Brasil.

Na manhã desta terça-feira, 28, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e o secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira, atendem a imprensa para atualizar o boletim sobre o novo coronavírus da China.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;