Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 1 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Bolsonaro se incomoda com vídeo em que Witzel chama Mourão de 'presidente'

EBC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


27/01/2020 | 09:20


O presidente Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira, 27, que ficou incomodado com o vídeo publicado pelo governador do Rio, Wilson Witzel, no qual chama o vice-presidente Hamilton Mourão - atual presidente em exercício - de "presidente".

"Ele, pelas imagens, está no seu carro e um assessor filma. E ele liga para o presidente em exercício. Eu acho que não é usual alguém fazer isso. Eu não gostaria que fizessem comigo, não interessa qual seja o assunto. O que se trata por telefone tem que ser reservado", afirmou Bolsonaro a repórteres em Nova Délhi, após participar de um fórum com empresários e autoridades indianas.

No domingo, 26, o governador Wilson Witzel divulgou um vídeo em sua conta no Twitter em que liga para o vice-presidente Mourão, com o viva voz ligado, e diz: "senhor presidente, boa tarde". O objetivo da ligação era falar sobre as chuvas no Rio e pedir apoio do governo federal.

Em resposta, Mourão diz que está ciente da situação e que vai pedir auxílio para o ministro Fernando Azevedo, da Defesa. "Qualquer coisa a gente apoia mais alguma coisa aí no Rio de Janeiro, governador", responde Mourão.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bolsonaro se incomoda com vídeo em que Witzel chama Mourão de 'presidente'


27/01/2020 | 09:20


O presidente Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira, 27, que ficou incomodado com o vídeo publicado pelo governador do Rio, Wilson Witzel, no qual chama o vice-presidente Hamilton Mourão - atual presidente em exercício - de "presidente".

"Ele, pelas imagens, está no seu carro e um assessor filma. E ele liga para o presidente em exercício. Eu acho que não é usual alguém fazer isso. Eu não gostaria que fizessem comigo, não interessa qual seja o assunto. O que se trata por telefone tem que ser reservado", afirmou Bolsonaro a repórteres em Nova Délhi, após participar de um fórum com empresários e autoridades indianas.

No domingo, 26, o governador Wilson Witzel divulgou um vídeo em sua conta no Twitter em que liga para o vice-presidente Mourão, com o viva voz ligado, e diz: "senhor presidente, boa tarde". O objetivo da ligação era falar sobre as chuvas no Rio e pedir apoio do governo federal.

Em resposta, Mourão diz que está ciente da situação e que vai pedir auxílio para o ministro Fernando Azevedo, da Defesa. "Qualquer coisa a gente apoia mais alguma coisa aí no Rio de Janeiro, governador", responde Mourão.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;