Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Instantâneos do Grande ABC

Uma boa garimpada oferece excelentes informações sobre a memória regional, a exemplo dos quatro casos de hoje que nos remetem à Chácara Nicolau Moran, à capela de Nossa Senhora do Acury, aos guardinhas de trânsito do coronel Juventino Borges e à indústria de 100 anos atrás


Ademir Medici
do Diário do Grande ABC

27/01/2020 | 00:02


RIACHO GRANDE
Há 30 anos, em 26 de janeiro de 1989, falecia Toninho Guerreiro, que fez história no São Paulo, no Santos e na Seleção Brasileira. Tinha somente 47 anos. Quando jogador, ele esteve várias vezes na Chácara Nicolau Moran, em São Bernardo, onde era a concentração do Santos.

A Chácara Nicolau Moran foi inaugurada em 14 de setembro de 1968. Cinquenta anos depois, em 2018, o Santos comemorou o jubileu de ouro do espaço, que tem capela e é lindo, às margens da Represa Billings.

SANTO ANDRÉ
Há um século, a tecelagem Ipiranguinha mais uma vez se organizava no então distrito de Santo André, ela que foi a primeira grande indústria da cidade.

Das páginas de O Estado de S. Paulo, um anúncio que parece dizer: aqui estamos; resistimos; podem contar conosco.

SÃO CAETANO
Memória acolheu um texto do saudoso jornalista Hermano Pini Filho, entre tantos que ele enviou, sobre os guardinhas do coronel Juventino. Mestre Hermano escreveu:

Em fins da década dos anos 1950 o coronel Juventino Borges criou a Guarda Mirim de São Caetano. Eram patrulheiros infantojuvenis que, devidamente uniformizados, chegaram a orientar o trânsito em determinadas vias públicas da cidade. Recebiam treinamento especial, consentâneo com a pouca idade dos que formavam o grupo. Quando prontos para entrar em ação, iam para alguns cruzamentos de ruas centrais.

O artigo de Hermano foi ilustrado com foto de um guardinha em ação, no Centro de São Caetano.

Agora, com alegria, localizamos a matéria original que Hermano, como correspondente do Estadão, publicou há exatos 60 anos.

Em 1960, edição de 20 de janeiro de 1960, a matéria de Hermano Pini Filho saiu sem assinatura no Estadão; já em 2012 o artigo fez parte da Semana Hermano Pini Filho, aqui em Memória. A matéria dos guardinhas de São Caetano foi publicada em 23 de janeiro de 2012.

DIADEMA
O historiador Nuto Sant’Anna escreveu pelo menos dois artigos sobre a capela do Acury, em Diadema. Da primeira matéria (1935) já tratamos em Memória. Na segunda visita (1940), o autor se decepcionou: as ruínas da capela haviam desaparecido.

Nada mais havia do que viramos outrora. O mato invadira tudo. E uma cerca de arame farpado, que dividia duas glebas, passou exatamente através do que restara da igrejinha, partindo-a ao meio.

Enxadões e cavadeiras demoliram a terra socada das paredes remotas. A cruz que lá se plantava num socó de pedras removeram-na para um dos lados dessas ruínas das ruínas.

Se as ruínas tivessem sido preservadas, ficariam hoje na Rua Manoel de Nóbrega, no Centro de Diadema, não muito distante do Shopping Praça da Moça. As matérias de Nuto Sant’Anna foram publicadas pelo jornal O Estado de S. Paulo em 25 de setembro de 1935 e 22 de janeiro de 1940.

Diário há 30 anos...
Sábado, 27 de janeiro de 1990 – Ano 32, edição 7287
Manchete – Falso atestado médico custa NCrZ 50 ao dia em Mauá
O repórter do Diário João Paulo Soares apresenta-se como metalúrgico no Centro de Mauá. Paga 500 cruzados novos a um ambulante. E obtém uma licença médica para faltar durante 14 dias ao trabalho.
Impostos – IPTU terá correção mensal em quase todas as cidades.
Cultura & Lazer – Grupo Golpe de Estado apresenta-se no Teatro Cacilda Becker, em São Bernardo.

Em 27 de janeiro de...
1920 – Do noticiário do Estadão: terror no Estado da Bahia. Diariamente são assassinados políticos da oposição, que travam contínuas lutas contra os cangaceiros do governo.
Anúncio: terrenos em grandes lotes. Um milhão de metros quadrados, margeando a linha inglesa, a dois quilômetros de São Caetano.
1960 – Organizada uma escala de plantões para as farmácias de São Caetano. Até então não havia obrigatoriedade para o funcionamento aos domingos e feriados.

Hoje
Dia da Elevação do Brasil a Vice-Reinado (1763)
Dia do Orador

Santas do dia
Ângela de Mérici (Bréscia 1470-1540) fundou a congregação das Irmãs Ursulinas, voltada à educação cristã das jovens.
Elvira. Bastante venerada na igreja de San Pedro de les Puelles em Barcelona

Municípios brasileiros
Celebram aniversários em 27 de janeiro:
Na Bahia, Itacaré
No Paraná, Lupionópolis
Em Minas Gerais, Pedro Leopoldo
Fonte: IBGE


 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Instantâneos do Grande ABC

Uma boa garimpada oferece excelentes informações sobre a memória regional, a exemplo dos quatro casos de hoje que nos remetem à Chácara Nicolau Moran, à capela de Nossa Senhora do Acury, aos guardinhas de trânsito do coronel Juventino Borges e à indústria de 100 anos atrás

Ademir Medici
do Diário do Grande ABC

27/01/2020 | 00:02


RIACHO GRANDE
Há 30 anos, em 26 de janeiro de 1989, falecia Toninho Guerreiro, que fez história no São Paulo, no Santos e na Seleção Brasileira. Tinha somente 47 anos. Quando jogador, ele esteve várias vezes na Chácara Nicolau Moran, em São Bernardo, onde era a concentração do Santos.

A Chácara Nicolau Moran foi inaugurada em 14 de setembro de 1968. Cinquenta anos depois, em 2018, o Santos comemorou o jubileu de ouro do espaço, que tem capela e é lindo, às margens da Represa Billings.

SANTO ANDRÉ
Há um século, a tecelagem Ipiranguinha mais uma vez se organizava no então distrito de Santo André, ela que foi a primeira grande indústria da cidade.

Das páginas de O Estado de S. Paulo, um anúncio que parece dizer: aqui estamos; resistimos; podem contar conosco.

SÃO CAETANO
Memória acolheu um texto do saudoso jornalista Hermano Pini Filho, entre tantos que ele enviou, sobre os guardinhas do coronel Juventino. Mestre Hermano escreveu:

Em fins da década dos anos 1950 o coronel Juventino Borges criou a Guarda Mirim de São Caetano. Eram patrulheiros infantojuvenis que, devidamente uniformizados, chegaram a orientar o trânsito em determinadas vias públicas da cidade. Recebiam treinamento especial, consentâneo com a pouca idade dos que formavam o grupo. Quando prontos para entrar em ação, iam para alguns cruzamentos de ruas centrais.

O artigo de Hermano foi ilustrado com foto de um guardinha em ação, no Centro de São Caetano.

Agora, com alegria, localizamos a matéria original que Hermano, como correspondente do Estadão, publicou há exatos 60 anos.

Em 1960, edição de 20 de janeiro de 1960, a matéria de Hermano Pini Filho saiu sem assinatura no Estadão; já em 2012 o artigo fez parte da Semana Hermano Pini Filho, aqui em Memória. A matéria dos guardinhas de São Caetano foi publicada em 23 de janeiro de 2012.

DIADEMA
O historiador Nuto Sant’Anna escreveu pelo menos dois artigos sobre a capela do Acury, em Diadema. Da primeira matéria (1935) já tratamos em Memória. Na segunda visita (1940), o autor se decepcionou: as ruínas da capela haviam desaparecido.

Nada mais havia do que viramos outrora. O mato invadira tudo. E uma cerca de arame farpado, que dividia duas glebas, passou exatamente através do que restara da igrejinha, partindo-a ao meio.

Enxadões e cavadeiras demoliram a terra socada das paredes remotas. A cruz que lá se plantava num socó de pedras removeram-na para um dos lados dessas ruínas das ruínas.

Se as ruínas tivessem sido preservadas, ficariam hoje na Rua Manoel de Nóbrega, no Centro de Diadema, não muito distante do Shopping Praça da Moça. As matérias de Nuto Sant’Anna foram publicadas pelo jornal O Estado de S. Paulo em 25 de setembro de 1935 e 22 de janeiro de 1940.

Diário há 30 anos...
Sábado, 27 de janeiro de 1990 – Ano 32, edição 7287
Manchete – Falso atestado médico custa NCrZ 50 ao dia em Mauá
O repórter do Diário João Paulo Soares apresenta-se como metalúrgico no Centro de Mauá. Paga 500 cruzados novos a um ambulante. E obtém uma licença médica para faltar durante 14 dias ao trabalho.
Impostos – IPTU terá correção mensal em quase todas as cidades.
Cultura & Lazer – Grupo Golpe de Estado apresenta-se no Teatro Cacilda Becker, em São Bernardo.

Em 27 de janeiro de...
1920 – Do noticiário do Estadão: terror no Estado da Bahia. Diariamente são assassinados políticos da oposição, que travam contínuas lutas contra os cangaceiros do governo.
Anúncio: terrenos em grandes lotes. Um milhão de metros quadrados, margeando a linha inglesa, a dois quilômetros de São Caetano.
1960 – Organizada uma escala de plantões para as farmácias de São Caetano. Até então não havia obrigatoriedade para o funcionamento aos domingos e feriados.

Hoje
Dia da Elevação do Brasil a Vice-Reinado (1763)
Dia do Orador

Santas do dia
Ângela de Mérici (Bréscia 1470-1540) fundou a congregação das Irmãs Ursulinas, voltada à educação cristã das jovens.
Elvira. Bastante venerada na igreja de San Pedro de les Puelles em Barcelona

Municípios brasileiros
Celebram aniversários em 27 de janeiro:
Na Bahia, Itacaré
No Paraná, Lupionópolis
Em Minas Gerais, Pedro Leopoldo
Fonte: IBGE


 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;