Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Com dois de Luccas Claro, Fluminense goleia Bangu e segue 100% na Taça Guanabara



26/01/2020 | 18:06


O time do Fluminense foi até o Estádio de Moça Bonita na tarde deste domingo e venceu o Bangu por 5 a 1, em jogo válido pela terceira rodada da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca. O zagueiro Luccas Claro foi destaque e marcou dois gols na partida. Yago Felipe, Felippe Cardoso e Gabriel Capixaba também anotaram, enquanto Juliano fez o de honra dos donos da casa.

Com a vitória, os comandados de Odair Hellmann mantêm o 100% de aproveitamento no torneio estadual e ficam na liderança do Grupo B, com nove pontos. Já o Bangu soma apenas dois e fica na terceira posição do Grupo A.

O triunfo do Fluminense começou a ser construído já no começo do primeiro tempo. Com apenas sete minutos de jogo, Luccas Claro subiu no terceiro andar para cabecear escanteio cobrado por Miguel pela direita e fazer 1 a 0.

Depois do 1 a 0, a partida seguiu estudada, mas o Bangu começou a se aventurar no campo de ataque e foi premiado com o empate. A igualdade veio aos 33, quando Juliano converteu pênalti originado por falta de Digão em Octávio.

O gol não abalou o ímpeto tricolor. Os visitantes seguiram bem e retomaram a vantagem no placar aos 37, de novo com Luccas Claro, que aproveitou cruzamento de Egídio para marcar duas vezes no mesmo jogo pela primeira vez na carreira.

No segundo tempo, o Fluminense seguiu superior e quase ampliou com Matheus Alessandro, que foi parado pelo goleiro Matheus Inácio aos 4, e com Miguel, que carimbou a trave em cobrança de falta aos 17.

Treze minutos depois, porém, veio o terceiro gol dos visitantes, pelos pés do meia Yago Felipe. O time tricolor recuperou a bola no ataque e Felippe Cardoso deu a assistência para o remate na saída do goleiro.

E o Fluminense não parou por aí: aos 35, foi a fez de Felippe Cardoso balançar a rede do Bangu, aproveitando falha do zagueiro Michel para surpreender Matheus Inácio e fazer 4 a 1.

Não contente com a goleada em Moça Bonita, a equipe de Odair Hellmann ainda fez o quinto no último minuto do tempo regulamentar. O jovem aproveitou cruzamento da direita de Matheus Alessandro e manda de cabeça para fechar o placar.

FICHA TÉCNICA:

BANGU 1 x 5 FLUMINENSE

BANGU - Matheus Inácio; Raul, Michel, Rodrigo Lobão e Dieyson; Sidney (Rocha), Rodrigo Yuri e Juliano; Alex Chander, Washington (Juan Felipe) e Octávio (Mariano). Técnico: Eduardo Allax.

FLUMINENSE - Muriel; Igor Julião, Digão, Luccas Claro e Egídio; Henrique, Dodi e Yago Felipe (Gabriel Capixaba); Miguel (Matheus Pato), Lucas Barcelos (Felippe Cardoso) e Matheus Alessandro. Técnico: Odair Hellmann.

GOLS - Luccas Claro, aos 7 e aos 37, e Juliano, aos 33 minutos do primeiro tempo. Yago Felipe, aos 30, Felippe Cardoso, aos 35, e Gabriel Capixaba, aos 45 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (Fifa/RJ).

CARTÕES AMARELOS - Michel e Rodrigo Yuri (Bangu); Digão e Matheus Alessandro (Fluminense).

RENDA e PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio da Moça Bonita, no Rio de Janeiro (RJ).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Com dois de Luccas Claro, Fluminense goleia Bangu e segue 100% na Taça Guanabara


26/01/2020 | 18:06


O time do Fluminense foi até o Estádio de Moça Bonita na tarde deste domingo e venceu o Bangu por 5 a 1, em jogo válido pela terceira rodada da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca. O zagueiro Luccas Claro foi destaque e marcou dois gols na partida. Yago Felipe, Felippe Cardoso e Gabriel Capixaba também anotaram, enquanto Juliano fez o de honra dos donos da casa.

Com a vitória, os comandados de Odair Hellmann mantêm o 100% de aproveitamento no torneio estadual e ficam na liderança do Grupo B, com nove pontos. Já o Bangu soma apenas dois e fica na terceira posição do Grupo A.

O triunfo do Fluminense começou a ser construído já no começo do primeiro tempo. Com apenas sete minutos de jogo, Luccas Claro subiu no terceiro andar para cabecear escanteio cobrado por Miguel pela direita e fazer 1 a 0.

Depois do 1 a 0, a partida seguiu estudada, mas o Bangu começou a se aventurar no campo de ataque e foi premiado com o empate. A igualdade veio aos 33, quando Juliano converteu pênalti originado por falta de Digão em Octávio.

O gol não abalou o ímpeto tricolor. Os visitantes seguiram bem e retomaram a vantagem no placar aos 37, de novo com Luccas Claro, que aproveitou cruzamento de Egídio para marcar duas vezes no mesmo jogo pela primeira vez na carreira.

No segundo tempo, o Fluminense seguiu superior e quase ampliou com Matheus Alessandro, que foi parado pelo goleiro Matheus Inácio aos 4, e com Miguel, que carimbou a trave em cobrança de falta aos 17.

Treze minutos depois, porém, veio o terceiro gol dos visitantes, pelos pés do meia Yago Felipe. O time tricolor recuperou a bola no ataque e Felippe Cardoso deu a assistência para o remate na saída do goleiro.

E o Fluminense não parou por aí: aos 35, foi a fez de Felippe Cardoso balançar a rede do Bangu, aproveitando falha do zagueiro Michel para surpreender Matheus Inácio e fazer 4 a 1.

Não contente com a goleada em Moça Bonita, a equipe de Odair Hellmann ainda fez o quinto no último minuto do tempo regulamentar. O jovem aproveitou cruzamento da direita de Matheus Alessandro e manda de cabeça para fechar o placar.

FICHA TÉCNICA:

BANGU 1 x 5 FLUMINENSE

BANGU - Matheus Inácio; Raul, Michel, Rodrigo Lobão e Dieyson; Sidney (Rocha), Rodrigo Yuri e Juliano; Alex Chander, Washington (Juan Felipe) e Octávio (Mariano). Técnico: Eduardo Allax.

FLUMINENSE - Muriel; Igor Julião, Digão, Luccas Claro e Egídio; Henrique, Dodi e Yago Felipe (Gabriel Capixaba); Miguel (Matheus Pato), Lucas Barcelos (Felippe Cardoso) e Matheus Alessandro. Técnico: Odair Hellmann.

GOLS - Luccas Claro, aos 7 e aos 37, e Juliano, aos 33 minutos do primeiro tempo. Yago Felipe, aos 30, Felippe Cardoso, aos 35, e Gabriel Capixaba, aos 45 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (Fifa/RJ).

CARTÕES AMARELOS - Michel e Rodrigo Yuri (Bangu); Digão e Matheus Alessandro (Fluminense).

RENDA e PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio da Moça Bonita, no Rio de Janeiro (RJ).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;