Fechar
Publicidade

Sábado, 29 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Sérgio Noronha, jornalista e comentarista esportivo, morre aos 87 anos



24/01/2020 | 19:00


O jornalista Sérgio Noronha morreu nesta sexta-feira no Rio, aos 87 anos. Comentarista esportivo com passagens por inúmeros veículos de comunicação, ele estava internado no Hospital Rio Laranjeiras, na zona Sul, onde sofreu uma parada cardíaca. Noronha sofria do Mal de Alzheimer desde 2015.

Noronha teve uma pneumonia no Retiro dos Artistas, onde vivia, e ficou internado sete dias no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do hospital. Na última quinta-feira, ele foi transferido para o quarto, mas se sentiu mal. Às 18h05 desta sexta-feira, o Retiro dos Artistas informou que tinha sido avisado sobre a morte e que um representante da instituição estava a caminho do hospital.

O ex-comentarista foi levado ao Retiro dos Artistas pelo ex-árbitro de futebol e amigo Arnaldo Cezar Coelho, que solicitou ajuda ao ator e presidente da instituição, Stepan Nercessian. O ex-comentarista não contava com nenhum familiar próximo.

Sérgio Noronha, também conhecido como "Seu Nonô", foi comentarista esportivo, redator, editor de esportes, secretário de redação e colunista com passagens importantes por vários veículos de comunicação. Em 1959, ele foi contratado como repórter do Jornal do Brasil. Nos anos seguintes passou pelos jornais Diário Carioca, Correio da Manhã e Última Hora, além das revistas Senhor e TV Guia.

Foi para a TV Globo em 1975 e comentou os jogos da Copa do Mundo de 1978, na Argentina. No ano seguinte, foi para a TV Educativa, mas comentou para a TV Globo a Copa de 1982. A partir do ano seguinte, foi comentarista da Rádio Globo, teve um rápida passagem pela Rádio Tupi, mas voltou para a Globo em 1989. Em 1998, passou também a integrar o quadro de comentaristas do SporTV.

Em 2009, Noronha foi para a TV Bandeirantes. No ano seguinte, voltou para a Rádio Globo e ainda retornou para a TV, participando das transmissões do canal Premiere. Sua última participação na emissora foi em 2011.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sérgio Noronha, jornalista e comentarista esportivo, morre aos 87 anos


24/01/2020 | 19:00


O jornalista Sérgio Noronha morreu nesta sexta-feira no Rio, aos 87 anos. Comentarista esportivo com passagens por inúmeros veículos de comunicação, ele estava internado no Hospital Rio Laranjeiras, na zona Sul, onde sofreu uma parada cardíaca. Noronha sofria do Mal de Alzheimer desde 2015.

Noronha teve uma pneumonia no Retiro dos Artistas, onde vivia, e ficou internado sete dias no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do hospital. Na última quinta-feira, ele foi transferido para o quarto, mas se sentiu mal. Às 18h05 desta sexta-feira, o Retiro dos Artistas informou que tinha sido avisado sobre a morte e que um representante da instituição estava a caminho do hospital.

O ex-comentarista foi levado ao Retiro dos Artistas pelo ex-árbitro de futebol e amigo Arnaldo Cezar Coelho, que solicitou ajuda ao ator e presidente da instituição, Stepan Nercessian. O ex-comentarista não contava com nenhum familiar próximo.

Sérgio Noronha, também conhecido como "Seu Nonô", foi comentarista esportivo, redator, editor de esportes, secretário de redação e colunista com passagens importantes por vários veículos de comunicação. Em 1959, ele foi contratado como repórter do Jornal do Brasil. Nos anos seguintes passou pelos jornais Diário Carioca, Correio da Manhã e Última Hora, além das revistas Senhor e TV Guia.

Foi para a TV Globo em 1975 e comentou os jogos da Copa do Mundo de 1978, na Argentina. No ano seguinte, foi para a TV Educativa, mas comentou para a TV Globo a Copa de 1982. A partir do ano seguinte, foi comentarista da Rádio Globo, teve um rápida passagem pela Rádio Tupi, mas voltou para a Globo em 1989. Em 1998, passou também a integrar o quadro de comentaristas do SporTV.

Em 2009, Noronha foi para a TV Bandeirantes. No ano seguinte, voltou para a Rádio Globo e ainda retornou para a TV, participando das transmissões do canal Premiere. Sua última participação na emissora foi em 2011.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;