Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

MDB banca família Damo nas urnas


Raphael Rocha

24/01/2020 | 00:01


A família Damo estará nas urnas neste ano no pleito em Mauá. Quem garante é o secretário-geral do MDB no Estado, o deputado estadual Jorge Caruso. O parlamentar confirmou que a ex-deputada estadual Vanessa Damo, que recentemente regressou ao partido, reuniu time de advogados para estudar sua situação jurídica – alguns apontam que ainda não venceu prazo de inelegibilidade em processo por abuso de poder econômico, outros admitem chance de recursos para viabilizá-la. Independentemente dessa situação, porém, Caruso considerou lançar a vice-prefeita Alaíde Damo (MDB), que ficou à frente da Prefeitura nas prisões do prefeito Atila Jacomussi (PSB). 

Caldeirão

 A possibilidade cada vez mais forte de volta do ex-deputado Vanderlei Siraque (PCdoB) ao PT tem gerado forte reação no petismo de Santo André. Há reclamação pelo fato de Siraque provavelmente tomar vaga de um vereador na próxima legislatura – tem recall eleitoral – e questionamento pela falta de diálogo sobre a volta. Militantes comentaram à coluna que um dos mais incomodados é o ex-deputado federal Professor Luizinho. Por enquanto, Siraque tem consultado atuais parlamentares sobre sua volta. Ele ainda não conversou com a direção da legenda no município.

Quadros

 O DEM de Mauá, apesar de anunciar os ex-secretários Tchello Pierro e Coronel Paulo Barthasar como pré-candidatos do partido à Prefeitura, fará pesquisas de intenções de voto com os nomes do vereador Manoel Lopes e da ex-secretária de Educação Angela Donatiello Lopes como postulantes ao Paço. O partido assegura que quem se sair melhor nesses estudos representará a legenda nas urnas em outubro.

Conselhos

 O vereador Akira Auriani (PSB), de Rio Grande da Serra, mantém desejo de ser candidato a prefeito na eleição deste ano e, como curiosidade, tem se consultado muito com um parlamentar que deve caminhar contra ele no pleito: Benedito Araújo (PT). Os dois dividem os gabinetes compartilhados da casa e trocam experiências até pela diferença de idade. O socialista tem 34 anos. O petista, 65.

Frente

 Integrantes do Partido Novo, do Cidadania e do Republicanos de Mauá se reuniram nesta semana para debater o cenário eleitoral deste ano. O encontro contou com Edson Agnello (Novo), Osmar Júnior (Cidadania) e Azor de Albuquerque (Republicanos). Desses três partidos, o Cidadania lançou pré-candidatura própria ao Paço: Luizão da Comunidade.

Apuração 

 O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), do Ministério Público, investiga denúncia de que o vice-prefeito de São Bernardo, Marcelo Lima (PSD), teria recebido propina de fornecedores da Prefeitura de São Bernardo no âmbito de sua pasta, a Secretaria de Serviços Urbanos. A apuração é um desdobramento da Operação Barbatanas, que atingiu em cheio o vereador afastado e ex-secretário de Meio Ambiente Mario de Abreu (ex-PSDB) – ele foi acusado de cobrar vantagem ilícita para liberar licenças ambientais e de vender cargos na secretaria, o que ele nega. Já houve quebra de sigilo telefônico de aliados do vice-prefeito.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

MDB banca família Damo nas urnas

Raphael Rocha

24/01/2020 | 00:01


A família Damo estará nas urnas neste ano no pleito em Mauá. Quem garante é o secretário-geral do MDB no Estado, o deputado estadual Jorge Caruso. O parlamentar confirmou que a ex-deputada estadual Vanessa Damo, que recentemente regressou ao partido, reuniu time de advogados para estudar sua situação jurídica – alguns apontam que ainda não venceu prazo de inelegibilidade em processo por abuso de poder econômico, outros admitem chance de recursos para viabilizá-la. Independentemente dessa situação, porém, Caruso considerou lançar a vice-prefeita Alaíde Damo (MDB), que ficou à frente da Prefeitura nas prisões do prefeito Atila Jacomussi (PSB). 

Caldeirão

 A possibilidade cada vez mais forte de volta do ex-deputado Vanderlei Siraque (PCdoB) ao PT tem gerado forte reação no petismo de Santo André. Há reclamação pelo fato de Siraque provavelmente tomar vaga de um vereador na próxima legislatura – tem recall eleitoral – e questionamento pela falta de diálogo sobre a volta. Militantes comentaram à coluna que um dos mais incomodados é o ex-deputado federal Professor Luizinho. Por enquanto, Siraque tem consultado atuais parlamentares sobre sua volta. Ele ainda não conversou com a direção da legenda no município.

Quadros

 O DEM de Mauá, apesar de anunciar os ex-secretários Tchello Pierro e Coronel Paulo Barthasar como pré-candidatos do partido à Prefeitura, fará pesquisas de intenções de voto com os nomes do vereador Manoel Lopes e da ex-secretária de Educação Angela Donatiello Lopes como postulantes ao Paço. O partido assegura que quem se sair melhor nesses estudos representará a legenda nas urnas em outubro.

Conselhos

 O vereador Akira Auriani (PSB), de Rio Grande da Serra, mantém desejo de ser candidato a prefeito na eleição deste ano e, como curiosidade, tem se consultado muito com um parlamentar que deve caminhar contra ele no pleito: Benedito Araújo (PT). Os dois dividem os gabinetes compartilhados da casa e trocam experiências até pela diferença de idade. O socialista tem 34 anos. O petista, 65.

Frente

 Integrantes do Partido Novo, do Cidadania e do Republicanos de Mauá se reuniram nesta semana para debater o cenário eleitoral deste ano. O encontro contou com Edson Agnello (Novo), Osmar Júnior (Cidadania) e Azor de Albuquerque (Republicanos). Desses três partidos, o Cidadania lançou pré-candidatura própria ao Paço: Luizão da Comunidade.

Apuração 

 O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), do Ministério Público, investiga denúncia de que o vice-prefeito de São Bernardo, Marcelo Lima (PSD), teria recebido propina de fornecedores da Prefeitura de São Bernardo no âmbito de sua pasta, a Secretaria de Serviços Urbanos. A apuração é um desdobramento da Operação Barbatanas, que atingiu em cheio o vereador afastado e ex-secretário de Meio Ambiente Mario de Abreu (ex-PSDB) – ele foi acusado de cobrar vantagem ilícita para liberar licenças ambientais e de vender cargos na secretaria, o que ele nega. Já houve quebra de sigilo telefônico de aliados do vice-prefeito.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;