Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Marinha emite alerta para possível ciclone na costa da região Sudeste



23/01/2020 | 11:40


A Marinha do Brasil emitiu alerta sobre possível formação de ciclone subtropical entre esta quinta-feira, 23, e sexta, 24, na costa da Região Sudeste. Caso a tempestade se confirme, ela deve receber o nome de "Kurumí", que significa "menino", em tupi-guarani.

Segundo o Climatempo, há previsão de queda acentuada da pressão atmosférica sobre o oceano no decorrer da quinta-feira, entre os litorais sul do Espírito Santo e norte do Rio. "Tudo acontece sobre o mar, mas algumas rajadas de vento, com até 60 km/h poderão ser observadas sobre o continente", diz.

O mais comum é que os ciclones se formem no Atlântico Sul no mês março, período final do verão, de acordo com o Climatempo. Nessa época, a água do ar tem mais calor armazenado, o que favorece o desenvolvimento das tempestades. Na costa entre o Rio e o Espírito Santo, a temperatura da água deve se manter entre 26°C e 27°C.

O fenômeno só será classificado como ciclone se os ventos atingirem 63 km/h ou mais. Se confirmado, ele deve acontecer em regiões oceânicas e não terá "efeito relevante no continente".

"Esta possível tempestade subtropical estará em alto-mar e se afastando do País", afirma o Climatempo. "Depois de organizado, este sistema de baixa pressão atmosférica tende a se deslocar cada vez mais para alto-mar, fazendo a trajetória de para sul, e afastando-se cada vez mais da costa da região Sudeste."

A configuração de ventos em diversos níveis de altitude, no entanto, deve estimular a formação de grandes áreas de instabilidade. Há previsão de forte chuva sobre o Espírito Santo e na região norte do Rio. "A chuva deve ser volumosa e deve causar transtornos para a população", diz o Climatempo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Marinha emite alerta para possível ciclone na costa da região Sudeste


23/01/2020 | 11:40


A Marinha do Brasil emitiu alerta sobre possível formação de ciclone subtropical entre esta quinta-feira, 23, e sexta, 24, na costa da Região Sudeste. Caso a tempestade se confirme, ela deve receber o nome de "Kurumí", que significa "menino", em tupi-guarani.

Segundo o Climatempo, há previsão de queda acentuada da pressão atmosférica sobre o oceano no decorrer da quinta-feira, entre os litorais sul do Espírito Santo e norte do Rio. "Tudo acontece sobre o mar, mas algumas rajadas de vento, com até 60 km/h poderão ser observadas sobre o continente", diz.

O mais comum é que os ciclones se formem no Atlântico Sul no mês março, período final do verão, de acordo com o Climatempo. Nessa época, a água do ar tem mais calor armazenado, o que favorece o desenvolvimento das tempestades. Na costa entre o Rio e o Espírito Santo, a temperatura da água deve se manter entre 26°C e 27°C.

O fenômeno só será classificado como ciclone se os ventos atingirem 63 km/h ou mais. Se confirmado, ele deve acontecer em regiões oceânicas e não terá "efeito relevante no continente".

"Esta possível tempestade subtropical estará em alto-mar e se afastando do País", afirma o Climatempo. "Depois de organizado, este sistema de baixa pressão atmosférica tende a se deslocar cada vez mais para alto-mar, fazendo a trajetória de para sul, e afastando-se cada vez mais da costa da região Sudeste."

A configuração de ventos em diversos níveis de altitude, no entanto, deve estimular a formação de grandes áreas de instabilidade. Há previsão de forte chuva sobre o Espírito Santo e na região norte do Rio. "A chuva deve ser volumosa e deve causar transtornos para a população", diz o Climatempo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;