Fechar
Publicidade

Sábado, 22 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Siraque pisa em ovos na volta ao PT


Raphael Rocha

23/01/2020 | 00:01


No sábado, esta coluna mostrou que está muito próximo de acontecer o retorno do ex-deputado Vanderlei Siraque (PCdoB) ao PT em Santo André. A volta é tão iminente que Siraque já tem procurado vereadores e pré-candidatos do petismo à Câmara para conversar e medir a temperatura interna com seu regresso. Os vereadores Alemão Duarte e Luiz Alberto, por exemplo, já tomaram café com o ex-deputado. Um retorno de Siraque ao petismo não é bem-visto porque há uma avaliação que indica que, com seu recall eleitoral, o ex-parlamentar conseguiria se eleger com facilidade, tirando a cadeira de alguém da atual bancada. E há outro ingrediente. Quando o petismo escolheu a vereadora Bete Siraque como prefeiturável, ficou meio dito pelo não dito que Siraque, marido da pré-prefeiturável, não regressaria ao petismo para disputar vaga de vereador. 

Análise

 Filiados ao Cidadania pouco lamentaram o anúncio de desfiliação feito pelo vereador Julinho Fuzari (Cidadania), de São Bernardo. Isso porque, sem o parlamentar, candidatos com potencial de obter de 3.000 a 4.000 votos têm possibilidade real de conquistar cadeira na Câmara – contando, claro, com desempenho do já vereador doutor Manuel Martins. A avaliação interna é a de que a competição por cadeira fica mais acirrada, aumentando, assim, o empenho dos postulantes no pleito deste ano.

Indicação 

 Sócio do prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), em duas empresas – a Super Ponto Participações Empresariais e a OAC Participações –, e afilhado de casamento do tucano, José Carlos Vinturini está lotado como assessor especial de gabinete na liderança do PSDB na Assembleia Legislativa. A função de líder do tucanato na casa é exercida justamente pela deputada estadual Carla Morando (PSDB), mulher do chefe do Executivo. Vinturini ganha R$ 25.088,76 mensais brutos.

Clipe

 Irmão do prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), Pedro Serra foi contratado para ser produtor musical do novo clipe do cantor Afro X, de rap. E ele escolheu o histórico conjunto habitacional IAPI, na Vila Guiomar, em Santo André. As gravações acontecem no sábado pela manhã. O clipe também contará com imagens da favela da Tamarutaca.

Pré-campanha 

 Pré-candidato do PT em Rio Grande da Serra, Erick de Paula estreou ações de rua com panfletagem em frente à estação da cidade da Linha 10-Turquesa da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). O tema do material envolve críticas ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), em especial à MP (Medida Provisória) que institui o contrato de trabalho verde e amarelo.

Projeto

 A vereadora Suely Nogueira (MDB), de São Caetano, não escondeu a alegria em ver o prefeito da Capital, Bruno Covas (PSDB), sancionar um projeto de lei que ela sugeriu em seu município: o de proibir estabelecimentos de fornecer utensílios de plásticos, como copos, pratos, talheres, canudos. “Precisamos criar alternativas para reduzir a quantidade de resíduos plásticos”, discorreu.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Siraque pisa em ovos na volta ao PT

Raphael Rocha

23/01/2020 | 00:01


No sábado, esta coluna mostrou que está muito próximo de acontecer o retorno do ex-deputado Vanderlei Siraque (PCdoB) ao PT em Santo André. A volta é tão iminente que Siraque já tem procurado vereadores e pré-candidatos do petismo à Câmara para conversar e medir a temperatura interna com seu regresso. Os vereadores Alemão Duarte e Luiz Alberto, por exemplo, já tomaram café com o ex-deputado. Um retorno de Siraque ao petismo não é bem-visto porque há uma avaliação que indica que, com seu recall eleitoral, o ex-parlamentar conseguiria se eleger com facilidade, tirando a cadeira de alguém da atual bancada. E há outro ingrediente. Quando o petismo escolheu a vereadora Bete Siraque como prefeiturável, ficou meio dito pelo não dito que Siraque, marido da pré-prefeiturável, não regressaria ao petismo para disputar vaga de vereador. 

Análise

 Filiados ao Cidadania pouco lamentaram o anúncio de desfiliação feito pelo vereador Julinho Fuzari (Cidadania), de São Bernardo. Isso porque, sem o parlamentar, candidatos com potencial de obter de 3.000 a 4.000 votos têm possibilidade real de conquistar cadeira na Câmara – contando, claro, com desempenho do já vereador doutor Manuel Martins. A avaliação interna é a de que a competição por cadeira fica mais acirrada, aumentando, assim, o empenho dos postulantes no pleito deste ano.

Indicação 

 Sócio do prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), em duas empresas – a Super Ponto Participações Empresariais e a OAC Participações –, e afilhado de casamento do tucano, José Carlos Vinturini está lotado como assessor especial de gabinete na liderança do PSDB na Assembleia Legislativa. A função de líder do tucanato na casa é exercida justamente pela deputada estadual Carla Morando (PSDB), mulher do chefe do Executivo. Vinturini ganha R$ 25.088,76 mensais brutos.

Clipe

 Irmão do prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), Pedro Serra foi contratado para ser produtor musical do novo clipe do cantor Afro X, de rap. E ele escolheu o histórico conjunto habitacional IAPI, na Vila Guiomar, em Santo André. As gravações acontecem no sábado pela manhã. O clipe também contará com imagens da favela da Tamarutaca.

Pré-campanha 

 Pré-candidato do PT em Rio Grande da Serra, Erick de Paula estreou ações de rua com panfletagem em frente à estação da cidade da Linha 10-Turquesa da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). O tema do material envolve críticas ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), em especial à MP (Medida Provisória) que institui o contrato de trabalho verde e amarelo.

Projeto

 A vereadora Suely Nogueira (MDB), de São Caetano, não escondeu a alegria em ver o prefeito da Capital, Bruno Covas (PSDB), sancionar um projeto de lei que ela sugeriu em seu município: o de proibir estabelecimentos de fornecer utensílios de plásticos, como copos, pratos, talheres, canudos. “Precisamos criar alternativas para reduzir a quantidade de resíduos plásticos”, discorreu.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;