Fechar
Publicidade

Domingo, 16 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Maia: fim do Ministério da Segurança Pública foi um erro do governo Bolsonaro



22/01/2020 | 20:55


O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu nesta quarta-feira, 22, a recriação do Ministério da Segurança Pública. Essa possibilidade foi citada hoje pelo próprio presidente da República, Jair Bolsonaro, durante reunião com secretários estaduais de segurança, no Planalto.

"Criação de ministério não necessariamente gera novas despesas", afirmou Maia. "O fim do Ministério da Segurança Pública no início do governo Bolsonaro foi um erro para o próprio governo", acrescentou.

Maia pontuou que Bolsonaro foi eleito com a pauta da segurança pública. Em função disso, acabar com o ministério foi uma sinalização ruim para o próprio governo.

"Não conversei com o presidente Bolsonaro sobre isso, mas a decisão de recriar o ministério é uma sinalização de priorização do tema da segurança pública que, de fato, precisa de uma política focada e concentrada no tema da articulação do trabalho do governo federal com os Estados", avaliou Maia.

O presidente da Câmara também afirmou que não vê problemas na recriação do Ministério da Cultura. Essa possibilidade está em estudo no governo, que convidou a atriz Regina Duarte para a pasta. "Uma secretaria ou um ministério, sem aumento de despesas, não vejo problema", afirmou. Atualmente, a Secretaria de Cultura faz parte do Ministério do Turismo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Maia: fim do Ministério da Segurança Pública foi um erro do governo Bolsonaro


22/01/2020 | 20:55


O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu nesta quarta-feira, 22, a recriação do Ministério da Segurança Pública. Essa possibilidade foi citada hoje pelo próprio presidente da República, Jair Bolsonaro, durante reunião com secretários estaduais de segurança, no Planalto.

"Criação de ministério não necessariamente gera novas despesas", afirmou Maia. "O fim do Ministério da Segurança Pública no início do governo Bolsonaro foi um erro para o próprio governo", acrescentou.

Maia pontuou que Bolsonaro foi eleito com a pauta da segurança pública. Em função disso, acabar com o ministério foi uma sinalização ruim para o próprio governo.

"Não conversei com o presidente Bolsonaro sobre isso, mas a decisão de recriar o ministério é uma sinalização de priorização do tema da segurança pública que, de fato, precisa de uma política focada e concentrada no tema da articulação do trabalho do governo federal com os Estados", avaliou Maia.

O presidente da Câmara também afirmou que não vê problemas na recriação do Ministério da Cultura. Essa possibilidade está em estudo no governo, que convidou a atriz Regina Duarte para a pasta. "Uma secretaria ou um ministério, sem aumento de despesas, não vejo problema", afirmou. Atualmente, a Secretaria de Cultura faz parte do Ministério do Turismo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;