Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 18 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

'Corinthians é o time a ser batido no Paulistão', diz Cássio

Reprodução/Instagram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


21/01/2020 | 12:57


Retomando o posto de capitão do Corinthians, o goleiro Cássio assumiu o tom de liderança da equipe nesta terça-feira e deu recado aos rivais: "o Corinthians é o time a ser batido no Campeonato Paulista". O time estreará na quinta-feira, diante do Botafogo, na Arena Corinthians, em São Paulo.

"Não é pressão nenhuma, mas o Corinthians é o time a ser batido, é o atual campeão. No Brasileirão é o Flamengo. No Paulistão, somos o time a ser batido", reforçou o goleiro, que voltou a ser o capitão da equipe, agora sob o comando do técnico Tiago Nunes. "Vamos mostrar em campo com atitude, mostrar bem, começar com vitórias, ter crescimento, acertar e errar. Tivemos evolução entre os dois jogos da Florida Cup, nos EUA."

"Temos que pensar lá na frente, em títulos, mas tudo começa aqui. Estamos no melhor Estadual do Brasil, times das Séries A, B e C. Vários jogadores que estavam na Série A e vieram jogar no Paulistão pela visibilidade. Mas temos que pensar jogo a jogo. Sobre comparação é difícil falar ainda, não tivemos nenhum jogo", comentou.

Cássio também afirmou que se sente privilegiado por retomar a braçadeira de capitão. "Me sinto lisonjeado de ser o capitão, tive privilégio de já erguer títulos assim, mas tem vários líderes que poderiam, isso a responsabilidade se divide. Ninguém ganha nada sozinho no futebol, em sintonia tudo acontece. Fico lisonjeado, mas aqui dividimos a liderança."

A braçadeira não será a única novidade para o goleiro sob o comando do novo treinador. Tiago Nunes já deixou claro que, em sua visão de time, o goleiro precisará ser mais participativo, jogando com os pés com mais frequência, algo que nunca foi a especialidade do goleiro corintiano.

"O professor gosta que saia jogando, chegar uma boa de qualidade para o pessoal do meio. É uma maneira nova, fico feliz de fazer parte desta nova etapa. Nós, jogadores, queremos evoluir, queremos melhorar. Não vai ser do dia para noite, mas a gente acredita muito que vai dar certo. Estou muito feliz com esse novo estilo, espero agregar bastante para o time", disse o goleiro.

Pronto para a nova função, Cássio garante estar 100% bem fisicamente, após levar um susto na primeira semana de trabalho do ano. Logo no primeiro treino ele sofreu uma luxação no polegar da mão esquerda. "Fiquei preocupado quando tirei a luva e vi meu dedo. Fiz o exame no mesmo dia e vi que o grau da lesão era leve. No começo foi dolorido, agora estou entrando no ritmo. Estou melhorando", declarou o jogador, que já esteve em campo na Florida Cup.

TREINO - Tiago Nunes promoveu uma mudança na formação titular do Corinthians na atividade desta terça, em comparação aos dois jogos da Florida Cup. Ele sacou o volante colombiano Victor Cantillo e deu chance a Richard. O motivo é burocrático: Cantillo ainda não apareceu no Boletim Informativo Diário da CBF e possivelmente não deve ser regularizado a tempo de enfrentar o Botafogo-SP.

Desta forma, o novo treinador corintiano pode escalar a equipe na quinta-feira com Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Gil e Lucas Piton; Richard e Camacho; Ramiro, Luan e Janderson; Boselli.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

'Corinthians é o time a ser batido no Paulistão', diz Cássio


21/01/2020 | 12:57


Retomando o posto de capitão do Corinthians, o goleiro Cássio assumiu o tom de liderança da equipe nesta terça-feira e deu recado aos rivais: "o Corinthians é o time a ser batido no Campeonato Paulista". O time estreará na quinta-feira, diante do Botafogo, na Arena Corinthians, em São Paulo.

"Não é pressão nenhuma, mas o Corinthians é o time a ser batido, é o atual campeão. No Brasileirão é o Flamengo. No Paulistão, somos o time a ser batido", reforçou o goleiro, que voltou a ser o capitão da equipe, agora sob o comando do técnico Tiago Nunes. "Vamos mostrar em campo com atitude, mostrar bem, começar com vitórias, ter crescimento, acertar e errar. Tivemos evolução entre os dois jogos da Florida Cup, nos EUA."

"Temos que pensar lá na frente, em títulos, mas tudo começa aqui. Estamos no melhor Estadual do Brasil, times das Séries A, B e C. Vários jogadores que estavam na Série A e vieram jogar no Paulistão pela visibilidade. Mas temos que pensar jogo a jogo. Sobre comparação é difícil falar ainda, não tivemos nenhum jogo", comentou.

Cássio também afirmou que se sente privilegiado por retomar a braçadeira de capitão. "Me sinto lisonjeado de ser o capitão, tive privilégio de já erguer títulos assim, mas tem vários líderes que poderiam, isso a responsabilidade se divide. Ninguém ganha nada sozinho no futebol, em sintonia tudo acontece. Fico lisonjeado, mas aqui dividimos a liderança."

A braçadeira não será a única novidade para o goleiro sob o comando do novo treinador. Tiago Nunes já deixou claro que, em sua visão de time, o goleiro precisará ser mais participativo, jogando com os pés com mais frequência, algo que nunca foi a especialidade do goleiro corintiano.

"O professor gosta que saia jogando, chegar uma boa de qualidade para o pessoal do meio. É uma maneira nova, fico feliz de fazer parte desta nova etapa. Nós, jogadores, queremos evoluir, queremos melhorar. Não vai ser do dia para noite, mas a gente acredita muito que vai dar certo. Estou muito feliz com esse novo estilo, espero agregar bastante para o time", disse o goleiro.

Pronto para a nova função, Cássio garante estar 100% bem fisicamente, após levar um susto na primeira semana de trabalho do ano. Logo no primeiro treino ele sofreu uma luxação no polegar da mão esquerda. "Fiquei preocupado quando tirei a luva e vi meu dedo. Fiz o exame no mesmo dia e vi que o grau da lesão era leve. No começo foi dolorido, agora estou entrando no ritmo. Estou melhorando", declarou o jogador, que já esteve em campo na Florida Cup.

TREINO - Tiago Nunes promoveu uma mudança na formação titular do Corinthians na atividade desta terça, em comparação aos dois jogos da Florida Cup. Ele sacou o volante colombiano Victor Cantillo e deu chance a Richard. O motivo é burocrático: Cantillo ainda não apareceu no Boletim Informativo Diário da CBF e possivelmente não deve ser regularizado a tempo de enfrentar o Botafogo-SP.

Desta forma, o novo treinador corintiano pode escalar a equipe na quinta-feira com Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Gil e Lucas Piton; Richard e Camacho; Ramiro, Luan e Janderson; Boselli.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;