Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Polícia MIlitar reforça policiamento nas divisas e em rodovias após fuga no Paraguai

Marina Brandão/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


21/01/2020 | 10:56


A Polícia Militar do Estado de São Paulo informou ter reforçado o policiamento com atenção especial para as divisas e para as rodovias após a fuga de 75 presos de uma cadeia em Pedro Juan Caballero, no Paraguai. A corporação disse que foram deflagradas operações em todo o Estado "com grande contingente operacional".

A ação conta com reforço do policiamento da força tática, do policiamento de choque, dos batalhões de ações especiais (Baep), além de helicópteros e drones para monitoramento. "Por meio de uma ação integrada, a Polícia Militar está dedicando atenção total. Hoje (segunda-feira, 20), por exemplo, mais de 13 mil policiais e de 6 mil viaturas estão dedicados à operação e o efetivo será ainda mais reforçado nas próximas horas", informou a PM.

Setenta e cinco presos ligados ao Primeiro Comando da Capital (PCC) fugiram neste domingo, 19, da Penitenciária Regional de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, próximo à fronteira com o Brasil. Um túnel foi encontrado no local, embora o governo acredite que parte dos criminosos tenha escapado pela porta da frente com a cumplicidade de funcionários do presídio.

O Ministério da Justiça do Brasil afirmou neste domingo que o grupo de fugitivos era composto por 40 brasileiros e 35 paraguaios. Em entrevista coletiva, a ministra da Justiça do país, Cecilia Pérez, ressaltou que o ministério denunciou em dezembro a existência de um plano de "fuga ou resgate" do PCC, pelo qual agentes penitenciários receberiam US$ 80 mil pela liberdade de líderes da facção.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Polícia MIlitar reforça policiamento nas divisas e em rodovias após fuga no Paraguai


21/01/2020 | 10:56


A Polícia Militar do Estado de São Paulo informou ter reforçado o policiamento com atenção especial para as divisas e para as rodovias após a fuga de 75 presos de uma cadeia em Pedro Juan Caballero, no Paraguai. A corporação disse que foram deflagradas operações em todo o Estado "com grande contingente operacional".

A ação conta com reforço do policiamento da força tática, do policiamento de choque, dos batalhões de ações especiais (Baep), além de helicópteros e drones para monitoramento. "Por meio de uma ação integrada, a Polícia Militar está dedicando atenção total. Hoje (segunda-feira, 20), por exemplo, mais de 13 mil policiais e de 6 mil viaturas estão dedicados à operação e o efetivo será ainda mais reforçado nas próximas horas", informou a PM.

Setenta e cinco presos ligados ao Primeiro Comando da Capital (PCC) fugiram neste domingo, 19, da Penitenciária Regional de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, próximo à fronteira com o Brasil. Um túnel foi encontrado no local, embora o governo acredite que parte dos criminosos tenha escapado pela porta da frente com a cumplicidade de funcionários do presídio.

O Ministério da Justiça do Brasil afirmou neste domingo que o grupo de fugitivos era composto por 40 brasileiros e 35 paraguaios. Em entrevista coletiva, a ministra da Justiça do país, Cecilia Pérez, ressaltou que o ministério denunciou em dezembro a existência de um plano de "fuga ou resgate" do PCC, pelo qual agentes penitenciários receberiam US$ 80 mil pela liberdade de líderes da facção.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;