Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Fazendo água

Que política é dinâmica e que os posicionamentos mudam muito rápido, ninguém duvida. Mas essa mudança causou surpresa


Do Diário do Grande ABC

25/02/2010 | 00:00


Que política é dinâmica e que os posicionamentos mudam muito rápido, ninguém duvida. Mas essa mudança causou surpresa e até alegria em muita gente do meio político de Santo André. Ontem, o vereador Paulinho Serra (PSDB) reuniu-se com o vice-presidente da Gestão Empresarial do Santo André e pré-candidato a deputado estadual, Romualdo Magro Júnior (PSB). Na pauta do café da manhã, uma provável caminhada do mesmo lado na eleição de outubro. Dessa forma, o tucano, que desistiu de sair a deputado federal e que agora irá coordenar a campanha à cadeira em Brasília do ex-prefeito de São Bernardo William Dib (PSDB), se aproxima de um nome para a Assembleia. O único problema é que Paulinho havia selado pacto com o ex-prefeiturável de Santo André e postulante à vaga no Legislativo estadual Raimundo Salles (DEM). Os dois, inclusive, foram rivais durante muito tempo e chegaram a dizer que haviam estendido a bandeira da paz. Resta saber como ficará o clima para a permanência desse acordo após o encontro entre o tucano e o socialista. Haja mudança!

Bastidores


Com o chapéu dos outros
O PT de São Caetano realiza no sábado, às 15h, posse da nova executiva municipal do partido, que terá o vereador Edgar Nóbrega no comando. O evento irá ocorrer na Câmara. Fica só uma pulga atrás da orelha: quem será que irá pagar as horas extras dos funcionários do Legislativo, que serão escalados para trabalhar fora do expediente, e os gastos com energia elétrica e manutenção do espaço público?

Isenção permanente
O vereador de São Caetano Paulo Pinheiro (PTB) protocolou ontem na Câmara sugestão para que a administração de José Auricchio Júnior (PTB) conceda, de forma permanente, isenção de 50% na cobrança de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) para imóveis com riscos de enchentes na cidade. Mas não seria melhor propor medidas para que esses locais não sejam mais atingidos e, com isso, sem a necessidade do benefício?

Vai que sobra...
Ele não assume oficialmente, mas o vice-prefeito de Mauá e secretário de Saúde, Paulo Eugenio Pereira Júnior (PT), ficou bastante atento com a decisão da Justiça de suspender os direitos políticos do prefeito Oswaldo Dias (PT) por cinco anos. Se a sentença for mantida, Paulo encurtará em quatro anos o projeto de disputar a cadeira principal do Paço e poderá já pensar no assunto em 2012.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;