Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Mortes no trânsito têm alta de 15,42% em 2019

Claudinei Plaza/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Região teve 232 acidentes fatais no ano passado; motociclistas e pedestres foram as principais vítimas


Do Dgabc.com.br

20/01/2020 | 15:50


O Grande ABC registrou alta de 15,42% nas mortes em decorrência de acidentes de trânsito entre janeiro e dezembro do ano passado em relação ao mesmo período de 2018. Conforme os dados divulgados pelo Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo) nesta segunda-feira, foram contabilizadas 232 vítimas fatais nas sete cidades em 2019 e 201 um ano antes.

O levantamento mostra que os motociclistas foram as principais vítimas do trânsito na região – 92 mortes. Na sequência aparecem os pedestres, com 79 óbitos. Outras 42 pessoas perderam a vida em acidentes com automóveis, 11 em bicicletas, três em caminhões, uma em ônibus e outras quatro em ocorrências não especificadas.

Entre as sete cidades, São Bernardo lidera o ranking de mortes no trânsito, com 78 casos. Santo André registrou 46 acidentes fatais, seguida por Diadema (44), Mauá (32), Ribeirão Pires (19), São Caetano (12) e Rio Grande da Serra (uma).

Leia a matéria completa na edição de amanhã do Diário e no www.dgabc.com.br.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mortes no trânsito têm alta de 15,42% em 2019

Região teve 232 acidentes fatais no ano passado; motociclistas e pedestres foram as principais vítimas

Do Dgabc.com.br

20/01/2020 | 15:50


O Grande ABC registrou alta de 15,42% nas mortes em decorrência de acidentes de trânsito entre janeiro e dezembro do ano passado em relação ao mesmo período de 2018. Conforme os dados divulgados pelo Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo) nesta segunda-feira, foram contabilizadas 232 vítimas fatais nas sete cidades em 2019 e 201 um ano antes.

O levantamento mostra que os motociclistas foram as principais vítimas do trânsito na região – 92 mortes. Na sequência aparecem os pedestres, com 79 óbitos. Outras 42 pessoas perderam a vida em acidentes com automóveis, 11 em bicicletas, três em caminhões, uma em ônibus e outras quatro em ocorrências não especificadas.

Entre as sete cidades, São Bernardo lidera o ranking de mortes no trânsito, com 78 casos. Santo André registrou 46 acidentes fatais, seguida por Diadema (44), Mauá (32), Ribeirão Pires (19), São Caetano (12) e Rio Grande da Serra (uma).

Leia a matéria completa na edição de amanhã do Diário e no www.dgabc.com.br.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;