Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

dmais@dgabc.com.br | 4435-8396

Mundo amplo e batalhas em aguardado jogo de ‘Dragon Ball Z’

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Da Redação

18/01/2020 | 23:59


O universo de batalhas épicas que movimenta Dragon Ball há décadas continua a ser explorado. E não é só de mangás e animês que vive uma das mais populares histórias japonesas. Os games apresentam versões e opções baseadas no conto desde os anos 1980 e mais um título acaba de chegar para a coleção da atual geração de consoles. É Dragon Ball Z: Kakarot, novo projeto da Bandai Namco e com versões para PlayStation 4, Xbox One e PC.

Claro que não faltam confrontos para medir forças, mas como o título sugere, o foco está em torno de Goku, cujo nome Saiyajin verdadeiro é Kakaroto. Desde o início da saga Z, o público controla o personagem em ambientes com diversos NPCs para interagir. A ideia é que a exploração pelo cenário e pelo enredo leve os gamers pelos acontecimentos já conhecidos pelos fãs, incluindo ações sobre os confrontos com vilões Freeza, Cell e Boo.

O modo de jogo muda quando as lutas surgem no caminho. Não que um outro estilo seja ativado por meio de cortes de cenas, mas de maneira mais fluída. Detalhe que não há cortes para os principais poderes. Momentos de maior relevância envolvem conversas com os personagens e figuras como Piccolo e Gohan também são controladas pelos gamers.

De maneira geral, a atração é um RPG de ação que vai além das batalhas que costumam caracterizar os games ligados à série. Dragon Ball Z: Kakarot utiliza as lutas como ferramenta para o desenvolvimento do enredo proposto, o que o deixa mais completo que os lançamentos anteriores da franquia. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mundo amplo e batalhas em aguardado jogo de ‘Dragon Ball Z’

Da Redação

18/01/2020 | 23:59


O universo de batalhas épicas que movimenta Dragon Ball há décadas continua a ser explorado. E não é só de mangás e animês que vive uma das mais populares histórias japonesas. Os games apresentam versões e opções baseadas no conto desde os anos 1980 e mais um título acaba de chegar para a coleção da atual geração de consoles. É Dragon Ball Z: Kakarot, novo projeto da Bandai Namco e com versões para PlayStation 4, Xbox One e PC.

Claro que não faltam confrontos para medir forças, mas como o título sugere, o foco está em torno de Goku, cujo nome Saiyajin verdadeiro é Kakaroto. Desde o início da saga Z, o público controla o personagem em ambientes com diversos NPCs para interagir. A ideia é que a exploração pelo cenário e pelo enredo leve os gamers pelos acontecimentos já conhecidos pelos fãs, incluindo ações sobre os confrontos com vilões Freeza, Cell e Boo.

O modo de jogo muda quando as lutas surgem no caminho. Não que um outro estilo seja ativado por meio de cortes de cenas, mas de maneira mais fluída. Detalhe que não há cortes para os principais poderes. Momentos de maior relevância envolvem conversas com os personagens e figuras como Piccolo e Gohan também são controladas pelos gamers.

De maneira geral, a atração é um RPG de ação que vai além das batalhas que costumam caracterizar os games ligados à série. Dragon Ball Z: Kakarot utiliza as lutas como ferramenta para o desenvolvimento do enredo proposto, o que o deixa mais completo que os lançamentos anteriores da franquia. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;