Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 24 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

EUA e China avançam passo importante para relação equilibrada e justa, diz Trump



15/01/2020 | 14:38


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que seu país e a China estão avançando "um passo importante para uma relação equilibrada e justa". A declaração foi feita durante discurso na cerimônia de assinatura da "fase 1" do acordo comercial entre as nações, que acontece nesta quarta-feira, 15, em Washington.

O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, destacou o "incrível relacionamento" com os chineses. Ele ainda classificou o acordo comercial sino-americano como claro, justo e recíproco. "Fizemos progresso em questões ligadas a manipulação cambial", disse, destacando que houve também "grande progresso em relação a propriedade intelectual e transferência tecnológica."

Trump agradeceu ao presidente chinês, Xi Jinping, pelo pacto e prometeu ir à China em um futuro próximo, como gesto de reciprocidade.

Detalhes do acordo ainda não foram divulgados.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

EUA e China avançam passo importante para relação equilibrada e justa, diz Trump


15/01/2020 | 14:38


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que seu país e a China estão avançando "um passo importante para uma relação equilibrada e justa". A declaração foi feita durante discurso na cerimônia de assinatura da "fase 1" do acordo comercial entre as nações, que acontece nesta quarta-feira, 15, em Washington.

O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, destacou o "incrível relacionamento" com os chineses. Ele ainda classificou o acordo comercial sino-americano como claro, justo e recíproco. "Fizemos progresso em questões ligadas a manipulação cambial", disse, destacando que houve também "grande progresso em relação a propriedade intelectual e transferência tecnológica."

Trump agradeceu ao presidente chinês, Xi Jinping, pelo pacto e prometeu ir à China em um futuro próximo, como gesto de reciprocidade.

Detalhes do acordo ainda não foram divulgados.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;