Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

dmais@dgabc.com.br | 4435-8396

Preserve a fertilidade


Raquel de Medeiros
Do Diário do Grande ABC

12/10/2008 | 07:02


Os avanços da medicina conseguiram ampliar o tempo de vida de homens e mulheres. Entretanto, a capacidade fértil feminina não evoluiu, tanto que ainda não é possível para elas gerar filhos quando estão em idades mais avançadas. Para discutir sobre esse assunto, o ginecologista Arnaldo Schizzi Cambiaghi lança o livro Fertilidade é Assunto sério - Cuide, proteja e preserve (La Vida Press, 123 páginas, R$ 20).

Muitos estudos estão sendo feitos com o intuito de descobrir se é possível parar o relógio da fertilidade. Uma pesquisa realizada por Jonathan Tilly, da Faculdade de Medicina de Boston, descobriu o gene batizado de BAX, responsável pelo encerramento da liberação de óvulos em macacos. Se houver semelhança com o ser humano e a possibilidade de o gene ser bloqueado, talvez, a falência ovariana em mulheres também possa ser adiada.

CLIMA
As mudanças ambientais podem ser prejudiciais. "Existem evidências que sugerem a interferência negativa destas substâncias na fertilidade", diz Arnaldo.

A afirmação do autor é destacada pelos pesquisadores da US National Survey of Family Goowth, que realizaram um levantamento com casais com dificuldades de engravidar. Segundo o estudo, as dioxinas, liberadas por indústrias e transmitidas aos seres humanos por meio da ingestão de alimentos como queijos, leite, manteiga, carne, entre outros, pode ter interferido na dificuldade dos casais em ter filhos.

A polêmica gordura trans - encontrada em margarinas, pizzas, bolachas, bolos e outros alimentos com óleos vegetais processados - também é responsabilizada pela diminuição da fertilidade, segundo a publicação.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;