Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Mandato devolveu São Caetano ao mapa do Estado, diz Thiago

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Para deputado, ausência de nome da cidade na Assembleia Legislativa foi prejudicial


Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

17/12/2019 | 07:00


Deputado estadual debutante Thiago Auricchio (PL), que tem base eleitoral em São Caetano, avaliou que o hiato de 13 anos sem nome da cidade na Assembleia Legislativa prejudicou o município. Filho do prefeito José Auricchio Júnior (PSDB), o parlamentar acredita que sua eleição “devolveu São Caetano para o mapa do governo do Estado”.

“Fazia tempo que São Caetano não tinha um deputado da cidade. E acho que isso é importante, pelo resultado que a gente trouxe já nesses primeiros nove meses do mandato”, frisou o parlamentar, que promoveu ontem à noite prestação de contas do mandato em conhecido bufê da cidade.

Thiago Auricchio contabilizou, ao todo, R$ 18 milhões em recursos destinados ao município governado pelo pai por meio de emendas parlamentares. As verbas custearam ações nas áreas da saúde, educação, esporte e assistência social. No evento, Thiago anunciou ainda R$ 100 mil, também por meio de emenda, para o custeio de hospital público veterinário, a ser destinado à USCS (Universidade Municipal de São Caetano). “A última emenda que a cidade havia recebido, antes das que nós destinamos, havia sido na legislatura passada, do deputado Luiz Fernando (Teixeira, do PT)”, frisou o parlamentar.

Pai de Thiago, o prefeito de São Caetano afirmou que o mandato de Thiago beneficiou a administração. “Acho que o mandato parlamentar, seja federal ou estadual, sempre é um braço auxiliar de uma comunidade, seja uma cidade ou uma região, uma bancada de representação. Acho que o Thiago tem conseguido cumprir isso dentro do primeiro ano de mandato, também é seu primeiro mandato e, devido também da sua jovialidade (tem 26 anos) acaba facilitando por causa da disposição. Tem ajudado muito São Caetano e o Grande ABC”, destacou o tucano.

Antes de Thiago ser eleito, a última figura que representou a cidade no Legislativo paulista foi Marquinho Tortorello, também filho de prefeito, Luiz Tortorello (que morreu em 2004), até 2006. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mandato devolveu São Caetano ao mapa do Estado, diz Thiago

Para deputado, ausência de nome da cidade na Assembleia Legislativa foi prejudicial

Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

17/12/2019 | 07:00


Deputado estadual debutante Thiago Auricchio (PL), que tem base eleitoral em São Caetano, avaliou que o hiato de 13 anos sem nome da cidade na Assembleia Legislativa prejudicou o município. Filho do prefeito José Auricchio Júnior (PSDB), o parlamentar acredita que sua eleição “devolveu São Caetano para o mapa do governo do Estado”.

“Fazia tempo que São Caetano não tinha um deputado da cidade. E acho que isso é importante, pelo resultado que a gente trouxe já nesses primeiros nove meses do mandato”, frisou o parlamentar, que promoveu ontem à noite prestação de contas do mandato em conhecido bufê da cidade.

Thiago Auricchio contabilizou, ao todo, R$ 18 milhões em recursos destinados ao município governado pelo pai por meio de emendas parlamentares. As verbas custearam ações nas áreas da saúde, educação, esporte e assistência social. No evento, Thiago anunciou ainda R$ 100 mil, também por meio de emenda, para o custeio de hospital público veterinário, a ser destinado à USCS (Universidade Municipal de São Caetano). “A última emenda que a cidade havia recebido, antes das que nós destinamos, havia sido na legislatura passada, do deputado Luiz Fernando (Teixeira, do PT)”, frisou o parlamentar.

Pai de Thiago, o prefeito de São Caetano afirmou que o mandato de Thiago beneficiou a administração. “Acho que o mandato parlamentar, seja federal ou estadual, sempre é um braço auxiliar de uma comunidade, seja uma cidade ou uma região, uma bancada de representação. Acho que o Thiago tem conseguido cumprir isso dentro do primeiro ano de mandato, também é seu primeiro mandato e, devido também da sua jovialidade (tem 26 anos) acaba facilitando por causa da disposição. Tem ajudado muito São Caetano e o Grande ABC”, destacou o tucano.

Antes de Thiago ser eleito, a última figura que representou a cidade no Legislativo paulista foi Marquinho Tortorello, também filho de prefeito, Luiz Tortorello (que morreu em 2004), até 2006. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;