Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Estado promete expansão do ensino integral a partir de 2020

Previsão é que pelo menos 664 escolas, sendo 18 na região, façam parte do modelo


Da Redação

14/12/2019 | 07:00


O governo do Estado de São Paulo anunciou, ontem, a expansão do PEI (Programa de Ensino Integral). A partir de 2020, pelo menos 664 escolas da rede estadual, sendo 18 no Grande ABC (seis em Santo André, cinco em São Bernardo, quatro em Diadema, duas em Mauá e uma em Ribeirão Pires) funcionarão nesta modalidade. O investimento totaliza R$ 321 milhões.

Atualmente, 417 escolas da rede estadual funcionam com o PEI. A expectativa do governo é ultrapassar 1.400 unidades de ensino até 2023. Na região, 18 das 336 escolas atuam no modelo.

No total, 247 escolas estaduais manifestaram interesse em aderir ao programa a partir de 2020. Todas obedecem a critérios estabelecidos pela Secretaria da Educação, como ter mais de 12 salas de aula e avaliação do grau de vulnerabilidade socioeconômica das comunidades atendidas.

Pelo novo programa, os estudantes passam a ter matriz curricular diferenciada que inclui projeto de vida, orientação de estudos, práticas experimentais. Há ainda clubes juvenis para que os alunos se auto-organizam de acordo com temas de interesse como dança, xadrez, debates etc.

A carga horária é de até nove horas e meia – na rede regular, a jornada é de cinco horas e 15 minutos. Trinta e seis das 247 escolas contempladas vão funcionar em um formato com carga horária diferenciada de sete horas, atendendo a alunos que já trabalham. Os professores e servidores que atuam no programa receberão gratificações.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;