Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Bolsonaro diz que reconduzirá Camargo à Fundação Palmares, se reverter decisão



13/12/2019 | 16:40


O presidente da República, Jair Bolsonaro, prometeu nesta sexta-feira, 13, reconduzir o jornalista Sérgio Camargo à presidência da Fundação Cultural Palmares, se o governo tiver êxito na tentativa de reverter a decisão judicial que suspendeu o ato de nomeação.

A suspensão foi decidida pelo juiz federal substituto Emanuel José Matias Guerra, da 18ª Vara Federal de Sobral, que argumentou que a nomeação "contraria frontalmente os motivos" que levaram à criação do instituto.

A Advocacia-Geral da União apresentou recurso ao Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5) contra a liminar, mas a Corte manteve a suspensão da nomeação.

Não há ainda informação sobre possível recurso da AGU a tribunais superiores.

Sérgio Camargo foi indicado no rol de mudanças promovidas pelo novo secretário especial da Cultura, Roberto Alvim. Após o anúncio, no entanto, diversas publicações do presidente nas redes sociais levaram a questionamentos sobre sua visão sobre o movimento negro.

Nos posts, Camargo critica a celebração do Dia da Consciência Negra, diz que a escravidão foi "benéfica" e afirma que o Brasil tem um "racismo nutella".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bolsonaro diz que reconduzirá Camargo à Fundação Palmares, se reverter decisão


13/12/2019 | 16:40


O presidente da República, Jair Bolsonaro, prometeu nesta sexta-feira, 13, reconduzir o jornalista Sérgio Camargo à presidência da Fundação Cultural Palmares, se o governo tiver êxito na tentativa de reverter a decisão judicial que suspendeu o ato de nomeação.

A suspensão foi decidida pelo juiz federal substituto Emanuel José Matias Guerra, da 18ª Vara Federal de Sobral, que argumentou que a nomeação "contraria frontalmente os motivos" que levaram à criação do instituto.

A Advocacia-Geral da União apresentou recurso ao Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5) contra a liminar, mas a Corte manteve a suspensão da nomeação.

Não há ainda informação sobre possível recurso da AGU a tribunais superiores.

Sérgio Camargo foi indicado no rol de mudanças promovidas pelo novo secretário especial da Cultura, Roberto Alvim. Após o anúncio, no entanto, diversas publicações do presidente nas redes sociais levaram a questionamentos sobre sua visão sobre o movimento negro.

Nos posts, Camargo critica a celebração do Dia da Consciência Negra, diz que a escravidão foi "benéfica" e afirma que o Brasil tem um "racismo nutella".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;