Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 24 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Câmara pode votar saneamento ainda nesta terça-feira, diz Maia



10/12/2019 | 17:52


Após se reunir com lideranças da Câmara e governadores, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), está confiante em votar o projeto do marco legal do saneamento. "Está bem encaminhado o saneamento. Acho que pode votar hoje, a depender da sessão do Congresso", disse.

Neste momento, senadores e deputados realizam uma sessão do Congresso para votarem créditos extraordinários ao Orçamento e vetos do presidente da República, Jair Bolsonaro. A ideia é realizar uma sessão da Câmara após o encerramento.

Sobre o acordo fechado para levar o projeto ao plenário, Maia não entrou em detalhes, disse apenas que "houve só um pequeno ajuste". "O fundamental está garantido. Fizemos um acordo com a maioria dos governadores do Nordeste, espero que possa ter, inclusive, muitos votos dos partidos de esquerda, pelo menos a maioria dos governadores do Nordeste até onde eu sei vai apoiar o acordo feito com o relator Geninho", comentou.

Como mostrou o Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), a mudança negociada diz respeito ao período para os contratos de programa (sem licitação) serem renovados - os atuais, os vencidos, e as situações de fato (em que há prestação de serviço sem contrato formalizado).

O texto deve estabelecer esse prazo limite para março de 2022. Ou seja, contratos de programa atuais e vencidos poderiam passar por um processo de renovação até essa data. O texto atual estabelece uma janela de um ano após o novo marco entrar em vigor.

Com o texto indo ao plenário já alterado, a expectativa é de conquistar os votos da bancada do Nordeste e o apoio dos governadores.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Câmara pode votar saneamento ainda nesta terça-feira, diz Maia


10/12/2019 | 17:52


Após se reunir com lideranças da Câmara e governadores, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), está confiante em votar o projeto do marco legal do saneamento. "Está bem encaminhado o saneamento. Acho que pode votar hoje, a depender da sessão do Congresso", disse.

Neste momento, senadores e deputados realizam uma sessão do Congresso para votarem créditos extraordinários ao Orçamento e vetos do presidente da República, Jair Bolsonaro. A ideia é realizar uma sessão da Câmara após o encerramento.

Sobre o acordo fechado para levar o projeto ao plenário, Maia não entrou em detalhes, disse apenas que "houve só um pequeno ajuste". "O fundamental está garantido. Fizemos um acordo com a maioria dos governadores do Nordeste, espero que possa ter, inclusive, muitos votos dos partidos de esquerda, pelo menos a maioria dos governadores do Nordeste até onde eu sei vai apoiar o acordo feito com o relator Geninho", comentou.

Como mostrou o Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), a mudança negociada diz respeito ao período para os contratos de programa (sem licitação) serem renovados - os atuais, os vencidos, e as situações de fato (em que há prestação de serviço sem contrato formalizado).

O texto deve estabelecer esse prazo limite para março de 2022. Ou seja, contratos de programa atuais e vencidos poderiam passar por um processo de renovação até essa data. O texto atual estabelece uma janela de um ano após o novo marco entrar em vigor.

Com o texto indo ao plenário já alterado, a expectativa é de conquistar os votos da bancada do Nordeste e o apoio dos governadores.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;