Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 26 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Mutirão diagnostica 17 casos de câncer de pele

Divulgação/FMABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Parceria entre Prefeitura de Santo André e FMABC atendeu gratuitamente 157 pessoas


Da Redação

09/12/2019 | 13:44


 A Prefeitura de Santo André e a FMABC (Faculdade de Medicina do ABC) realizaram no sábado (7) atendimentos gratuitos contra o câncer de pele. O mutirão das 9h às 15h ocorreu no Centro Médico de Especialidades da Rua Xavier de Toledo, no Centro, e recebeu 157 pacientes. Desses, 17 foram diagnosticados com câncer de pele e encaminhados para tratamento especializado. A campanha integrou o Dezembro Laranja, iniciativa organizada nacionalmente pela Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Os interessados participaram inicialmente de palestra de dez minutos sobre os riscos para o câncer de pele e as formas de prevenção. Em seguida, todos passaram por atendimento específico, com realização de exames dermatológicos e de dermatoscopia (avaliação de assimetria, bordas, coloração e diâmetro das pintas). “O índice acima de 10% de pacientes com tumores de pele diagnosticados no mutirão é preocupante e revela a importância desse tipo de iniciativa, que leva o atendimento até a população”, considera a professora de Dermatologia da FMABC, Cristina Laczynski, que coordena a campanha no Grande ABC.

Cerca de 40 profissionais da Medicina ABC estiveram envolvidos nos atendimentos, entre dermatologistas, médicos residentes e alunos de Medicina membros da Lapac - Liga de Atendimento e Prevenção às Afecções Cutâneas.

ALTA INCIDÊNCIA

Causado pelo efeito cumulativo da radiação solar, o câncer de pele normalmente se manifesta na população acima de 50 anos. “É importante que as pessoas se conscientizem da necessidade da prevenção e passem periodicamente por avaliação dermatológica. A maioria dos casos de câncer de pele identificados em fase inicial é curável. O importante é buscar o diagnóstico precoce para proporcionar melhor prognóstico”, explica Laczynski.

A doença é provocada pelo crescimento anormal das células que compõem a pele. Conforme detalhado pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, existem diferentes tipos de câncer da pele, que podem se manifestar de formas distintas. Os mais comuns são o carcinoma basocelular e o carcinoma espinocelu­lar – chamados de cânceres não melanoma –, que apresentam altos índices de cura quando diagnosticados e tratados precocemente. Um terceiro tipo, o melanoma, apesar de não ser o câncer de pele mais incidente, é o mais agressivo e potencialmente letal. No entanto, quando descoberto no início, tem mais de 90% de chances de cura.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mutirão diagnostica 17 casos de câncer de pele

Parceria entre Prefeitura de Santo André e FMABC atendeu gratuitamente 157 pessoas

Da Redação

09/12/2019 | 13:44


 A Prefeitura de Santo André e a FMABC (Faculdade de Medicina do ABC) realizaram no sábado (7) atendimentos gratuitos contra o câncer de pele. O mutirão das 9h às 15h ocorreu no Centro Médico de Especialidades da Rua Xavier de Toledo, no Centro, e recebeu 157 pacientes. Desses, 17 foram diagnosticados com câncer de pele e encaminhados para tratamento especializado. A campanha integrou o Dezembro Laranja, iniciativa organizada nacionalmente pela Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Os interessados participaram inicialmente de palestra de dez minutos sobre os riscos para o câncer de pele e as formas de prevenção. Em seguida, todos passaram por atendimento específico, com realização de exames dermatológicos e de dermatoscopia (avaliação de assimetria, bordas, coloração e diâmetro das pintas). “O índice acima de 10% de pacientes com tumores de pele diagnosticados no mutirão é preocupante e revela a importância desse tipo de iniciativa, que leva o atendimento até a população”, considera a professora de Dermatologia da FMABC, Cristina Laczynski, que coordena a campanha no Grande ABC.

Cerca de 40 profissionais da Medicina ABC estiveram envolvidos nos atendimentos, entre dermatologistas, médicos residentes e alunos de Medicina membros da Lapac - Liga de Atendimento e Prevenção às Afecções Cutâneas.

ALTA INCIDÊNCIA

Causado pelo efeito cumulativo da radiação solar, o câncer de pele normalmente se manifesta na população acima de 50 anos. “É importante que as pessoas se conscientizem da necessidade da prevenção e passem periodicamente por avaliação dermatológica. A maioria dos casos de câncer de pele identificados em fase inicial é curável. O importante é buscar o diagnóstico precoce para proporcionar melhor prognóstico”, explica Laczynski.

A doença é provocada pelo crescimento anormal das células que compõem a pele. Conforme detalhado pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, existem diferentes tipos de câncer da pele, que podem se manifestar de formas distintas. Os mais comuns são o carcinoma basocelular e o carcinoma espinocelu­lar – chamados de cânceres não melanoma –, que apresentam altos índices de cura quando diagnosticados e tratados precocemente. Um terceiro tipo, o melanoma, apesar de não ser o câncer de pele mais incidente, é o mais agressivo e potencialmente letal. No entanto, quando descoberto no início, tem mais de 90% de chances de cura.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;