Fechar
Publicidade

Sábado, 22 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Coreia do Norte insulta Trump após comentário sobre relação com EUA

KNCA / Fotos Públicas  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


09/12/2019 | 09:38


A Coreia do Norte voltou a insultar o presidente dos EUA, Donald Trump, chamando-o de "velho errático e desatento", após ele afirmar ontem no Twitter que o líder norte-coreano, Kim Jong-un, não ia querer abandonar uma relação especial entre os dois e afetar a eleição presidencial americana com atos hostis.

Em comunicado, uma autoridade norte-coreana que já participou de negociações nucleares, Kim Yong Chol, disse nesta segunda-feira que seu país não vai ceder à pressão dos EUA porque não tem nada a perder e acusou o governo americano de tentar ganhar tempo antes de um prazo determinado por Kim Jong-un até o fim do ano para Washington retomar conversas nucleares com Pyongyang.

Em sua conta oficial no Twitter, Trump disse ontem que "Kim Jong-un é esperto demais e tem muito a perder...se agir de forma hostil". Segundo o presidente americano, a Coreia do Norte "tem enorme potencial econômico", mas precisa implementar sua desnuclearização, "como prometeu".

Trump se referiu a um vago comunicado divulgado pelos dois líderes durante sua primeira reunião de cúpula, realizada em Cingapura em junho do ano passado. Na ocasião, o comunicado defendia uma Península Coreana livre de armas nucleares, mas não descrevia quando ou como isso poderia ocorrer.

Trump também tuitou no domingo que Kim "não quer anular sua relação especial com o presidente dos EUA ou interferir com a eleição presidencial americana em novembro".

Para Kim Yong Chol, os tuítes de Trump mostram claramente que ele é um "velho" irritado e "desprovido de paciência". O negociador norte-coreano viajou para Washington e se encontrou com Trump em duas ocasiões no ano passado, como parte dos preparativos da cúpula com Kim Jong-un. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Coreia do Norte insulta Trump após comentário sobre relação com EUA


09/12/2019 | 09:38


A Coreia do Norte voltou a insultar o presidente dos EUA, Donald Trump, chamando-o de "velho errático e desatento", após ele afirmar ontem no Twitter que o líder norte-coreano, Kim Jong-un, não ia querer abandonar uma relação especial entre os dois e afetar a eleição presidencial americana com atos hostis.

Em comunicado, uma autoridade norte-coreana que já participou de negociações nucleares, Kim Yong Chol, disse nesta segunda-feira que seu país não vai ceder à pressão dos EUA porque não tem nada a perder e acusou o governo americano de tentar ganhar tempo antes de um prazo determinado por Kim Jong-un até o fim do ano para Washington retomar conversas nucleares com Pyongyang.

Em sua conta oficial no Twitter, Trump disse ontem que "Kim Jong-un é esperto demais e tem muito a perder...se agir de forma hostil". Segundo o presidente americano, a Coreia do Norte "tem enorme potencial econômico", mas precisa implementar sua desnuclearização, "como prometeu".

Trump se referiu a um vago comunicado divulgado pelos dois líderes durante sua primeira reunião de cúpula, realizada em Cingapura em junho do ano passado. Na ocasião, o comunicado defendia uma Península Coreana livre de armas nucleares, mas não descrevia quando ou como isso poderia ocorrer.

Trump também tuitou no domingo que Kim "não quer anular sua relação especial com o presidente dos EUA ou interferir com a eleição presidencial americana em novembro".

Para Kim Yong Chol, os tuítes de Trump mostram claramente que ele é um "velho" irritado e "desprovido de paciência". O negociador norte-coreano viajou para Washington e se encontrou com Trump em duas ocasiões no ano passado, como parte dos preparativos da cúpula com Kim Jong-un. Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;