Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Cidades pedem ao Estado retomada de ajuda no bolsa-aluguel

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ação, que será encaminhada ao governador João Doria, integra série de medidas preventivas discutidas ontem para o período de chuvas


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

27/11/2019 | 07:00


Dois anos após o término de convênio entre o governo do Estado de São Paulo e as prefeituras do Grande ABC para repasse de recursos estaduais para o pagamento de auxílio-aluguel, gestores da região tentam retomar a parceria. Durante reunião realizada na manhã de ontem no Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, secretários de Assistência Social de Diadema, Mauá e Ribeirão Pires destacaram a importância no apoio para enfrentamento de emergências. Nas três cidades, são pagos 570 benefícios.

O encontro reuniu agentes da Defesa Civil e gestores e técnicos das secretarias de Assistência Social das sete cidades para debater a necessidade de integração entre as áreas e a importância dessa atuação conjunta para a prevenção, enfrentamento e respostas a emergências e desastres naturais. A reunião foi articulada pela Drads (Diretoria Regional de Assistência e Desenvolvimento Regional) ABC, sob gestão de Aghata Palácio, como medida preventiva para evitar estragos como os feitos pelas enchentes que atingiram a região em março e deixaram dez mortos e milhões em prejuízos.

Assessor da Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado, o coronel Edernald Arrison Souza se comprometeu a atuar como interlocutor para o pleito dos municípios. 

Em maio de 2014, o Consórcio Intermunicipal do Grande ABC assinou termo de cooperação com o governo estadual, documento em que o Palácio dos Bandeirantes se comprometia a arcar com o custo de 50% do auxílio-aluguel pago às 630 famílias (número da época) da região. O acordo tinha prazo de vigência de 36 meses e não foi renovado em 2017, embora os prefeitos tenham feito essa solicitação ao Estado. 

O colegiado solicitou a retomada da parceria e oficiou a Subsecretaria de Assuntos Metropolitanos do Governo do Estado de São Paulo em agosto de 2018. Segundo o Consórcio, a pasta não enviou resposta ao pedido até o momento. 

Outra demanda apresentada a Souza foi a necessidade de interlocução junto ao Daee (Departamento de Águas e Energia Elétrica) para a manutenção de limpeza de córregos e piscinões do Grande ABC. “Agimos na consequência, que é a enchente. Sem a limpeza, ficamos enxugando gelo”, afirmou o secretário de Assistência Social de São Caetano, André Córdoba. 

Em nota, o Daee afirmou que, neste ano, já foram executados os serviços de limpeza, desassoreamento e manutenção em 18 dos 19 reservatórios do Grande ABC. Foram retirados 168,3 mil metros cúbicos de sedimentos, que equivalem a 67,3 piscinas olímpica, e capinada área de 572 mil metros quadrados, correspondente a 80,1 campos de futebol. O departamento diz que aguarda a conclusão de obra municipal na Praça dos Bombeiros, em São Bernardo, para execução dos serviços no local.

Conforme o órgão estadual, também foram executados desassoreamento, recuperação e contenção de margens no Córrego Oratório, em Santo André, em três trechos, que somam 260 metros com investimento de R$ 1,8 milhão.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;