Fechar
Publicidade

Sábado, 14 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Apresentador Gugu Liberato morre aos 60 anos nos EUA

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ele consertava aparelho de ar-condicionado quando sofreu queda de quatro metros de altura



22/11/2019 | 21:19


*atualizada às 22h17

O apresentador Gugu Liberato morreu na sexta-feira, 22, aos 60 anos, em Orlando, na Flórida. Ele havia sido internado no hospital Orlando Health Medical Center após sofrer uma queda acidental de uma altura de cerca de quatro metros quando fazia um reparo no ar-condicionado instalado no sótão de sua casa.

O comunicado oficial da morte foi enviado por volta de 21h, hora do Brasil. A nota informa que ainda não há detalhes sobre o traslado do corpo do apresentador. Também não há informações sobre velório e sepultamento. Ele deixa três filhos, João Augusto, de 18 anos, e as gêmeas Marina e Sophia, de 15 anos. A pedido do apresentador, seus órgãos serão doados.

Ele começou a carreira aos 14 anos escrevendo cartas para Silvio Santos, em que sugeria ideias para seus programas. Foi o próprio Silvio quem o convidou para trabalhar na televisão, ainda nos anos 1970. Em 1981, Gugu tornou-se apresentador da edição paulista do programa Sessão Premiada. Mas ele marcaria época na TV brasileira à frente de atrações como Viva a Noite (SBT), Sabadão (SBT), Domingo Legal (SBT) e o Programa do Gugu (Record TV). Atualmente, ele era o apresentador do reality Canta Comigo, também na Record.

Especialmente com o Domingo Legal, Gugu foi líder de audiência nas tardes de domingo entre o fim dos anos 1990 e 2003, vencendo o Domingão do Faustão. A Justiça também entrou no caminho do Domingo Legal em alguns momentos. Em 2000, proibiu a exibição da Banheira do Gugu - quadro em que homens e mulheres em trajes de banho tentavam alcançar sabonetes em uma pequena piscina - antes das 21h. Os advogados do programa recorreram, mas o horário do quadro acabou mudando de qualquer forma.

Foi também nessa mesma época que o programa começou a investir mais em reportagens, o que consolidou sua liderança nos domingos no início dos anos 2000. Mas o investimento gerou outro problema com a Justiça. No dia 7 de setembro de 2003, o Domingo Legal exibiu uma "entrevista" com dois membros do PCC.

Porém, após uma investigação, a polícia descobriu que a entrevista era falsa. Os responsáveis pela investigação disseram na época que os encapuzados entrevistados não eram integrantes da facção criminosa e receberam R$ 500 cada um para participar da falsa reportagem.

A Justiça Federal, então, proibiu o programa todo de ir ao ar. O apresentador foi denunciado por crime de ameaça e por dois crimes de imprensa pelo Ministério Público de São Paulo. O SBT acabou multado em R$ 1,7 milhão (valores da época). O apresentador fez um acordo financeiro de R$ 750 mil em 2005 para encerrar o processo.

Gugu também apareceu diversas vezes nos cinemas, principalmente em filmes da Xuxa e dos Trapalhões, como em O Casamento dos Trapalhões (1988) e Xuxa e os Duendes (2001).

Confira a nota completa enviada pela assessoria do apresentador:

Este é um momento que jamais imaginamos viver. Com profunda tristeza, familiares comunicam o falecimento do pai, irmão, filho, amigo, empresário, jornalista e apresentador Antônio Augusto Moraes Liberato (Gugu Liberato), aos 60 anos, em Orlando, Florida, Estados Unidos.

Nosso Gugu sempre viveu de maneira simples e alegre, cercado por seus familiares e extremamente dedicado aos filhos. E assim foi até o final da vida, ocorrida após um acidente caseiro.

Ele sofreu uma queda acidental de uma altura de cerca de quatro metros quando fazia um reparo no ar condicionado instalado no sótão. Foi prontamente socorrido pela equipe de resgate e admitido no Orlando Health Medical Center, onde permaneceu na Unidade de Terapia Intensiva, acompanhado pela equipe médica local.

Na admissão deu entrada em escala *Glasgow de 3 e os exames iniciais constataram sangramento intracraniano. Em virtude da gravidade neurológica, não foi indicado qualquer procedimento cirúrgico. Durante o período de observação foi constatada a ausência de atividade cerebral. A morte encefálica foi confirmada pelo Prof. Dr. Guilherme Lepski, neurocirurgião brasileiro chamado pela família, que após ver as imagens dos exames em detalhes, confirmou a irreversibilidade do quadro clínico diante de sua mãe Maria do Céu, dos irmãos Amandio Augusto e Aparecida Liberato, e da mãe de seus filhos, Rose Miriam Di Matteo.

Ainda não temos detalhes sobre o traslado para o Brasil. Informações sobre velório e sepultamento serão passadas assim que tudo estiver definido.

Ele deixa três filhos, João Augusto de 18 anos e as gêmeas Marina e Sophia de 15 anos.

Atendendo a uma vontade dele, a família autorizou a doação de todos os órgãos.

Gugu sempre refletiu sobre os verdadeiros valores da vida e o quão frágil ela se revela. Sua partida nos deixa sem chão, mas reforça nossa certeza de que ele viveu plenamente. Fica a saudade, ficam as lembranças - que são muitas - e a certeza que Deus recebe agora um filho querido, e o céu ganha uma estrela que emana luz e paz.

Familiares e funcionários
São Paulo, 22 de novembro de 2019

*escala Glasgow de 3 - usada para medir a consciência e a evolução das lesões cerebrais em um paciente.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Apresentador Gugu Liberato morre aos 60 anos nos EUA

Ele consertava aparelho de ar-condicionado quando sofreu queda de quatro metros de altura


22/11/2019 | 21:19


*atualizada às 22h17

O apresentador Gugu Liberato morreu na sexta-feira, 22, aos 60 anos, em Orlando, na Flórida. Ele havia sido internado no hospital Orlando Health Medical Center após sofrer uma queda acidental de uma altura de cerca de quatro metros quando fazia um reparo no ar-condicionado instalado no sótão de sua casa.

O comunicado oficial da morte foi enviado por volta de 21h, hora do Brasil. A nota informa que ainda não há detalhes sobre o traslado do corpo do apresentador. Também não há informações sobre velório e sepultamento. Ele deixa três filhos, João Augusto, de 18 anos, e as gêmeas Marina e Sophia, de 15 anos. A pedido do apresentador, seus órgãos serão doados.

Ele começou a carreira aos 14 anos escrevendo cartas para Silvio Santos, em que sugeria ideias para seus programas. Foi o próprio Silvio quem o convidou para trabalhar na televisão, ainda nos anos 1970. Em 1981, Gugu tornou-se apresentador da edição paulista do programa Sessão Premiada. Mas ele marcaria época na TV brasileira à frente de atrações como Viva a Noite (SBT), Sabadão (SBT), Domingo Legal (SBT) e o Programa do Gugu (Record TV). Atualmente, ele era o apresentador do reality Canta Comigo, também na Record.

Especialmente com o Domingo Legal, Gugu foi líder de audiência nas tardes de domingo entre o fim dos anos 1990 e 2003, vencendo o Domingão do Faustão. A Justiça também entrou no caminho do Domingo Legal em alguns momentos. Em 2000, proibiu a exibição da Banheira do Gugu - quadro em que homens e mulheres em trajes de banho tentavam alcançar sabonetes em uma pequena piscina - antes das 21h. Os advogados do programa recorreram, mas o horário do quadro acabou mudando de qualquer forma.

Foi também nessa mesma época que o programa começou a investir mais em reportagens, o que consolidou sua liderança nos domingos no início dos anos 2000. Mas o investimento gerou outro problema com a Justiça. No dia 7 de setembro de 2003, o Domingo Legal exibiu uma "entrevista" com dois membros do PCC.

Porém, após uma investigação, a polícia descobriu que a entrevista era falsa. Os responsáveis pela investigação disseram na época que os encapuzados entrevistados não eram integrantes da facção criminosa e receberam R$ 500 cada um para participar da falsa reportagem.

A Justiça Federal, então, proibiu o programa todo de ir ao ar. O apresentador foi denunciado por crime de ameaça e por dois crimes de imprensa pelo Ministério Público de São Paulo. O SBT acabou multado em R$ 1,7 milhão (valores da época). O apresentador fez um acordo financeiro de R$ 750 mil em 2005 para encerrar o processo.

Gugu também apareceu diversas vezes nos cinemas, principalmente em filmes da Xuxa e dos Trapalhões, como em O Casamento dos Trapalhões (1988) e Xuxa e os Duendes (2001).

Confira a nota completa enviada pela assessoria do apresentador:

Este é um momento que jamais imaginamos viver. Com profunda tristeza, familiares comunicam o falecimento do pai, irmão, filho, amigo, empresário, jornalista e apresentador Antônio Augusto Moraes Liberato (Gugu Liberato), aos 60 anos, em Orlando, Florida, Estados Unidos.

Nosso Gugu sempre viveu de maneira simples e alegre, cercado por seus familiares e extremamente dedicado aos filhos. E assim foi até o final da vida, ocorrida após um acidente caseiro.

Ele sofreu uma queda acidental de uma altura de cerca de quatro metros quando fazia um reparo no ar condicionado instalado no sótão. Foi prontamente socorrido pela equipe de resgate e admitido no Orlando Health Medical Center, onde permaneceu na Unidade de Terapia Intensiva, acompanhado pela equipe médica local.

Na admissão deu entrada em escala *Glasgow de 3 e os exames iniciais constataram sangramento intracraniano. Em virtude da gravidade neurológica, não foi indicado qualquer procedimento cirúrgico. Durante o período de observação foi constatada a ausência de atividade cerebral. A morte encefálica foi confirmada pelo Prof. Dr. Guilherme Lepski, neurocirurgião brasileiro chamado pela família, que após ver as imagens dos exames em detalhes, confirmou a irreversibilidade do quadro clínico diante de sua mãe Maria do Céu, dos irmãos Amandio Augusto e Aparecida Liberato, e da mãe de seus filhos, Rose Miriam Di Matteo.

Ainda não temos detalhes sobre o traslado para o Brasil. Informações sobre velório e sepultamento serão passadas assim que tudo estiver definido.

Ele deixa três filhos, João Augusto de 18 anos e as gêmeas Marina e Sophia de 15 anos.

Atendendo a uma vontade dele, a família autorizou a doação de todos os órgãos.

Gugu sempre refletiu sobre os verdadeiros valores da vida e o quão frágil ela se revela. Sua partida nos deixa sem chão, mas reforça nossa certeza de que ele viveu plenamente. Fica a saudade, ficam as lembranças - que são muitas - e a certeza que Deus recebe agora um filho querido, e o céu ganha uma estrela que emana luz e paz.

Familiares e funcionários
São Paulo, 22 de novembro de 2019

*escala Glasgow de 3 - usada para medir a consciência e a evolução das lesões cerebrais em um paciente.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;