Fechar
Publicidade

Domingo, 15 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Três lugares inusitados para conhecer no Japão

Redação

22/11/2019 | 11:48


Visitar o Japão é desejo de muitos brasileiros, principalmente em razão da cultura do país e dos destinos que unem a tecnologia com as tradições milenares. Só em janeiro deste ano, 2,68 milhões de estrangeiros visitaram o país, de acordo com o Departamento de Turismo do Governo Japonês. Para quem pretende visitar o destino nos próximos meses, nada melhor do que ficar por dentro dos melhores lugares inusitados para conhecer no Japão.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

O país japonês é formado por quatro ilhas maiores e principais. São elas: Hokkaido, Honshu, Shikoku e Kyushu, além das milhares de ilhotas ao sul, que formam o arquipélago de Okinawa.

Para ajudar os turistas que vão embarcar para o outro lado do mundo, Marianna e Marcella Pacca, escritoras do Segredos de Viagem, separaram algumas dicas. “A maioria dos turistas brasileiros acabam por concentrar a viagem em Honshu, maior das ilhas. É ali que ficam as cidades mais conhecidas e visitadas, como Tóquio, Quioto, Osaka e Hiroshima”, explicam.

“Durante nossa visita ao país, incluímos destinos menos comuns no nosso roteiro e não nos arrependemos. É claro que Tóquio e Quioto são imprescindíveis na sua viagem, mas há outros lugares inusitados que valem à pena explorar”, completam.

LEIA MAIS: BRASIL DISPENSA VISTO DE ENTRADA PARA CANADÁ, EUA, JAPÃO E AUSTRÁLIA
ONDE VER O ESPETÁCULO DAS CEREJEIRAS NO JAPÃO

Lugares inusitados para conhecer no Japão

Naoshima

Conhecida como a ilha das artes do arquipélago, Naoshima é um destino explorado por poucos brasileiros. Ali, o turista se depara com obras inusitadas e muitos museus, além de alguns projetos arquitetônicos de Tadao Ando.

Para ter uma experiência mais completa, a dica é dormir no Benesse House, referência em arquitetura moderna dentro do Benesse Art Site, principal complexo artístico da ilha.

A arte é a grande protagonista do local e muitos pontos turísticos podem ser apreciados em apenas um dia de viagem. É possível encontrar duas das famosas abóboras gigantes da Yayoi Kusama. Uma, amarela e imponente em um pier na beira do mar, e outra vermelha e interativa perto do porto.

O Art House Project é uma outra atração que se destaca como uma das mais interessantes.

Taketomi

Taketomi é uma das ilhas mais ao sul do arquipélago de Okinawa, e relativamente mais próxima de Taipei do que de Tóquio. O local é remoto e bem pouco visitado por turistas.

O destino mantém seus cenários e culturas praticamente intocados. Por lá, o viajante consegue aproveitar praias que fazem um contraste interessante com construções tradicionais.

Vale explorar as praias de Kondoi para mergulhar nas águas transparentes, descobrir a areia em formato de estrela na praia de Kaiji e assistir ao pôr do sol do Nishi Pier. Também é possível pegar ferries e fazer passeios em ilhas próximas, como Ishigaki e Iriomote.

Takayama

Entre as montanhas da província de Gifu, está a tradicional e bem preservada Takayama, com casas de madeira que remontam ao período Edo. A cidade conta com um dos maiores festivais do Japão, o Takayama Matsuri, que acontece sempre na primavera e no outono japonês.

Nessas épocas do ano o turista pode curtir a mudança do cenário da cidade durante a florada das cerejeiras ou quando as folhas ficam em tons avermelhados no outono. Em ambos períodos, a cidade fica ainda mais encantadora.

Quem visita Takayama pode ainda vivenciar um pouco da cultura japonesa com construções que se mantiveram preservadas como antigamente e estão abertas para visitação do público. Também dá para fazer degustações em destilarias de saquês tradicionais da região.

Pontos turísticos de Tóquio

O viajante que sonha em conhecer o Japão não pode deixar de passar alguns dias na cidade de Tóquio. A capital da Terra do Sol Nascente conta com uma série de atrações incríveis, que variam desde cenários naturais espetaculares até um o Akihabara, o local perfeito para quem gosta de tecnologia. Na galeria, saiba mais sobre alguns dos principais pontos turísticos de Tóquio.

  • Crédito: © TCVB

    Com 333 metros de altura, a Torre de Tóquio é um dos pontos turísticos mais visitados da cidade

  • Crédito: Jokin Sukuntza via Visualhunt.com / CC BY-NC-SA

    O parque Tokyo Disneyland coloca os visitantes em um pedacinho da Disney no Japão

  • Crédito: © TCVB

    Além de ser lindo, o Parque Yoyogi fica na mesma área que recebeu a Vila Olímpica durante as Olimpíadas de Tóquio, em 1964

  • Crédito: tenugui via Visual hunt / CC BY-NC-ND

    O Kabukiza é o teatro mais tradicional da capital japonesa

  • Crédito: © TCVB

    O distrito de Akihabara é o local ideal para quem curte eletrônicos, games e até cosplays

  • Crédito: © TCVB

    O santuário xintoísta Meiji Jingu é uma homenagem ao imperador japonês Meiji

  • Crédito: Jokin Sukuntza via Visualhunt.com / CC BY-NC-SA

    Partindo de Tóquio, o famoso Monte Fuji fica a apenas duas horas de carro

  • Crédito: © TCVB

    O templo budista Senso-ji é uma boa opção para quem quer relaxar, meditar e ainda conhecer um lugar bacana

  • Crédito: © TCVB

    Shibuya é o bairro mais descolado de Tóquio. O local também conta com o cruzamento de pedestres mais movimentado do mundo

  • Crédito: © TCVB

    A estátua do cachorro Hachiko, que ficou mundialmente conhecido graças ao filme "Sempre ao Seu Lado" (2009), também fica em Shibuya

  • Crédito: © TCVB

    Vale a pena fazer uma caminhada e relaxar nos jardins do Shinjuku Gyoen National Garden

  • Crédito: © TCVB

    A Sky Tree é a torre mais alta da cidade. O visitante pode subir em vários andares, sendo que o mais alto está a 634 metros do chão

  • Crédito: © TCVB

    É impossível não se encantar com as cerejeiras e a naturexa exuberante do Ueno Park

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;