Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Morando pede que a lei da responsabilidade fiscal seja revista

Nário Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

22/11/2019 | 07:33


O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), defendeu revisão na LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal), com aperfeiçoamento de mecanismos de responsabilização de agentes que deixarem passivos aos sucessores. A declaração foi dada ontem, durante inauguração da exposição de imagens históricas dos 50 anos do Paço.

Citando nominalmente o ex-prefeito Luiz Marinho (PT), Morando alegou que recebeu “herança maldita” do petista e que esse tipo de cultura precisa mudar. Ele lembrou que encontrou dívidas com contas básicas, como luz e água.
“Eu não deixarei para um eventual assessor a herança maldita que Luiz Marinho deixou para mim. Irresponsabilidade, obras abandonadas, conta de luz três meses sem pagar, conta de lixo sem pagar. Não se pode pegar uma cidade e deixá-la totalmente abandonada”, declarou o tucano.

A LRF é diretriz que visa controle de gastos públicos em níveis federal, estadual e municipal. A lei, de maio de 2000, foi delineada exatamente para erradicar o costume de se deixar a conta de obras para seus sucessores.

HOMENAGEM

A exposição em celebração aos 50 anos do Paço foi apresentada ontem à imprensa no 19º andar do icônico prédio instalado na região central da cidade. A estrutura foi inaugurada em 1969, com projeto do arquiteto Jorge Bomfim, quando ainda atuava como funcionário público de São Bernardo. Toda obra percorreu gestão de três prefeitos: Lauro Gomes (1960-1963) Hygino Baptista de Lima (1964-1969) e Aldino Pinotti (1969-1973).

O tucano relembrou a obra do Piscinão do Paço, herdada paralisada por sua gestão e proveniente do segundo mandato de Marinho. Com as obras iniciadas em 2014, o reservatório só foi entregue em agosto deste ano. “O Paço é um marco e tinha uma mancha, uma ferida e não era somente nos funcionários que trabalham no Paço, mas na população de São Bernardo. No ano em que a cidade comemora os 50 anos do Paço, nós também entregamos a nova esplanada do Paço.”

No evento de comemoração, o prefeito recebeu o filho do arquiteto Jorge Bomfim, o também arquiteto André Bomfim, que foi homenageado recebendo o brasão da cidade de São Bernardo do chefe do Executivo. “Hoje (ontem) certamente é um dia de muita alegria para a minha família”, disse o arquiteto.

Para comemorar o aniversário do Paço, o Executivo montou exposição fotográfica com imagens que remontam ao início das obras até a entrega do piscinão neste ano. Poderá ser visitada até o fim do ano no andar térreo do prédio. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;