Fechar
Publicidade

Sábado, 14 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Protestos na Colômbia reúnem mais de 200 mil em meio à instabilidade na região



21/11/2019 | 22:18


Milhares de estudantes, professores e sindicalistas protestaram em diversas cidades da Colômbia nesta quinta-feira, em uma das maiores mobilizações dos últimos anos no país, colocando a prova um governo impopular em um momento de instabilidade na América do Sul.

De acordo com a polícia local, 207 mil pessoas participaram das mobilizações. Os colombianos insatisfeitos com o presidente, Iván Duque, esperavam canalizar a onda de descontentamento que atinge a região, com uma longa lista de reclamações, desde a persistente desigualdade econômica até a violência contra ativistas sociais.

Os protestos foram predominantemente pacíficos, embora tenham havido confrontos isolados entre a polícia e os manifestantes, que em um dado momento tentaram caminhar por uma avenida que leva ao aeroporto internacional, mas foram impedidos com gás lacrimogêneo.

No entanto, o governo de Duque está em alerta e empregou 170 mil agentes para reforçar a segurança, ao mesmo tempo em que fechou as fronteiras do país e deportou 24 venezuelanos acusados de entrar na Colômbia para incentivar as turbulências. Fonte: Associated Press



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Protestos na Colômbia reúnem mais de 200 mil em meio à instabilidade na região


21/11/2019 | 22:18


Milhares de estudantes, professores e sindicalistas protestaram em diversas cidades da Colômbia nesta quinta-feira, em uma das maiores mobilizações dos últimos anos no país, colocando a prova um governo impopular em um momento de instabilidade na América do Sul.

De acordo com a polícia local, 207 mil pessoas participaram das mobilizações. Os colombianos insatisfeitos com o presidente, Iván Duque, esperavam canalizar a onda de descontentamento que atinge a região, com uma longa lista de reclamações, desde a persistente desigualdade econômica até a violência contra ativistas sociais.

Os protestos foram predominantemente pacíficos, embora tenham havido confrontos isolados entre a polícia e os manifestantes, que em um dado momento tentaram caminhar por uma avenida que leva ao aeroporto internacional, mas foram impedidos com gás lacrimogêneo.

No entanto, o governo de Duque está em alerta e empregou 170 mil agentes para reforçar a segurança, ao mesmo tempo em que fechou as fronteiras do país e deportou 24 venezuelanos acusados de entrar na Colômbia para incentivar as turbulências. Fonte: Associated Press

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;