Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 12 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Bolsonaro diz que só entrará na disputa municipal se criar partido até março

 Marcos Corrêa/PR / Fotos Públicas  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


21/11/2019 | 09:55


O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira (21), que não entrará nas eleições municipais em 2020 se a criação do partido Aliança Pelo Brasil não for aprovada até março. "Se for possível a (coleta de assinaturas para criação da legenda) eletrônica, a gente forma um partido para março. Se não for possível, eu não vou entrar em disputas municipais no ano que vem, estou fora", disse o presidente.

Crítico do voto eletrônico, Bolsonaro questionou: "Estamos aguardando decisão do TSE se pode a coleta de assinatura eletrônica. O voto pode, assinatura não pode?"

Bolsonaro disse que nenhum ministro de seu governo entrará no novo partido. "Nós não vamos ter a participação do governo na criação do partido. Para evitar a interpretação equivocada de que eu estou usando a máquina pública para formar o partido. Zero."

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, é membro do PSL, sigla que Bolsonaro rompeu para criar um partido próprio. Bolsonaro deve participar de convenção do Aliança Pelo Brasil nesta quinta-feira, 21, quando será apresentado o estatuto da sigla.

"A gente vai cumprir realmente o que está no estatuto, respeitar a legislação. O partido tem que estar, no meu entender, voltado para as suas atribuições legais. É fiscalizar Executivo, apresentar projetos, legislar", finalizou o presidente.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bolsonaro diz que só entrará na disputa municipal se criar partido até março


21/11/2019 | 09:55


O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira (21), que não entrará nas eleições municipais em 2020 se a criação do partido Aliança Pelo Brasil não for aprovada até março. "Se for possível a (coleta de assinaturas para criação da legenda) eletrônica, a gente forma um partido para março. Se não for possível, eu não vou entrar em disputas municipais no ano que vem, estou fora", disse o presidente.

Crítico do voto eletrônico, Bolsonaro questionou: "Estamos aguardando decisão do TSE se pode a coleta de assinatura eletrônica. O voto pode, assinatura não pode?"

Bolsonaro disse que nenhum ministro de seu governo entrará no novo partido. "Nós não vamos ter a participação do governo na criação do partido. Para evitar a interpretação equivocada de que eu estou usando a máquina pública para formar o partido. Zero."

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, é membro do PSL, sigla que Bolsonaro rompeu para criar um partido próprio. Bolsonaro deve participar de convenção do Aliança Pelo Brasil nesta quinta-feira, 21, quando será apresentado o estatuto da sigla.

"A gente vai cumprir realmente o que está no estatuto, respeitar a legislação. O partido tem que estar, no meu entender, voltado para as suas atribuições legais. É fiscalizar Executivo, apresentar projetos, legislar", finalizou o presidente.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;