Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 12 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

'Não conversei com Salles', diz Bolsonaro sobre recursos da COP para Amazônia

Antônio Cruz/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


21/11/2019 | 09:31


O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira, 21, que não conversou com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, sobre o Brasil buscar recursos na Conferência do Clima da Organização das Nações Unidas (COP-25) para preservação ambiental, mas que não aceita a política de "vender a Amazônia".

"O que não quero é política de vender a Amazônia em troca de migalhas ou grandes fortunas. Amazônia não vai continuar a ser leiloada como foi tempos atrás", afirmou Bolsonaro.

O presidente disse que o movimento de Salles é "natural" e que não tem problemas com o ministro. "Como o Brasil está na questão ambiental no momento? 61%... tudo está preservado. Qual país do mundo tem isso? Nenhum. Então ninguém fica perturbando a gente quanto à questão ambiental", disse Bolsonaro.

Após uma série de confrontos com países, ONGs e organizações internacionais sobre questões climáticas e desmatamento, a gestão Bolsonaro indicou na quarta-feira, 20, uma mudança de postura. O ministro Salles afirmou que o País participará da COP-25, em Madri, para pedir a colaboração financeira para tocar operações de combate ao desmatamento na Amazônia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

'Não conversei com Salles', diz Bolsonaro sobre recursos da COP para Amazônia


21/11/2019 | 09:31


O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira, 21, que não conversou com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, sobre o Brasil buscar recursos na Conferência do Clima da Organização das Nações Unidas (COP-25) para preservação ambiental, mas que não aceita a política de "vender a Amazônia".

"O que não quero é política de vender a Amazônia em troca de migalhas ou grandes fortunas. Amazônia não vai continuar a ser leiloada como foi tempos atrás", afirmou Bolsonaro.

O presidente disse que o movimento de Salles é "natural" e que não tem problemas com o ministro. "Como o Brasil está na questão ambiental no momento? 61%... tudo está preservado. Qual país do mundo tem isso? Nenhum. Então ninguém fica perturbando a gente quanto à questão ambiental", disse Bolsonaro.

Após uma série de confrontos com países, ONGs e organizações internacionais sobre questões climáticas e desmatamento, a gestão Bolsonaro indicou na quarta-feira, 20, uma mudança de postura. O ministro Salles afirmou que o País participará da COP-25, em Madri, para pedir a colaboração financeira para tocar operações de combate ao desmatamento na Amazônia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;