Fechar
Publicidade

Sábado, 14 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Após dez anos em coma, morre Fábio Barreto, cineasta indicado ao Oscar por O Quartilho



21/11/2019 | 09:10


O cineasta Fábio Barreto morreu na última quarta-feira, dia 20, no Rio de Janeiro com 62 anos, segundo o jornal Folha de S. Paulo.

A causa da morte não foi revelada, mas ele estava em coma há dez anos, após ter sofrido um grave acidente de carro.

Barreto foi indicado ao Oscar em 1995 com o filme O Quatrilho, mas acabou perdendo a estatueta de melhor filme em língua estrangeira para um longa holandês. Outras grandes obras do cineasta são Lula, o Filho do Brasil e Índia, a Filha do Sol.

Patrícia Pillar estrelou no longa que foi indicado à maior premiação do cinema e lamentou a morte de Barreto nas redes sociais: Muito triste. Fábio foi um grande companheiro e diretor talentoso e delicado em O Quatrilho, filme que tive o grande prazer em fazer e que foi candidato ao Oscar de melhor filme estrangeiro. Todo meu carinho à família.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Após dez anos em coma, morre Fábio Barreto, cineasta indicado ao Oscar por O Quartilho


21/11/2019 | 09:10


O cineasta Fábio Barreto morreu na última quarta-feira, dia 20, no Rio de Janeiro com 62 anos, segundo o jornal Folha de S. Paulo.

A causa da morte não foi revelada, mas ele estava em coma há dez anos, após ter sofrido um grave acidente de carro.

Barreto foi indicado ao Oscar em 1995 com o filme O Quatrilho, mas acabou perdendo a estatueta de melhor filme em língua estrangeira para um longa holandês. Outras grandes obras do cineasta são Lula, o Filho do Brasil e Índia, a Filha do Sol.

Patrícia Pillar estrelou no longa que foi indicado à maior premiação do cinema e lamentou a morte de Barreto nas redes sociais: Muito triste. Fábio foi um grande companheiro e diretor talentoso e delicado em O Quatrilho, filme que tive o grande prazer em fazer e que foi candidato ao Oscar de melhor filme estrangeiro. Todo meu carinho à família.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;