Fechar
Publicidade

Domingo, 15 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Paralisação de motoristas de ônibus afeta 21 linhas na zona leste de SP



21/11/2019 | 08:05


Uma paralisação de motoristas e cobradores de ônibus da Viação Metrópole Paulista afeta a circulação de coletivos na zona leste de São Paulo na manhã desta quinta-feira, dia 21. Segundo a São Paulo Transporte (SPTrans), um grupo de sindicalistas não permitiu que os coletivos deixassem a garagem Imperador, localizada no número 2.970 da Avenida Águia de Haia.

A paralisação atinge 270 ônibus de 21 linhas que operam em bairros da zona leste como São Miguel Paulista, Itaim Paulista e Guaianases.

O Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência (Paese) não foi acionado. A SPTrans informou que a Metrópole Paulista dispõe de outras seis garagens e solicitou à viação que remanejasse veículos desses locais para atender aos passageiros da região atingida pela manifestação.

De acordo com o site Diário do Transporte, os motoristas e cobradores protestam contra o pagamento menor do adiantamento salarial. A viação teria depositado apenas 30%, sendo o acordo estabelecido de 40%.

A reportagem não conseguiu contato com a Viação Metrópole Paulista e o Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo (SindMotoristas). O espaço está aberto para as manifestações.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Paralisação de motoristas de ônibus afeta 21 linhas na zona leste de SP


21/11/2019 | 08:05


Uma paralisação de motoristas e cobradores de ônibus da Viação Metrópole Paulista afeta a circulação de coletivos na zona leste de São Paulo na manhã desta quinta-feira, dia 21. Segundo a São Paulo Transporte (SPTrans), um grupo de sindicalistas não permitiu que os coletivos deixassem a garagem Imperador, localizada no número 2.970 da Avenida Águia de Haia.

A paralisação atinge 270 ônibus de 21 linhas que operam em bairros da zona leste como São Miguel Paulista, Itaim Paulista e Guaianases.

O Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência (Paese) não foi acionado. A SPTrans informou que a Metrópole Paulista dispõe de outras seis garagens e solicitou à viação que remanejasse veículos desses locais para atender aos passageiros da região atingida pela manifestação.

De acordo com o site Diário do Transporte, os motoristas e cobradores protestam contra o pagamento menor do adiantamento salarial. A viação teria depositado apenas 30%, sendo o acordo estabelecido de 40%.

A reportagem não conseguiu contato com a Viação Metrópole Paulista e o Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo (SindMotoristas). O espaço está aberto para as manifestações.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;