Fechar
Publicidade

Domingo, 15 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Após ser mãe, Sabrina Sato lamenta não fazer sexo e diz amar Duda Nagle como irmão

Reprodução/Instagram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


19/11/2019 | 10:11


Desde que se tornou mãe, Sabrina Sato vem falando bastante sobre o assunto maternidade e ela continua sem papas na língua para comentar qualquer coisa, então que tal juntar tudo isso? Em entrevista à revista TPM, a apresentadora conversou sobre temas considerados polêmicos e quando sexo estava na pauta, ela disparou:

- Ai, eu adoro. Pena que não faço.

Noiva de Duda Nagle, Sabrina disse que perdeu a vontade de transar depois que os dois se tornaram pais de Zoe e contou como a relação que tem com o ator de A Dona do Pedaço mudou:

- Quem faz sexo depois de ser mãe? Não da vontade nem de bater uma punheta para o marido. É difícil, a vontade não vem. Quando você vira mãe, tudo muda. Atualmente, eu amo o Duda como se fosse meu irmão (risos). É um amor gigantesco, eu olho para ele e sinto gratidão, mas não tesão. A gente precisa começar a falar sobre isso. Não é tudo maravilhoso (na maternidade). Eu, que fiz cesárea, fiquei cheia de gases e cheia de pontos. A cicatriz dói até hoje. E você não quer sair de perto da sua filha, não quer sair do quarto. Mas eu to tranquila com isso, sabia? O Duda e eu conversamos muito e estamos bem. Antes a gente era um casal, agora a gente é uma família, uma potência.

Além de não ter mais vontade de fazer sexo, Sabrina contou que outra barra que enfrentou com a maternidade foi durante o puerpério, os primeiros meses após o nascimento do bebê. Ela disse que foi um período em que só chorava e precisou procurar ajuda, uma situação em que se sentiu fragilizada e foi semelhante a um término de relacionamento abusivo pelo qual passou. A mãe de Zoe também concordou com a história de que toda mãe sente culpa e completou dizendo que não importa o que ela faça, esse sentimento vem. Para fugir dessa situação, a beldade revela que costuma conversar com outras mães.

Porém, antes de ser mãe a apresentadora não gostava nada de falar sobre maternidade com as amigas. Ela lembrou que antes quando as amigas falavam dos filhos ela mandava um pinto no meio da conversa no grupo, mas agora é ela quem está sempre falando de sua pequena. Além disso, Sabrina também já pagou a língua com outras coisas, como dizer que não iria se vestir igual a filha, mas é só olhar para o feed do Instagram da musa para ver que a situação mudou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Após ser mãe, Sabrina Sato lamenta não fazer sexo e diz amar Duda Nagle como irmão


19/11/2019 | 10:11


Desde que se tornou mãe, Sabrina Sato vem falando bastante sobre o assunto maternidade e ela continua sem papas na língua para comentar qualquer coisa, então que tal juntar tudo isso? Em entrevista à revista TPM, a apresentadora conversou sobre temas considerados polêmicos e quando sexo estava na pauta, ela disparou:

- Ai, eu adoro. Pena que não faço.

Noiva de Duda Nagle, Sabrina disse que perdeu a vontade de transar depois que os dois se tornaram pais de Zoe e contou como a relação que tem com o ator de A Dona do Pedaço mudou:

- Quem faz sexo depois de ser mãe? Não da vontade nem de bater uma punheta para o marido. É difícil, a vontade não vem. Quando você vira mãe, tudo muda. Atualmente, eu amo o Duda como se fosse meu irmão (risos). É um amor gigantesco, eu olho para ele e sinto gratidão, mas não tesão. A gente precisa começar a falar sobre isso. Não é tudo maravilhoso (na maternidade). Eu, que fiz cesárea, fiquei cheia de gases e cheia de pontos. A cicatriz dói até hoje. E você não quer sair de perto da sua filha, não quer sair do quarto. Mas eu to tranquila com isso, sabia? O Duda e eu conversamos muito e estamos bem. Antes a gente era um casal, agora a gente é uma família, uma potência.

Além de não ter mais vontade de fazer sexo, Sabrina contou que outra barra que enfrentou com a maternidade foi durante o puerpério, os primeiros meses após o nascimento do bebê. Ela disse que foi um período em que só chorava e precisou procurar ajuda, uma situação em que se sentiu fragilizada e foi semelhante a um término de relacionamento abusivo pelo qual passou. A mãe de Zoe também concordou com a história de que toda mãe sente culpa e completou dizendo que não importa o que ela faça, esse sentimento vem. Para fugir dessa situação, a beldade revela que costuma conversar com outras mães.

Porém, antes de ser mãe a apresentadora não gostava nada de falar sobre maternidade com as amigas. Ela lembrou que antes quando as amigas falavam dos filhos ela mandava um pinto no meio da conversa no grupo, mas agora é ela quem está sempre falando de sua pequena. Além disso, Sabrina também já pagou a língua com outras coisas, como dizer que não iria se vestir igual a filha, mas é só olhar para o feed do Instagram da musa para ver que a situação mudou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;