Fechar
Publicidade

Sábado, 14 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Após Guarani escapar do rebaixamento, Carpini espera ser confirmado para 2020



18/11/2019 | 20:30


Depois de vencer o Operário-PR, por 1 a 0, no sábado, e garantir a permanência na Série B do Campeonato Brasileiro, o técnico Thiago Carpini aguarda ser confirmado pela diretoria para a próxima temporada. Ele conseguiu oito vitórias pela contagem mínima, o que confirmou a presença do clube na segunda divisão nacional em 2019.

"Quando eu assumi e venci o primeiro jogo e avisei que para mim 1 a 0 era goleada. Desde então, foram oito vitórias por 1 a 0 e escapamos da zona de rebaixamento e garantimos presença na Série B no ano que vem. A missão foi cumprida", analisa Carpini.

Ele agora aguarda uma posição da diretoria sobre a sequência de seu trabalho, visando o futuro. "Isso cabe à direção do clube. Sou funcionário e vou aguardar um posicionamento. Ainda temos dois jogos a disputar", concluiu o técnico.

O elenco ganhou dois dias de folga. Os jogadores foram liberados no domingo e na segunda-feira. A reapresentação no Brinco de Ouro ocorre só na terça à tarde. O grupo ganha descanso para retomar o fôlego, antes das duas últimas partidas oficiais da temporada, após disputar cinco jogos em 17 dias.

Desta forma, com a pausa no calendário, a comissão técnica tem a chance de recuperar as peças mais desgastadas para ter força máxima na segunda quinzena de novembro. "Há muito desgaste físico e, às vezes, não é tão levado em consideração. Para o jogo do Operário, foram 48 horas de intervalo do duelo com o Vila Nova. Nós não treinamos. Não havia condições para isso. Eles vieram para o sacrifício, com infiltração, CK alto e cansaço", analisou o treinador.

Com 44 pontos, o Guarani saltou três posições na tabela e, agora, ocupa o 11.º lugar, com oito de vantagem em relação ao Londrina, primeiro integrante da zona de rebaixamento. O próximo compromisso do time campineiro será na sexta-feira, diante do América-MG, postulante ao acesso, no Brinco de Ouro, às 21h30.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Após Guarani escapar do rebaixamento, Carpini espera ser confirmado para 2020


18/11/2019 | 20:30


Depois de vencer o Operário-PR, por 1 a 0, no sábado, e garantir a permanência na Série B do Campeonato Brasileiro, o técnico Thiago Carpini aguarda ser confirmado pela diretoria para a próxima temporada. Ele conseguiu oito vitórias pela contagem mínima, o que confirmou a presença do clube na segunda divisão nacional em 2019.

"Quando eu assumi e venci o primeiro jogo e avisei que para mim 1 a 0 era goleada. Desde então, foram oito vitórias por 1 a 0 e escapamos da zona de rebaixamento e garantimos presença na Série B no ano que vem. A missão foi cumprida", analisa Carpini.

Ele agora aguarda uma posição da diretoria sobre a sequência de seu trabalho, visando o futuro. "Isso cabe à direção do clube. Sou funcionário e vou aguardar um posicionamento. Ainda temos dois jogos a disputar", concluiu o técnico.

O elenco ganhou dois dias de folga. Os jogadores foram liberados no domingo e na segunda-feira. A reapresentação no Brinco de Ouro ocorre só na terça à tarde. O grupo ganha descanso para retomar o fôlego, antes das duas últimas partidas oficiais da temporada, após disputar cinco jogos em 17 dias.

Desta forma, com a pausa no calendário, a comissão técnica tem a chance de recuperar as peças mais desgastadas para ter força máxima na segunda quinzena de novembro. "Há muito desgaste físico e, às vezes, não é tão levado em consideração. Para o jogo do Operário, foram 48 horas de intervalo do duelo com o Vila Nova. Nós não treinamos. Não havia condições para isso. Eles vieram para o sacrifício, com infiltração, CK alto e cansaço", analisou o treinador.

Com 44 pontos, o Guarani saltou três posições na tabela e, agora, ocupa o 11.º lugar, com oito de vantagem em relação ao Londrina, primeiro integrante da zona de rebaixamento. O próximo compromisso do time campineiro será na sexta-feira, diante do América-MG, postulante ao acesso, no Brinco de Ouro, às 21h30.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;