Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Comes e bebes


Eliane de Souza
Do Diário do Grande ABC

07/10/2010 | 07:07


As Oktoberfestas também dedicam espaço especial para gastronomia de vários países. Em Brusque, a Festa do Marreco (Fenarreco) comemora 150 anos da cidade e 25 anos da festa. Serão 12 dias (6 a 17 de outubro, no centro de promoções Maria Celina) de muita música, dança, comida típica, chope, desfiles, e atrações. A culinária é representada por pratos como marreco recheado com repolho roxo, eisben (joelho de porco a pururuca), bock wurst (salsichas vermelha e branca com chucrute), frango alemão e risoto de marreco.

Haverá shows com 40 bandas típicas, gaiteiros e apresentações de danças folclóricas, além de concurso do chope em metro, do serrador, do lavador de marreca e de grupos folclóricos alemães, italianos e poloneses.

Os números são de deixar qualquer um boquiaberto. Em 24 anos, somando todas as edições, a Fenarreco já contabilizou 365 dias de festa, cerca de 5.000 horas de música e 150 mil marrecos consumidos.

A 24ª edição da Marejada acontece ente os dias 8 e 24 de outubro no Centro Eventos de Itajaí e traz atrações culturais dos traços açorianos que marcaram a cidade em sua colonização. Tendo a gastronomia do pescado como prato principal, a Marejada promove ainda feiras artesanais, apresentações folclóricas e muita música com shows nacionais.

A maior festa portuguesa e do pescado do país é realizada em Itajaí desde 1987, faz parte do circuito das comemorações de outubro de Santa Catarina e é uma das bases da economia da cidade. Além de músicas típicas, o evento reserva espaço para artistas como Luan Santana, Aline Barros e Roberto Leal.

De 8 a 12 de outubro é a vez de Corupá receber turistas na Bananenfest. O evento tem como objetivo divulgar o município como capital catarinense da banana, juntamente com o Estado de Santa Catarina que conquistou a posição de maior exportador nacional da fruta, acompanhada pela difusão da cultura local, tradições, seu uso e aproveitamento na culinária e o manejo adequado para produção e demais matérias primas possíveis de serem exploradas junto à bananeira.

Para fechar o mês dedicado à gastronomia e cerveja, Florianópolis promove a 12ª edição da Fenaostra, que ocorre entre os dias 22 e 31.

Alavancada pelo cultivo da ostra, cuja produção anual já alcança a marca de mais de 1 milhão de dúzias, a feira mistura ingredientes irresistíveis para quem aprecia os deliciosos pratos à base de frutos do mar.

A Fenaostra é a única promoção do gênero no País a reunir num mesmo espaço atividades nas áreas gastronômica, técnico-científica, econômica, artística e cultural, tendo como mote a maricultura. São cursos, concursos, workshops, seminários, feiras de produtos e serviços, jornadas de negócios, além de um amplo salão de gastronomia e de muita diversão, com mais de 150 artistas mostrando o melhor da música, teatro, dança e folclore regionais.

A Festa Nacional da Ostra terá estandes para comercialização de artesanato. O destaque na área de exposições será a feira de produtos e serviços, voltada à gastronomia e aquicultura, contando com a participação de 25 empresas de Santa Catarina e do Brasil, além de convidados da França, terceiro maior produtor de moluscos do mundo, e dos Açores, região que influenciou a colonização de Florianópolis.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;