Fechar
Publicidade

Sábado, 14 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Em confronto direto por vaga na Libertadores, Corinthians e Inter ficam no 0 a 0



17/11/2019 | 20:04


Na briga direta por uma vaga na Copa Libertadores do próximo ano, Corinthians e Internacional empataram por 0 a 0, neste domingo, na Arena Corinthians, em São Paulo, pela 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado leva os dois times para 50 pontos. Com duas vitórias a mais (14 a 12), os gaúchos ficam em sétimo lugar, seguido pelo Corinthians em oitavo, por ora fora da zona de classificação para a competição sul-americana.

Foi o 14.º empate do Corinthians no Brasileirão, o sétimo como mandante. O Internacional empata pela oitava vez, a terceira como visitante. O resultado mantém o tabu corintiano, que nunca perdeu para o time colorado na sua nova arena. Agora, são três vitórias e três empates.

Apesar do resultado ruim diante dos seus torcedores, o Corinthians chega a três jogos de invencibilidade, após derrotar o Fortaleza e empatar contra o Palmeiras. O Internacional, que vinha de uma vitória sobre o Fluminense, teve a sua sequência interrompida.

O Corinthians passou toda a primeira etapa sem levar perigo ao gol do goleiro Marcelo Lomba. Sem poder ofensivo e travado pela forte marcação imposta pelo Internacional, o time comandado pelo técnico interino Dyego Coelho não assustou.

Já o time gaúcho foi melhor na etapa inicial. Atuou de forma organizada e explorou os erros do Corinthians. Ciente da limitação corintiana na saída de bola, avançou a marcação e anulou o setor de criação adversário.

Sem saída pelo meio ou pelas laterais, o Corinthians se viu obrigado a arriscar lançamentos da defesa diretamente para o ataque, sem a transição pelo meio de campo, dificultando o trabalho do isolado argentino Boselli, e facilitando os desarmes da defesa colorada.

O Internacional teve duas chances de abrir o placar, mas pecou nas finalizações. Aos 17 minutos, quando Willian Pottker chutou de fora da área para boa defesa do goleiro Cássio, e aos 31 com Patrick, que, da marca de pênalti, finalizou sobre o gol. O Corinthians, nenhuma oportunidade.

Com dificuldades na saída de jogo e sem transição entre defesa e ataque, Coelho sacou Ralf no intervalo e apostou em Clayson pelo lado esquerdo do ataque, recuando Junior Urso para tentar a função à frente dos zagueiros. A alteração surtiu efeito e o time melhorou em campo, mas sempre com dificuldades na criação de chances reais de gols.

Ao mesmo tempo em que o Corinthians ganhou confiança e se lançou mais ao ataque, o Internacional passou a aproveitar os contra-ataques e levar perigo, perdendo duas chances antes dos quinze minutos. Sentindo que estava mais próximo da vitória, o técnico Zé Ricardo arriscou e colocou em campo Nico López e Guerrero, este, até então, poupado pelo treinador por ter participado do amistoso do Peru contra a Colômbia, na sexta-feira, nos Estados Unidos. Mas as alterações não deram o resultado esperado.

O Corinthians chegou a balançar as redes aos 33 minutos, mas Gustavo, que acabara de entrar na vaga de Boselli, estava em posição de impedimento no momento do passe de Vagner Love.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 0 x 0 INTERNACIONAL

CORINTHIANS - Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Ralf (Clayson), Júnior Urso, Mateus Vital (Vagner Love), Sornoza e Janderson; Boselli (Gustavo). Técnico: Dyego Coelho (interino).

INTERNACIONAL - Marcelo Lomba; Heitor, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Undel; Rodrigo Lindoso, Edenílson, Patrick e D´Alessandro (Nonato); William Pottker (Nico López) e Rafael Sobis (Guerrero). Técnico: Zé Ricardo.

CARTÕES AMARELOS - Rafael Sóbis e Heitor (Internacional).

ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (RJ).

RENDA - R$ 1.367.354,50.

PÚBLICO - 29.159 pagantes (29.423 no total).

LOCAL - Arena Corinthians, em São Paulo (SP).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Em confronto direto por vaga na Libertadores, Corinthians e Inter ficam no 0 a 0


17/11/2019 | 20:04


Na briga direta por uma vaga na Copa Libertadores do próximo ano, Corinthians e Internacional empataram por 0 a 0, neste domingo, na Arena Corinthians, em São Paulo, pela 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado leva os dois times para 50 pontos. Com duas vitórias a mais (14 a 12), os gaúchos ficam em sétimo lugar, seguido pelo Corinthians em oitavo, por ora fora da zona de classificação para a competição sul-americana.

Foi o 14.º empate do Corinthians no Brasileirão, o sétimo como mandante. O Internacional empata pela oitava vez, a terceira como visitante. O resultado mantém o tabu corintiano, que nunca perdeu para o time colorado na sua nova arena. Agora, são três vitórias e três empates.

Apesar do resultado ruim diante dos seus torcedores, o Corinthians chega a três jogos de invencibilidade, após derrotar o Fortaleza e empatar contra o Palmeiras. O Internacional, que vinha de uma vitória sobre o Fluminense, teve a sua sequência interrompida.

O Corinthians passou toda a primeira etapa sem levar perigo ao gol do goleiro Marcelo Lomba. Sem poder ofensivo e travado pela forte marcação imposta pelo Internacional, o time comandado pelo técnico interino Dyego Coelho não assustou.

Já o time gaúcho foi melhor na etapa inicial. Atuou de forma organizada e explorou os erros do Corinthians. Ciente da limitação corintiana na saída de bola, avançou a marcação e anulou o setor de criação adversário.

Sem saída pelo meio ou pelas laterais, o Corinthians se viu obrigado a arriscar lançamentos da defesa diretamente para o ataque, sem a transição pelo meio de campo, dificultando o trabalho do isolado argentino Boselli, e facilitando os desarmes da defesa colorada.

O Internacional teve duas chances de abrir o placar, mas pecou nas finalizações. Aos 17 minutos, quando Willian Pottker chutou de fora da área para boa defesa do goleiro Cássio, e aos 31 com Patrick, que, da marca de pênalti, finalizou sobre o gol. O Corinthians, nenhuma oportunidade.

Com dificuldades na saída de jogo e sem transição entre defesa e ataque, Coelho sacou Ralf no intervalo e apostou em Clayson pelo lado esquerdo do ataque, recuando Junior Urso para tentar a função à frente dos zagueiros. A alteração surtiu efeito e o time melhorou em campo, mas sempre com dificuldades na criação de chances reais de gols.

Ao mesmo tempo em que o Corinthians ganhou confiança e se lançou mais ao ataque, o Internacional passou a aproveitar os contra-ataques e levar perigo, perdendo duas chances antes dos quinze minutos. Sentindo que estava mais próximo da vitória, o técnico Zé Ricardo arriscou e colocou em campo Nico López e Guerrero, este, até então, poupado pelo treinador por ter participado do amistoso do Peru contra a Colômbia, na sexta-feira, nos Estados Unidos. Mas as alterações não deram o resultado esperado.

O Corinthians chegou a balançar as redes aos 33 minutos, mas Gustavo, que acabara de entrar na vaga de Boselli, estava em posição de impedimento no momento do passe de Vagner Love.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 0 x 0 INTERNACIONAL

CORINTHIANS - Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Ralf (Clayson), Júnior Urso, Mateus Vital (Vagner Love), Sornoza e Janderson; Boselli (Gustavo). Técnico: Dyego Coelho (interino).

INTERNACIONAL - Marcelo Lomba; Heitor, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Undel; Rodrigo Lindoso, Edenílson, Patrick e D´Alessandro (Nonato); William Pottker (Nico López) e Rafael Sobis (Guerrero). Técnico: Zé Ricardo.

CARTÕES AMARELOS - Rafael Sóbis e Heitor (Internacional).

ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (RJ).

RENDA - R$ 1.367.354,50.

PÚBLICO - 29.159 pagantes (29.423 no total).

LOCAL - Arena Corinthians, em São Paulo (SP).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;