Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Médico praticamente veta Ronaldo para confronto no Rio de Janeiro


Anderson Fattori
Especial para o Diário

25/05/2009 | 07:00


Tudo o que envolve o atacante Ronaldo ganha proporções gigantescas. Desde que reclamou mais acintosamente de dores na panturilha, a presença do astro em campo no duelo de quarta-feira, contra o Vasco da Gama, no Maracanã, virou uma verdadeira novela. A cada dia novos capítulos. Nas última cenas, no Parque São Jorge, uma declaração importante e que pode ser decisiva.

O médico do Timão, Júlio Stancati, afirmou que a lesão do Fenômeno não é grave - tanto que ele atuou com dores nos dois duelos contra o Fluminense pelas quartas de final da Copa do Brasil e contra o Botafogo pelo Campeonato Brasileiro -, mas por se tratar de contusão muscular, a recuperação é um pouco mais lenta. "Uma contratura muscular leva normalmente uma semana para ser recuperada. Então, as chances de estar em campo contra o Vasco, a princípio, são muito pequenas", avaliou o médico.

Mano Menezes, deconversa e diz que só toca no assunto no treinamento de hoje. "Não adianta falarmos agora. No sábado ele fez um trabalho de piscina, sem forçar muito a musculatura. Se o veredicto fosse dado agora, as chances realmente seriam pequenas. Mas amanhã (hoje) pode mudar", apostou o experiente comandante.

Mostrando-se um verdadeiro fã de esconder a escalação para tentar confundir o adversário, as apostas pelos lados do Parque São Jorge são que o capítulo final desta novela só deve ser visto mesmo nos vestiários do Maracanã, momentos antes de a equipe entrar em campo para o duelo com o Vasco.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Médico praticamente veta Ronaldo para confronto no Rio de Janeiro

Anderson Fattori
Especial para o Diário

25/05/2009 | 07:00


Tudo o que envolve o atacante Ronaldo ganha proporções gigantescas. Desde que reclamou mais acintosamente de dores na panturilha, a presença do astro em campo no duelo de quarta-feira, contra o Vasco da Gama, no Maracanã, virou uma verdadeira novela. A cada dia novos capítulos. Nas última cenas, no Parque São Jorge, uma declaração importante e que pode ser decisiva.

O médico do Timão, Júlio Stancati, afirmou que a lesão do Fenômeno não é grave - tanto que ele atuou com dores nos dois duelos contra o Fluminense pelas quartas de final da Copa do Brasil e contra o Botafogo pelo Campeonato Brasileiro -, mas por se tratar de contusão muscular, a recuperação é um pouco mais lenta. "Uma contratura muscular leva normalmente uma semana para ser recuperada. Então, as chances de estar em campo contra o Vasco, a princípio, são muito pequenas", avaliou o médico.

Mano Menezes, deconversa e diz que só toca no assunto no treinamento de hoje. "Não adianta falarmos agora. No sábado ele fez um trabalho de piscina, sem forçar muito a musculatura. Se o veredicto fosse dado agora, as chances realmente seriam pequenas. Mas amanhã (hoje) pode mudar", apostou o experiente comandante.

Mostrando-se um verdadeiro fã de esconder a escalação para tentar confundir o adversário, as apostas pelos lados do Parque São Jorge são que o capítulo final desta novela só deve ser visto mesmo nos vestiários do Maracanã, momentos antes de a equipe entrar em campo para o duelo com o Vasco.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;