Fechar
Publicidade

Domingo, 15 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Cúpula do Brics foi excelente, diz Bolsonaro, que não comenta reunião com Putin



14/11/2019 | 20:45


O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse nesta quinta-feira, 14, que foi "excelente" a 11ª Cúpula do Brics. "Estamos recuperando a confiança, diferentemente do passado quando a agenda do presidente não era muito boa", declarou, ao chegar ao Palácio da Alvorada.

Bolsonaro afirmou que a presença dos líderes mostra que o Brasil é um País sério, com muito a oferecer. O presidente classificou China e Rússia como potências e disse que a África do Sul é um "país irmão".

Bolsonaro não respondeu se tratou sobre as crises na Bolívia e Venezuela em reunião com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, realizada mais cedo no Planalto. "Muita coisa reservada", disse.

O presidente destacou, no entanto, que foi resolvida "rapidamente" a invasão da Embaixada da Venezuela no Brasil por grupo ligado a Juan Guaidó, reconhecido pelo governo Bolsonaro como presidente legítimo.

PSL

Bolsonaro disse que não sabe quantos parlamentares devem acompanhá-lo ao Aliança Pelo Brasil, partido que deseja tirar do papel até abril de 2020, a tempo de lançar candidatos às eleições municipais. "Vou começar um partido pobre, sem dinheiro, sem televisão. Sem nada. Se for para lá, vai por amor. Igual a um casamento: a gente casa por amor", disse.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Cúpula do Brics foi excelente, diz Bolsonaro, que não comenta reunião com Putin


14/11/2019 | 20:45


O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse nesta quinta-feira, 14, que foi "excelente" a 11ª Cúpula do Brics. "Estamos recuperando a confiança, diferentemente do passado quando a agenda do presidente não era muito boa", declarou, ao chegar ao Palácio da Alvorada.

Bolsonaro afirmou que a presença dos líderes mostra que o Brasil é um País sério, com muito a oferecer. O presidente classificou China e Rússia como potências e disse que a África do Sul é um "país irmão".

Bolsonaro não respondeu se tratou sobre as crises na Bolívia e Venezuela em reunião com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, realizada mais cedo no Planalto. "Muita coisa reservada", disse.

O presidente destacou, no entanto, que foi resolvida "rapidamente" a invasão da Embaixada da Venezuela no Brasil por grupo ligado a Juan Guaidó, reconhecido pelo governo Bolsonaro como presidente legítimo.

PSL

Bolsonaro disse que não sabe quantos parlamentares devem acompanhá-lo ao Aliança Pelo Brasil, partido que deseja tirar do papel até abril de 2020, a tempo de lançar candidatos às eleições municipais. "Vou começar um partido pobre, sem dinheiro, sem televisão. Sem nada. Se for para lá, vai por amor. Igual a um casamento: a gente casa por amor", disse.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;