Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 11 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Fuvest divulga locais de prova da primeira fase do vestibular 2020



14/11/2019 | 16:45


A Fuvest divulgou nesta quinta-feira, 14, os locais de prova da primeira fase do vestibular, que acontece no dia 24 de novembro. Para ter acesso à informação, o estudante deve acessar a área do candidato que fica no site da Fuvest, que é fuvest.br, e inserir e-mail ou CPF e uma senha.

Na primeira fase, a prova tem 90 questões de múltipla escolha, com cinco alternativas, das seguintes disciplinas: Biologia, Física, Geografia, História, Inglês, Matemática, Português e Química.

O número de inscritos na Fuvest somou 129.148 candidatos. As carreiras mais concorridas em 2020 são as três de Medicina, nas cidades de São Paulo, Bauru e Ribeirão Preto. Já as com o menor número de inscritos são Engenharia de Biossistemas, em Pirassununga; Biblioteconomia e Ciência da Informação, em Ribeirão Preto; e Licenciatura em Geociências e Educação Ambiental, em São Paulo.

A USP oferece 11.147 vagas em 106 carreiras de graduação. Desse total, 8.317 são destinadas à seleção pelo vestibular. A lista de aprovados na primeira fase sai no dia 9 de dezembro.

Recomendações

A Fuvest recomenda chegar ao local da prova com antecedência. A abertura dos portões acontece meio-dia e meia. O fechamento dos portões e o início da prova estão marcados para uma da tarde, pelo horário de Brasília. A prova tem cinco horas de duração e o candidato só pode deixar a sala de aula a partir das cinco da tarde. A Fuvest alerta que não há tempo adicional para transcrição do rascunho para a folha de respostas.

A Fuvest não permite o uso de relógios. Durante a prova, os organizadores dão avisos sobre o tempo.

Além disso, a Fuvest tem utilizado reconhecimento facial para identificação e controle de presença durante a aplicação dos exames. Para coibir fraudes, a Fuvest poderá efetuar filmagem dos locais de aplicação de prova. Também será utilizado detector de metais para ingresso nas salas de prova, com o objetivo de garantir a segurança dos candidatos e lisura do exame.

No dia da prova, o candidato deve levar uma caneta esferográfica de tinta azul. É permitido o uso de lápis ou de lapiseira, mas só pra fazer o rascunho. E também é preciso levar um documento original com foto. A Fuvest não aceita cópias, nem se forem autenticadas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Fuvest divulga locais de prova da primeira fase do vestibular 2020


14/11/2019 | 16:45


A Fuvest divulgou nesta quinta-feira, 14, os locais de prova da primeira fase do vestibular, que acontece no dia 24 de novembro. Para ter acesso à informação, o estudante deve acessar a área do candidato que fica no site da Fuvest, que é fuvest.br, e inserir e-mail ou CPF e uma senha.

Na primeira fase, a prova tem 90 questões de múltipla escolha, com cinco alternativas, das seguintes disciplinas: Biologia, Física, Geografia, História, Inglês, Matemática, Português e Química.

O número de inscritos na Fuvest somou 129.148 candidatos. As carreiras mais concorridas em 2020 são as três de Medicina, nas cidades de São Paulo, Bauru e Ribeirão Preto. Já as com o menor número de inscritos são Engenharia de Biossistemas, em Pirassununga; Biblioteconomia e Ciência da Informação, em Ribeirão Preto; e Licenciatura em Geociências e Educação Ambiental, em São Paulo.

A USP oferece 11.147 vagas em 106 carreiras de graduação. Desse total, 8.317 são destinadas à seleção pelo vestibular. A lista de aprovados na primeira fase sai no dia 9 de dezembro.

Recomendações

A Fuvest recomenda chegar ao local da prova com antecedência. A abertura dos portões acontece meio-dia e meia. O fechamento dos portões e o início da prova estão marcados para uma da tarde, pelo horário de Brasília. A prova tem cinco horas de duração e o candidato só pode deixar a sala de aula a partir das cinco da tarde. A Fuvest alerta que não há tempo adicional para transcrição do rascunho para a folha de respostas.

A Fuvest não permite o uso de relógios. Durante a prova, os organizadores dão avisos sobre o tempo.

Além disso, a Fuvest tem utilizado reconhecimento facial para identificação e controle de presença durante a aplicação dos exames. Para coibir fraudes, a Fuvest poderá efetuar filmagem dos locais de aplicação de prova. Também será utilizado detector de metais para ingresso nas salas de prova, com o objetivo de garantir a segurança dos candidatos e lisura do exame.

No dia da prova, o candidato deve levar uma caneta esferográfica de tinta azul. É permitido o uso de lápis ou de lapiseira, mas só pra fazer o rascunho. E também é preciso levar um documento original com foto. A Fuvest não aceita cópias, nem se forem autenticadas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;