Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Ex-governador Eduardo Azeredo é solto em MG



08/11/2019 | 19:24


O ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo deixou a prisão às 18h50 nesta sexta-feira, 8, após ser beneficiado pela mudança de entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) que decretou o fim da execução de pena após condenação em segunda instância.

Mais cedo, a defesa pediu a soltura imediata do ex-governador e a decisão foi atendida nesta tarde pela Vara de Execuções Penais do Fórum Lafayette, em Belo Horizonte.

Azeredo foi condenado a vinte anos e um mês de prisão por participar do "mensalão tucano", desvio de recursos de empresas públicas de Minas Gerais, como o então Banco do Estado de Minas Gerais (Bemge), para o financiamento de sua campanha à reeleição em 1998, disputa em que o tucano foi vencido pelo ex-presidente Itamar Franco.

O ex-governador estava preso em um batalhão do Corpo de Bombeiros na zona sul da capital mineira desde 23 de maio do ano passado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ex-governador Eduardo Azeredo é solto em MG


08/11/2019 | 19:24


O ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo deixou a prisão às 18h50 nesta sexta-feira, 8, após ser beneficiado pela mudança de entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) que decretou o fim da execução de pena após condenação em segunda instância.

Mais cedo, a defesa pediu a soltura imediata do ex-governador e a decisão foi atendida nesta tarde pela Vara de Execuções Penais do Fórum Lafayette, em Belo Horizonte.

Azeredo foi condenado a vinte anos e um mês de prisão por participar do "mensalão tucano", desvio de recursos de empresas públicas de Minas Gerais, como o então Banco do Estado de Minas Gerais (Bemge), para o financiamento de sua campanha à reeleição em 1998, disputa em que o tucano foi vencido pelo ex-presidente Itamar Franco.

O ex-governador estava preso em um batalhão do Corpo de Bombeiros na zona sul da capital mineira desde 23 de maio do ano passado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;