Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Suzantur se blinda nos bastidores de Mauá


Raphael Rocha

08/11/2019 | 07:00


Apesar das diversas denúncias e reclamações da atuação da Suzantur em Mauá, pouca apuração da classe política avança sobre os problemas destrinchados – muitos por este Diário. Tamanha blindagem é alvo de comentários de alguns parlamentares que buscam mais explicações da empresa que detém o monopólio do sistema de transporte coletivo na cidade. Dentro da Câmara, a companhia conta com bom relacionamento junto ao presidente da casa, Vanderley Cavalcante da Silva, o Neycar (SD), e com outros vereadores com certa ascendência sobre os demais. Não à toa que pedido de CPI para investigar os episódios envolvendo a Suzantur foi rejeitado em plenário. Outra tática da empresa é a de anunciar em jornais de bairro de Mauá, publicações essas que costumam dar visibilidade também aos parlamentares dessas localidades.

BASTIDORES

Multa
O TCE (Tribunal de Contas do Estado) manteve condenação de cinco licitações e contratos feitos na gestão do ex-prefeito Luiz Marinho (PT), de São Bernardo, para construção de escolas – os acordos envolveram R$ 12,9 milhões para erguer as creches Ferrazópolis I, Ferrazópolis II e Parque São Bernardo, além das Emebs Jardim Represa e Jardim Nazareth. Na avaliação da corte, faltou planejamento para o governo petista e, portanto, a multa de R$ 26,5 mil aplicada ao então secretário de Obras, Alfredo Buso, foi mantida.

Invasão no gabinete
O prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), levou para o gabinete um de seus cachorros, Jack, que circulou pelos escritórios e até mesmo participou de algumas conversas do socialista com seus secretários. Jack é da raça golden retriever. Atila ainda tem Thor, outro golden. Jack e Thor são figuras constantes nas redes sociais do prefeito e da primeira-dama Andreia Rolim Rios.

Filiação
Ex-secretário de Governo da Prefeitura de Mauá, o ex-juiz João Veríssimo apalavrou sua filiação ao PSD, cujo maior expoente é o ex-ministro e ex-prefeito paulistano Gilberto Kassab. O anúncio deve ser feito nos próximos dias. Veríssimo tem planos de ser candidato a prefeito da cidade na eleição do ano que vem e, além de PSD, teve conversa para ir ao Podemos.

Rejeição
O tribunal pleno do TCE (Tribunal de Contas do Estado) rejeitou pedido de reexame de contas feito pela defesa do prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (Cidadania), contestando condenação à contabilidade de 2016 de sua gestão, o último ano do primeiro mandato. Com a decisão da corte, Maranhão precisará reverter o parecer negativo junto aos vereadores.

Tucanato
A deputada estadual Damaris Moura acertou sua filiação ao PSDB. Ela recebeu 45.103 votos na eleição do ano passado pelo PHS. A mudança de casa teve articulação da líder do tucanato na Assembleia Legislativa, Carla Morando, de São Bernardo. “Como líder da bancada, fiz o convite à deputada doutora Damaris e realizei as reuniões junto com o governador João Doria e o secretário de Desenvolvimento Social e também presidente estadual da sigla, Marco Vinholi, para alinharmos a vinda ao PSDB. O partido tem muito a ganhar com a vinda da parlamentar. Precisamos de integrantes como ela, comprometidos com a população e com o desenvolvimento do Estado”, disse Carla. “Para mim, é uma honra fazer parte de um partido que está na gestão do governo de São Paulo. Um time que está desenvolvendo ações históricas, que poderão transformar a realidade do nosso Estado”, declarou Damaris. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Suzantur se blinda nos bastidores de Mauá

Raphael Rocha

08/11/2019 | 07:00


Apesar das diversas denúncias e reclamações da atuação da Suzantur em Mauá, pouca apuração da classe política avança sobre os problemas destrinchados – muitos por este Diário. Tamanha blindagem é alvo de comentários de alguns parlamentares que buscam mais explicações da empresa que detém o monopólio do sistema de transporte coletivo na cidade. Dentro da Câmara, a companhia conta com bom relacionamento junto ao presidente da casa, Vanderley Cavalcante da Silva, o Neycar (SD), e com outros vereadores com certa ascendência sobre os demais. Não à toa que pedido de CPI para investigar os episódios envolvendo a Suzantur foi rejeitado em plenário. Outra tática da empresa é a de anunciar em jornais de bairro de Mauá, publicações essas que costumam dar visibilidade também aos parlamentares dessas localidades.

BASTIDORES

Multa
O TCE (Tribunal de Contas do Estado) manteve condenação de cinco licitações e contratos feitos na gestão do ex-prefeito Luiz Marinho (PT), de São Bernardo, para construção de escolas – os acordos envolveram R$ 12,9 milhões para erguer as creches Ferrazópolis I, Ferrazópolis II e Parque São Bernardo, além das Emebs Jardim Represa e Jardim Nazareth. Na avaliação da corte, faltou planejamento para o governo petista e, portanto, a multa de R$ 26,5 mil aplicada ao então secretário de Obras, Alfredo Buso, foi mantida.

Invasão no gabinete
O prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), levou para o gabinete um de seus cachorros, Jack, que circulou pelos escritórios e até mesmo participou de algumas conversas do socialista com seus secretários. Jack é da raça golden retriever. Atila ainda tem Thor, outro golden. Jack e Thor são figuras constantes nas redes sociais do prefeito e da primeira-dama Andreia Rolim Rios.

Filiação
Ex-secretário de Governo da Prefeitura de Mauá, o ex-juiz João Veríssimo apalavrou sua filiação ao PSD, cujo maior expoente é o ex-ministro e ex-prefeito paulistano Gilberto Kassab. O anúncio deve ser feito nos próximos dias. Veríssimo tem planos de ser candidato a prefeito da cidade na eleição do ano que vem e, além de PSD, teve conversa para ir ao Podemos.

Rejeição
O tribunal pleno do TCE (Tribunal de Contas do Estado) rejeitou pedido de reexame de contas feito pela defesa do prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (Cidadania), contestando condenação à contabilidade de 2016 de sua gestão, o último ano do primeiro mandato. Com a decisão da corte, Maranhão precisará reverter o parecer negativo junto aos vereadores.

Tucanato
A deputada estadual Damaris Moura acertou sua filiação ao PSDB. Ela recebeu 45.103 votos na eleição do ano passado pelo PHS. A mudança de casa teve articulação da líder do tucanato na Assembleia Legislativa, Carla Morando, de São Bernardo. “Como líder da bancada, fiz o convite à deputada doutora Damaris e realizei as reuniões junto com o governador João Doria e o secretário de Desenvolvimento Social e também presidente estadual da sigla, Marco Vinholi, para alinharmos a vinda ao PSDB. O partido tem muito a ganhar com a vinda da parlamentar. Precisamos de integrantes como ela, comprometidos com a população e com o desenvolvimento do Estado”, disse Carla. “Para mim, é uma honra fazer parte de um partido que está na gestão do governo de São Paulo. Um time que está desenvolvendo ações históricas, que poderão transformar a realidade do nosso Estado”, declarou Damaris. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;