Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 11 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Explosão de carro-bomba na fronteira turca com a Síria mata 13 civis

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


02/11/2019 | 15:26


Um carro-bomba explodiu em uma cidade síria de Tal Abyad, na fronteira com a Turquia, informou neste sábado o Ministério da Defesa turco. Ao menos 13 pessoas - todas civis - morreram e 20 ficaram feridas.

Tal Abyad foi capturada no mês passado por forças turcas, sob a justificativa de que por lá abrigavam apoiadores do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), acusado de terrorismo pelo regime de Ancara.

O ministério culpou os combatentes curdos pelo ataque. "É preciso que a comunidade internacional se posicione contra essa organização terrorista cruel", afirmou o órgão.

O porta-voz das Forças Democráticas Sírias - formada majoritariamente por curdos -, Mustafa Bali, culpou a Turquia pela explosão. "Agora estão criando o caos para deslocar os curdos que vivem na cidade", disse.

Não houve reivindicação imediata de responsabilidade.

No mês passado, a Turquia invadiu o nordeste da Síria para expulsar combatentes curdos sírios, que considera terroristas por suas ligações com uma insurgência curda dentro da Turquia. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Explosão de carro-bomba na fronteira turca com a Síria mata 13 civis


02/11/2019 | 15:26


Um carro-bomba explodiu em uma cidade síria de Tal Abyad, na fronteira com a Turquia, informou neste sábado o Ministério da Defesa turco. Ao menos 13 pessoas - todas civis - morreram e 20 ficaram feridas.

Tal Abyad foi capturada no mês passado por forças turcas, sob a justificativa de que por lá abrigavam apoiadores do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), acusado de terrorismo pelo regime de Ancara.

O ministério culpou os combatentes curdos pelo ataque. "É preciso que a comunidade internacional se posicione contra essa organização terrorista cruel", afirmou o órgão.

O porta-voz das Forças Democráticas Sírias - formada majoritariamente por curdos -, Mustafa Bali, culpou a Turquia pela explosão. "Agora estão criando o caos para deslocar os curdos que vivem na cidade", disse.

Não houve reivindicação imediata de responsabilidade.

No mês passado, a Turquia invadiu o nordeste da Síria para expulsar combatentes curdos sírios, que considera terroristas por suas ligações com uma insurgência curda dentro da Turquia. Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;