Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 14 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Atila, Alaíde, lobos e a Chapeuzinho Vermelho


Raphael Rocha

02/11/2019 | 06:07


Esta coluna já mostrou que o prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), decidiu ir às ruas para tentar recuperar o prestígio junto à população, mesmo após duas prisões e um impeachment – todos revertidos na Justiça. Mas até mesmo aliados têm se surpreendido com alguns discursos do socialista. O que mais arranca risos é um em referência à sua vice-prefeita, Alaíde Damo (MDB), que governou a cidade nos períodos em que ele esteve preso ou cassado, com críticas ao chefe do Executivo. Atila recorre à tradicional história da Chapeuzinho Vermelho. Ele compara sua vice à personagem, dizendo que ela foi cercada por diversos lobos maus – na fábula, há apenas um animal, que tenta devorar uma menina que vai visitar sua avó. As alusões são aos adeptos do impeachment de Atila e a alguns secretários, sempre sem nominar. 

Incentivo

 A Assembleia Legislativa aprovou nesta semana projeto de lei que cria o Programa Estadual Adote um Animal, com objetivo de incentivar a adoção de cães, gatos e animais domésticos em geral. O texto é de autoria do deputado estadual Márcio da Farmácia (Podemos), de Diadema. “É uma proposta que vai ao encontro do trabalho de prefeituras e clínicas veterinárias. As zoonoses têm dificuldades em doar seus animais. O projeto cria incentivos para as empresas que ajudem na adoção desses animais, em suas propagandas e produtos”, considerou o parlamentar. A propositura agora aguarda sanção do governador João Doria (PSDB).

Audiência pública

 A Câmara de Santo André marcou para o dia 14, às 19h, a realização de audiência pública para debater o orçamento para o ano que vem. A peça orçamentária foi protocolada pelo prefeito Paulo Serra (PSDB) no dia 10 de outubro e o debate público da estimativa de receita e despesa é um dos trâmites de análise do projeto de lei. O orçamento tem de ser votado até dezembro.

Sessão solene

 Na terça-feira, a Câmara de São Bernardo terá sessão solene para concessão de título de cidadão são-bernardense a Irineu Negri Garcia e da medalha João Ramalho para Norberto de Camargo (in memorian), Claudio Aparecido Moro e Patrícia Regiane das Neves. Os trabalhos serão presididos pelo vereador Toninho Tavares (PSDB).

Troca

 Por falar na Câmara de São Bernardo, dois servidores que atuavam na linha de frente da gestão de Ramon Ramos (morto no mês passado) à frente da casa foram exonerados. Erika Lucy de Souza, que era secretária geral da mesa diretora, e Alaor Almeida Godoi, chefe de gabinete da presidência, foram desligados, com portarias publicadas no Diário Oficial de ontem.

PT e PDT

 Começou a ganhar corpo um movimento feito por PT e PDT em esfera estadual de alianças em algumas cidades na Região Metropolitana. Há chance de caminhar em conjunto em São Bernardo, em Diadema e também em Mauá – no último caso, a situação seria no mínimo curiosa, uma vez que uniria no palanque o ex-secretário Júnior Orosco (PDT) e o ex-prefeito Oswaldo Dias (PT).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Atila, Alaíde, lobos e a Chapeuzinho Vermelho

Raphael Rocha

02/11/2019 | 06:07


Esta coluna já mostrou que o prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), decidiu ir às ruas para tentar recuperar o prestígio junto à população, mesmo após duas prisões e um impeachment – todos revertidos na Justiça. Mas até mesmo aliados têm se surpreendido com alguns discursos do socialista. O que mais arranca risos é um em referência à sua vice-prefeita, Alaíde Damo (MDB), que governou a cidade nos períodos em que ele esteve preso ou cassado, com críticas ao chefe do Executivo. Atila recorre à tradicional história da Chapeuzinho Vermelho. Ele compara sua vice à personagem, dizendo que ela foi cercada por diversos lobos maus – na fábula, há apenas um animal, que tenta devorar uma menina que vai visitar sua avó. As alusões são aos adeptos do impeachment de Atila e a alguns secretários, sempre sem nominar. 

Incentivo

 A Assembleia Legislativa aprovou nesta semana projeto de lei que cria o Programa Estadual Adote um Animal, com objetivo de incentivar a adoção de cães, gatos e animais domésticos em geral. O texto é de autoria do deputado estadual Márcio da Farmácia (Podemos), de Diadema. “É uma proposta que vai ao encontro do trabalho de prefeituras e clínicas veterinárias. As zoonoses têm dificuldades em doar seus animais. O projeto cria incentivos para as empresas que ajudem na adoção desses animais, em suas propagandas e produtos”, considerou o parlamentar. A propositura agora aguarda sanção do governador João Doria (PSDB).

Audiência pública

 A Câmara de Santo André marcou para o dia 14, às 19h, a realização de audiência pública para debater o orçamento para o ano que vem. A peça orçamentária foi protocolada pelo prefeito Paulo Serra (PSDB) no dia 10 de outubro e o debate público da estimativa de receita e despesa é um dos trâmites de análise do projeto de lei. O orçamento tem de ser votado até dezembro.

Sessão solene

 Na terça-feira, a Câmara de São Bernardo terá sessão solene para concessão de título de cidadão são-bernardense a Irineu Negri Garcia e da medalha João Ramalho para Norberto de Camargo (in memorian), Claudio Aparecido Moro e Patrícia Regiane das Neves. Os trabalhos serão presididos pelo vereador Toninho Tavares (PSDB).

Troca

 Por falar na Câmara de São Bernardo, dois servidores que atuavam na linha de frente da gestão de Ramon Ramos (morto no mês passado) à frente da casa foram exonerados. Erika Lucy de Souza, que era secretária geral da mesa diretora, e Alaor Almeida Godoi, chefe de gabinete da presidência, foram desligados, com portarias publicadas no Diário Oficial de ontem.

PT e PDT

 Começou a ganhar corpo um movimento feito por PT e PDT em esfera estadual de alianças em algumas cidades na Região Metropolitana. Há chance de caminhar em conjunto em São Bernardo, em Diadema e também em Mauá – no último caso, a situação seria no mínimo curiosa, uma vez que uniria no palanque o ex-secretário Júnior Orosco (PDT) e o ex-prefeito Oswaldo Dias (PT).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;