Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Amigos em histórias adolescentes

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Mauricio de Sousa e Cartoon Network apostam em desenho animado da Turma da Mônica Jovem


Luís Felipe Soares
Diário do Grande ABC

03/11/2019 | 07:00


O tempo passa até mesmo nas histórias em quadrinhos. O conhecido formato fofinho e as confusões infantis da Turma da Mônica continuam em outro seriado, com a Mauricio de Sousa Produções e o Cartoon Network unindo forças para apresentar ao público como seria esse universo com os personagens vivenciando a adolescência. Após anos de planejamento, está pronta a versão animada de Turma da Mônica Jovem, com temas mais juvenis e prontos para atrair a atenção de diferentes gerações de fãs a partir de quinta-feira (7).

Essa versão foi criada em 2008 como publicação. A ideia sobre transformar esse mundo em animação parecia natural e finalmente os fãs terão 13 episódios da primeira temporada apresentados semanalmente na programação do Cartoon Network. Os capítulos, com cerca de dez minutos de duração, vão ao ar sempre no mesmo dia da semana, às 19h45. Outra leva de histórias deve chegar ao canal pago no ano que vem.

As crianças cresceram e há certas mudanças. Mônica está menos dentuça, Cebola – que deixou para trás o famoso apelido de Cebolinha nesta fase ‘adulta’ – não troca mais o ‘R’ pelo ‘L’ quando fala, Magali é mais preocupada com alimentação saudável e Cascão ficou vaidoso o bastante para arriscar alguns banhos.

Uma prévia do material que chegará à TV no meio da semana pode ser vista ainda hoje nos cinemas como atração do projeto Cine Cartoon, com exibição iniciada ontem de especial sobre a nova série animada em salas da rede Cinemark (www.cinemark.com.br). Capítulos desta temporada inicial, detalhes do processo criativo dos bastidores do seriado e depoimentos de quem trabalhou na produção do projeto fazem parte do conteúdo de cerca de 80 minutos. Espaços de cinema espalhados pelo Grande ABC recebem o conteúdo em horários no período da tarde. Os ingressos têm valores de sessões convencionais no fim de semana.

AGENDA TEMÁTICA - Novembro também será agitado de maneira geral pela chegada do Mês da Mônica no Cartoon Network, cuja programação será invadida com diversos episódios protagonizados pela personagem e seus amigos. O público pode acompanhar as histórias de segunda a sexta-feira, às 12h30, aos sábados, a partir das 14h, e aos domingos, às 16h. Algumas maratonas que emendam capítulos complementam a agenda especial nas próximas quatro semanas.

Formato inspirado nos mangás começou em 2008

O universo da Turma da Mônica com os personagens em seu formato bem infantil deu seus primeiros passos nos anos 1960. Demoraram muitas décadas até que Mauricio de Sousa e sua equipe apresentassem projeto no qual esses moradores do bairro do Limoeiro tivessem chego à adolescência. Foi apostando na popularidade dos mangás (estilo de quadrinho característico do Japão, onde nasceram séries como Dragon Ball, Naruto e Sakura Card Captors) que a primeira edição de Turma da Mônica Jovem foi lançada, em agosto de 2008, pela Panini Comics.

Essa primeira série de contos foi apresentada até 2016, com a editora a republicando desde então em novo estilo para que os fãs que perderam as anteriores possam completar sua coleção e cada volume reúne mais de uma edição da obra antiga. A partir de 2017, uma segunda temporada de histórias começou a chegar em bancas e livrarias. Detalhe que, mesmo contando com o volume 1, a publicação mensal continua com os fatos mostrados antes e retoma tudo a partir do fato de que Mônica e Cebola voltam a namorar.

Atualmente, a HQ de Turma da Mônica Jovem está em seu número 35 (128 páginas, R$ 11, em média), sendo que a leitura é recomendada para maiores de 12 anos.

Um episódio piloto, ou seja, montado como espécie de teste para perceber a avaliação do público, de versão animada da ‘Turma da Mônica Jovem’ foi ao ar em 2015

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Amigos em histórias adolescentes

Mauricio de Sousa e Cartoon Network apostam em desenho animado da Turma da Mônica Jovem

Luís Felipe Soares
Diário do Grande ABC

03/11/2019 | 07:00


O tempo passa até mesmo nas histórias em quadrinhos. O conhecido formato fofinho e as confusões infantis da Turma da Mônica continuam em outro seriado, com a Mauricio de Sousa Produções e o Cartoon Network unindo forças para apresentar ao público como seria esse universo com os personagens vivenciando a adolescência. Após anos de planejamento, está pronta a versão animada de Turma da Mônica Jovem, com temas mais juvenis e prontos para atrair a atenção de diferentes gerações de fãs a partir de quinta-feira (7).

Essa versão foi criada em 2008 como publicação. A ideia sobre transformar esse mundo em animação parecia natural e finalmente os fãs terão 13 episódios da primeira temporada apresentados semanalmente na programação do Cartoon Network. Os capítulos, com cerca de dez minutos de duração, vão ao ar sempre no mesmo dia da semana, às 19h45. Outra leva de histórias deve chegar ao canal pago no ano que vem.

As crianças cresceram e há certas mudanças. Mônica está menos dentuça, Cebola – que deixou para trás o famoso apelido de Cebolinha nesta fase ‘adulta’ – não troca mais o ‘R’ pelo ‘L’ quando fala, Magali é mais preocupada com alimentação saudável e Cascão ficou vaidoso o bastante para arriscar alguns banhos.

Uma prévia do material que chegará à TV no meio da semana pode ser vista ainda hoje nos cinemas como atração do projeto Cine Cartoon, com exibição iniciada ontem de especial sobre a nova série animada em salas da rede Cinemark (www.cinemark.com.br). Capítulos desta temporada inicial, detalhes do processo criativo dos bastidores do seriado e depoimentos de quem trabalhou na produção do projeto fazem parte do conteúdo de cerca de 80 minutos. Espaços de cinema espalhados pelo Grande ABC recebem o conteúdo em horários no período da tarde. Os ingressos têm valores de sessões convencionais no fim de semana.

AGENDA TEMÁTICA - Novembro também será agitado de maneira geral pela chegada do Mês da Mônica no Cartoon Network, cuja programação será invadida com diversos episódios protagonizados pela personagem e seus amigos. O público pode acompanhar as histórias de segunda a sexta-feira, às 12h30, aos sábados, a partir das 14h, e aos domingos, às 16h. Algumas maratonas que emendam capítulos complementam a agenda especial nas próximas quatro semanas.

Formato inspirado nos mangás começou em 2008

O universo da Turma da Mônica com os personagens em seu formato bem infantil deu seus primeiros passos nos anos 1960. Demoraram muitas décadas até que Mauricio de Sousa e sua equipe apresentassem projeto no qual esses moradores do bairro do Limoeiro tivessem chego à adolescência. Foi apostando na popularidade dos mangás (estilo de quadrinho característico do Japão, onde nasceram séries como Dragon Ball, Naruto e Sakura Card Captors) que a primeira edição de Turma da Mônica Jovem foi lançada, em agosto de 2008, pela Panini Comics.

Essa primeira série de contos foi apresentada até 2016, com a editora a republicando desde então em novo estilo para que os fãs que perderam as anteriores possam completar sua coleção e cada volume reúne mais de uma edição da obra antiga. A partir de 2017, uma segunda temporada de histórias começou a chegar em bancas e livrarias. Detalhe que, mesmo contando com o volume 1, a publicação mensal continua com os fatos mostrados antes e retoma tudo a partir do fato de que Mônica e Cebola voltam a namorar.

Atualmente, a HQ de Turma da Mônica Jovem está em seu número 35 (128 páginas, R$ 11, em média), sendo que a leitura é recomendada para maiores de 12 anos.

Um episódio piloto, ou seja, montado como espécie de teste para perceber a avaliação do público, de versão animada da ‘Turma da Mônica Jovem’ foi ao ar em 2015

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;