Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Quem teme?

A Constituição Federal em seu artigo 129, incisos 1, 2, 6 e 7, ao atribuir ...


Dgabc

28/02/2013 | 00:00


Artigo

A Constituição Federal em seu artigo 129, incisos 1, 2, 6 e 7, ao atribuir ao Ministério Público a missão de defesa da ordem jurídica e de promover as medidas salutares para isso, concede o poder investigatório ao MP, fundamental ao efetivo cumprimento das suas valiosas e multifárias funções, como o combate à criminalidade organizada e à corrupção, o controle externo da atividade policial, a fiscalização das leis e suas execuções.

Os promotores e procuradores de Justiça são defensores da sociedade, tanto no campo penal, com a titularidade exclusiva da ação penal pública, quanto no campo cível como fiscais dos demais poderes públicos. O Ministério Público é titular do inquérito civil e da ação civil pública, árduos defensores da moralidade administrativa e da legalidade.

Mas estão tentando mutilar as funções do Parquet no Congresso Nacional, através da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 37/11, a qual visa acrescentar um parágrafo 10 ao artigo 144 da Constituição Federal para definir a competência das apurações de infrações penais, incumbindo de forma privativa às polícias federal e civil dos Estados e do Distrito Federal.

Tirar do Ministério Público a atribuição de investigações criminais é incentivo às práticas corruptas e ao crime contra a sociedade; pois com a investigação exclusiva às polícias, a redução do número de órgãos que podem fiscalizar será vitória para a impunidade.

É o caso das agências reguladoras; do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e do Banco Central, que fazem trabalho especializado para evitar lavagem de dinheiro; do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), que atua nos crimes de ordem econômica; da CGU (Controladoria Geral da União), que busca combater a corrupção e o desvio de verbas públicas; auditores fiscais, tribunais de contas, Receita Federal e esvaziando, definitivamente, as CPIs (Comissões Parlamentares de Inquérito).

Quem teme os promotores e procuradores são agentes políticos e públicos corruptos, quadrilhas, milícias e bandidos de colarinho-branco.

Devemos conclamar os deputados federais e senadores a rejeitarem a tal PEC/37, pois contraria os interesses da sociedade brasileira.

Elísio Peixoto é presidente da Asascs (Associação dos Amigos de São Caetano) e coordenador da criação do comitê do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral no Grande ABC.

Palavra do leitor

Impressão

A atual administração de Santo André, do prefeito Carlos Grana, vem demonstrando falta de gestão em nossa cidade. Há dois meses no poder e Santo André está pior no transporte, limpeza e iluminação públicos. Vejo vários locais sem poda e praças cobertas pelo mato, e não somente nos bairros, mas também no Centro. O secretário de Obras, Paulinho Serra, disse a este Diário que tinha aumentado as equipes para manutenção da iluminação pública, isso há duas semanas, e nada foi feito. Lembro à atual administração que a primeira impressão é a que fica. Enfim, uma cidade com cara de abandonada.

Maurício Goduto

Santo André

Telefonia

De nada adiantam multas milionárias que a Anatel aplica nas operadoras de telefonia no Brasil, nenhuma até hoje foi paga e a todas cabem recursos. Não há melhora no atendimento, diariamente caem as ligações, isso quando são completadas. Os serviços prestados são de péssima qualidade. Queremos um serviço e temos que esperar a gravação falar todas as opções. Isso é desrespeito com o consumidor! A Anatel aplica multa para justificar a inoperância do desgoverno Dilma em exigir das operadoras mais investimentos e respeito ao serviço prestado. E nem podemos esperar muita coisa do Procon, pois foi noticiado que uma festa no órgão tinha entre seus patrocinadores a operadora Vivo. Nem preciso falar mais nada!

Ailton Gomes

Ribeirão Pires

Social

Sabe-se que 699 famílias se beneficiam de um dito aluguel social. O que é realmente esse benefício? A Prefeitura de Santo André gasta com esse aluguel atualmente R$ 265,62 mil mensais. Pretende-se aumentar para R$ 450, atingindo custo mensal de R$ 314,55 mil. O gasto anual seria de R$ 3,768 milhões, valor suficiente para construir muitas casas populares. E ainda tem vereador que está propondo que o valor seja reajustado para R$ 678 por família. Será que esse benefício é bem utilizado pelos beneficiários? Tenho minhas dúvidas. Que alguém esclareça.

Divino Faustino Rodrigues

Santo André

Baronesa

Parabéns a este Diário! Finalmente parece que o projeto para implantação de parque ecológico e de lazer na Chácara Baronesa sairá do papel. É ótima notícia à população da região. Com seus 340 mil m² será maior que o Parque da Independência, no Ipiranga, em São Paulo (184,83 mil m²), e equivalente em tamanho ao Jardim Botânico da Capital (360 mil m²).

Charles França

São Bernardo

Lula - 1

Lula, mais conhecido como papagaio de pirata, por falar o que quer e o que nem entende, nas campanhas políticas vivia repetindo que FHC deixou a herança maldita. E agora que o PT terceirizou, nacionalizou, ‘mensalou', corroeu, ‘cuecou', ‘dossiesou' e ‘aloprou' qual será a herança que a presidente Dilma herdou? Já dizia minha vovó: quem herda, herda; quem não herda, fica na mesma. Lula, por que não te calas?

Asdrubal Gobenati

Rio de Janeiro

Lula - 2

Lula, com sua proverbial arrogância, fala que FHC deve ficar quieto. Ora, por que não te calas? Como ex-presidente mais recente, deve e tem obrigação de dar esse bom exemplo e deixar Dilma trabalhar. Afinal, ela tem muito para sanear nos meandros da governabilidade petista que herdou.

Pedro Luís de Campos Vergueiro

Capital



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Quem teme?

A Constituição Federal em seu artigo 129, incisos 1, 2, 6 e 7, ao atribuir ...

Dgabc

28/02/2013 | 00:00


Artigo

A Constituição Federal em seu artigo 129, incisos 1, 2, 6 e 7, ao atribuir ao Ministério Público a missão de defesa da ordem jurídica e de promover as medidas salutares para isso, concede o poder investigatório ao MP, fundamental ao efetivo cumprimento das suas valiosas e multifárias funções, como o combate à criminalidade organizada e à corrupção, o controle externo da atividade policial, a fiscalização das leis e suas execuções.

Os promotores e procuradores de Justiça são defensores da sociedade, tanto no campo penal, com a titularidade exclusiva da ação penal pública, quanto no campo cível como fiscais dos demais poderes públicos. O Ministério Público é titular do inquérito civil e da ação civil pública, árduos defensores da moralidade administrativa e da legalidade.

Mas estão tentando mutilar as funções do Parquet no Congresso Nacional, através da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 37/11, a qual visa acrescentar um parágrafo 10 ao artigo 144 da Constituição Federal para definir a competência das apurações de infrações penais, incumbindo de forma privativa às polícias federal e civil dos Estados e do Distrito Federal.

Tirar do Ministério Público a atribuição de investigações criminais é incentivo às práticas corruptas e ao crime contra a sociedade; pois com a investigação exclusiva às polícias, a redução do número de órgãos que podem fiscalizar será vitória para a impunidade.

É o caso das agências reguladoras; do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e do Banco Central, que fazem trabalho especializado para evitar lavagem de dinheiro; do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), que atua nos crimes de ordem econômica; da CGU (Controladoria Geral da União), que busca combater a corrupção e o desvio de verbas públicas; auditores fiscais, tribunais de contas, Receita Federal e esvaziando, definitivamente, as CPIs (Comissões Parlamentares de Inquérito).

Quem teme os promotores e procuradores são agentes políticos e públicos corruptos, quadrilhas, milícias e bandidos de colarinho-branco.

Devemos conclamar os deputados federais e senadores a rejeitarem a tal PEC/37, pois contraria os interesses da sociedade brasileira.

Elísio Peixoto é presidente da Asascs (Associação dos Amigos de São Caetano) e coordenador da criação do comitê do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral no Grande ABC.

Palavra do leitor

Impressão

A atual administração de Santo André, do prefeito Carlos Grana, vem demonstrando falta de gestão em nossa cidade. Há dois meses no poder e Santo André está pior no transporte, limpeza e iluminação públicos. Vejo vários locais sem poda e praças cobertas pelo mato, e não somente nos bairros, mas também no Centro. O secretário de Obras, Paulinho Serra, disse a este Diário que tinha aumentado as equipes para manutenção da iluminação pública, isso há duas semanas, e nada foi feito. Lembro à atual administração que a primeira impressão é a que fica. Enfim, uma cidade com cara de abandonada.

Maurício Goduto

Santo André

Telefonia

De nada adiantam multas milionárias que a Anatel aplica nas operadoras de telefonia no Brasil, nenhuma até hoje foi paga e a todas cabem recursos. Não há melhora no atendimento, diariamente caem as ligações, isso quando são completadas. Os serviços prestados são de péssima qualidade. Queremos um serviço e temos que esperar a gravação falar todas as opções. Isso é desrespeito com o consumidor! A Anatel aplica multa para justificar a inoperância do desgoverno Dilma em exigir das operadoras mais investimentos e respeito ao serviço prestado. E nem podemos esperar muita coisa do Procon, pois foi noticiado que uma festa no órgão tinha entre seus patrocinadores a operadora Vivo. Nem preciso falar mais nada!

Ailton Gomes

Ribeirão Pires

Social

Sabe-se que 699 famílias se beneficiam de um dito aluguel social. O que é realmente esse benefício? A Prefeitura de Santo André gasta com esse aluguel atualmente R$ 265,62 mil mensais. Pretende-se aumentar para R$ 450, atingindo custo mensal de R$ 314,55 mil. O gasto anual seria de R$ 3,768 milhões, valor suficiente para construir muitas casas populares. E ainda tem vereador que está propondo que o valor seja reajustado para R$ 678 por família. Será que esse benefício é bem utilizado pelos beneficiários? Tenho minhas dúvidas. Que alguém esclareça.

Divino Faustino Rodrigues

Santo André

Baronesa

Parabéns a este Diário! Finalmente parece que o projeto para implantação de parque ecológico e de lazer na Chácara Baronesa sairá do papel. É ótima notícia à população da região. Com seus 340 mil m² será maior que o Parque da Independência, no Ipiranga, em São Paulo (184,83 mil m²), e equivalente em tamanho ao Jardim Botânico da Capital (360 mil m²).

Charles França

São Bernardo

Lula - 1

Lula, mais conhecido como papagaio de pirata, por falar o que quer e o que nem entende, nas campanhas políticas vivia repetindo que FHC deixou a herança maldita. E agora que o PT terceirizou, nacionalizou, ‘mensalou', corroeu, ‘cuecou', ‘dossiesou' e ‘aloprou' qual será a herança que a presidente Dilma herdou? Já dizia minha vovó: quem herda, herda; quem não herda, fica na mesma. Lula, por que não te calas?

Asdrubal Gobenati

Rio de Janeiro

Lula - 2

Lula, com sua proverbial arrogância, fala que FHC deve ficar quieto. Ora, por que não te calas? Como ex-presidente mais recente, deve e tem obrigação de dar esse bom exemplo e deixar Dilma trabalhar. Afinal, ela tem muito para sanear nos meandros da governabilidade petista que herdou.

Pedro Luís de Campos Vergueiro

Capital

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;