Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 13 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

BNDES aprova empréstimo de R$ 1,26 bi para complexo eólico da Engie na Bahia



23/10/2019 | 16:56


O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou que aprovou um empréstimo de R$ 1,26 bilhão para o Complexo Eólico Umburanas, na Bahia, empreendimento do grupo Engie Brasil. O investimento total no complexo é de R$ 1,6 bilhão, incluindo as linhas de transmissão associadas. O empréstimo do BNDES cobrirá 78,8% do investimento total do projeto.

O Complexo Eólico Umburanas é formado por 18 parques eólicos. Segundo o BNDES, a linha de transmissão do complexo terá 50 quilômetros, até a subestação de Ourolândia II, também na Bahia, onde fará a integração ao Sistema Interligado Nacional (SIN).

O BNDES informou que os investimentos envolvem "a aquisição de aerogeradores, obras civis e sistema de conexão". "Aspectos como contratos de comercialização de energia, implantação dos parques, estudos dos ventos, análise de impactos socioambientais, aquisição de licenças ambientais e conformidade arqueológica junto ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) foram levados em consideração pelo BNDES para concessão do financiamento", diz uma nota distribuída pelo BNDES.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

BNDES aprova empréstimo de R$ 1,26 bi para complexo eólico da Engie na Bahia


23/10/2019 | 16:56


O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou que aprovou um empréstimo de R$ 1,26 bilhão para o Complexo Eólico Umburanas, na Bahia, empreendimento do grupo Engie Brasil. O investimento total no complexo é de R$ 1,6 bilhão, incluindo as linhas de transmissão associadas. O empréstimo do BNDES cobrirá 78,8% do investimento total do projeto.

O Complexo Eólico Umburanas é formado por 18 parques eólicos. Segundo o BNDES, a linha de transmissão do complexo terá 50 quilômetros, até a subestação de Ourolândia II, também na Bahia, onde fará a integração ao Sistema Interligado Nacional (SIN).

O BNDES informou que os investimentos envolvem "a aquisição de aerogeradores, obras civis e sistema de conexão". "Aspectos como contratos de comercialização de energia, implantação dos parques, estudos dos ventos, análise de impactos socioambientais, aquisição de licenças ambientais e conformidade arqueológica junto ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) foram levados em consideração pelo BNDES para concessão do financiamento", diz uma nota distribuída pelo BNDES.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;