Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 15 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Sequência de 5 jogos sem derrota do Cruzeiro não entusiasma Henrique



22/10/2019 | 22:07


O volante Henrique não se entusiasma com os cinco jogos sem derrota do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro. Para o capitão, a equipe precisa ter cautela nas próximas rodadas, na busca por evitar o rebaixamento.

"Ter a retomada é importante para nós, depois de um período sem vencer. Vencemos duas, uma em casa, outra fora (São Paulo e Corinthians). É importante e tomara que tenhamos mais semanas desta maneira na sequência", comentou Henrique, nesta terça-feira.

"Sair da zona de rebaixamento será questão de tempo pelo que estamos produzindo. Claro que os resultados lá atrás não vieram, mas merecíamos mais. Então, agora é jogo após jogo. Vamos pensar no Fortaleza, concentrar nossas forças neste jogo para ter um avanço ainda maior", disse o capitão.

O meio-campista, um dos líderes do atual elenco, aproveitou para analisar o próximo jogo, que será às 21 horas de sábado, no Mineirão, frente ao Fortaleza. "Temos de estar atentos, a competição está no final e agora todos os adversários almejam alguma coisa, alguns na parte de cima, outros na de baixo. Então, temos de vencer para tirar o Cruzeiro desta situação. A gente tem uma chama acesa. Antes, por mais que lutássemos a coisa não acontecia. Agora, vamos procurar seguir no bom caminho."

Henrique ainda não sabe quem será seu companheiro na marcação das jogadas do adversário, pois Éderson recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Corinthians e terá de cumprir suspensão.

"Éderson vive um grande momento, despontou quando a gente não estava bem. Mas o mais importante é que quem entrar será para dar o melhor. Quando o Éderson está, ele sai mais e eu fico mais, pois ele tem força e ajuda bastante o pessoal da frente. Não podemos sobrecarregar os zagueiros. E ele tem participado das jogadas ofensivas. E, sem ele, vamos trabalhar da melhor forma para poder encarar o Fortaleza."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sequência de 5 jogos sem derrota do Cruzeiro não entusiasma Henrique


22/10/2019 | 22:07


O volante Henrique não se entusiasma com os cinco jogos sem derrota do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro. Para o capitão, a equipe precisa ter cautela nas próximas rodadas, na busca por evitar o rebaixamento.

"Ter a retomada é importante para nós, depois de um período sem vencer. Vencemos duas, uma em casa, outra fora (São Paulo e Corinthians). É importante e tomara que tenhamos mais semanas desta maneira na sequência", comentou Henrique, nesta terça-feira.

"Sair da zona de rebaixamento será questão de tempo pelo que estamos produzindo. Claro que os resultados lá atrás não vieram, mas merecíamos mais. Então, agora é jogo após jogo. Vamos pensar no Fortaleza, concentrar nossas forças neste jogo para ter um avanço ainda maior", disse o capitão.

O meio-campista, um dos líderes do atual elenco, aproveitou para analisar o próximo jogo, que será às 21 horas de sábado, no Mineirão, frente ao Fortaleza. "Temos de estar atentos, a competição está no final e agora todos os adversários almejam alguma coisa, alguns na parte de cima, outros na de baixo. Então, temos de vencer para tirar o Cruzeiro desta situação. A gente tem uma chama acesa. Antes, por mais que lutássemos a coisa não acontecia. Agora, vamos procurar seguir no bom caminho."

Henrique ainda não sabe quem será seu companheiro na marcação das jogadas do adversário, pois Éderson recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Corinthians e terá de cumprir suspensão.

"Éderson vive um grande momento, despontou quando a gente não estava bem. Mas o mais importante é que quem entrar será para dar o melhor. Quando o Éderson está, ele sai mais e eu fico mais, pois ele tem força e ajuda bastante o pessoal da frente. Não podemos sobrecarregar os zagueiros. E ele tem participado das jogadas ofensivas. E, sem ele, vamos trabalhar da melhor forma para poder encarar o Fortaleza."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;