Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Mostra exalta mulheres em tratamento

Márcio Scavone/Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

‘Artemisa’ fica em cartaz no lobby do Conjunto Nacional, em São Paulo, até o fim do mês


Miriam Gimenes
Do Diário do Grande ABC

22/10/2019 | 07:12


Receber o diagnóstico de câncer de mama não é nada fácil. Passado o choque inicial, no entanto, é possível que a mulher se redescubra, e passe a se sentir bela, mesmo durante a tempestade. Foi com este intuito que o fotógrafo Márcio Scavone registrou 14 pacientes em tratamento, que compõem a exposição Artemisa, em cartaz no lobby Conjunto Nacional (Av. Paulista, 2.073), em São Paulo, até o fim do mês. A curadoria é do crítico de arte Paulo Klein e a entrada é gratuita.

Uma vez registradas as fotos, foi a vez de a artista Sandra Martinelli colocar seu ‘dedo’ no trabalho. Para tanto, ela pesquisou e relacionou as histórias das pessoas – 13 mulheres e um homem (a doença também os acomete, com menor frequência) –, à paleta de cores do fotógrafo e espécies botânicas com propriedades medicinais para criar uma intervenção artística, com tinta a óleo, sobre as imagens impressas.

O projeto Artemisa foi idealizado por Igor Cayres, mestre em gestão cultural e artística e filho da produtora cultural e antropóloga Beth Cayres, criadora do Panorama Percussivo Mundial (PercPan), que faleceu de câncer em abril. “A proposta é criar um espaço de conscientização da prevenção por meio de um projeto artístico”, explica Igor.

“Criamos um cenário para acolher e valorizar as mulheres em tratamento de câncer de mama. Foram diversos perfis, idades e estágios de tratamento e cada uma emprestou sua força, beleza e história para ajudar na conscientização da população da importância de realizar os exames preventivos”, completa.

Márcio Scavone destaca a entrega dos modelos ao trabalho. “Sempre achei que uma das obrigações do retratista é mostrar o que o retratado quer esconder. De repente, no meio desses retratos, percebi que elas e ele não tinham nada a esconder. Ao contrário. Querem mostrar tudo,”  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mostra exalta mulheres em tratamento

‘Artemisa’ fica em cartaz no lobby do Conjunto Nacional, em São Paulo, até o fim do mês

Miriam Gimenes
Do Diário do Grande ABC

22/10/2019 | 07:12


Receber o diagnóstico de câncer de mama não é nada fácil. Passado o choque inicial, no entanto, é possível que a mulher se redescubra, e passe a se sentir bela, mesmo durante a tempestade. Foi com este intuito que o fotógrafo Márcio Scavone registrou 14 pacientes em tratamento, que compõem a exposição Artemisa, em cartaz no lobby Conjunto Nacional (Av. Paulista, 2.073), em São Paulo, até o fim do mês. A curadoria é do crítico de arte Paulo Klein e a entrada é gratuita.

Uma vez registradas as fotos, foi a vez de a artista Sandra Martinelli colocar seu ‘dedo’ no trabalho. Para tanto, ela pesquisou e relacionou as histórias das pessoas – 13 mulheres e um homem (a doença também os acomete, com menor frequência) –, à paleta de cores do fotógrafo e espécies botânicas com propriedades medicinais para criar uma intervenção artística, com tinta a óleo, sobre as imagens impressas.

O projeto Artemisa foi idealizado por Igor Cayres, mestre em gestão cultural e artística e filho da produtora cultural e antropóloga Beth Cayres, criadora do Panorama Percussivo Mundial (PercPan), que faleceu de câncer em abril. “A proposta é criar um espaço de conscientização da prevenção por meio de um projeto artístico”, explica Igor.

“Criamos um cenário para acolher e valorizar as mulheres em tratamento de câncer de mama. Foram diversos perfis, idades e estágios de tratamento e cada uma emprestou sua força, beleza e história para ajudar na conscientização da população da importância de realizar os exames preventivos”, completa.

Márcio Scavone destaca a entrega dos modelos ao trabalho. “Sempre achei que uma das obrigações do retratista é mostrar o que o retratado quer esconder. De repente, no meio desses retratos, percebi que elas e ele não tinham nada a esconder. Ao contrário. Querem mostrar tudo,”  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;