Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Bruno Henrique diz que sua mulher foi agredida por palmeirenses após jogo



21/10/2019 | 11:08


O volante Bruno Henrique, do Palmeiras, revelou que sua mulher, Bhel Dietrich, foi agredida por torcedores palmeirenses após o empate em 1 a 1 com o Athletico-PR, domingo, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A assessoria do volante confirmou a informação à reportagem do Estado. Bhel foi cercada, xingada e chegou a ser empurrada pelos torcedores. Ela estava acompanhada por um homem e uma criança, que não foram agredidos na confusão.

Em seu site oficial, o Palmeiras se manifestou sobre o ocorrido por meio de uma nota, na qual lamentou o fato. "A Sociedade Esportiva Palmeiras repudia veementemente o deplorável e constrangedor episódio ocorrido na saída do estádio neste domingo (20), após a partida contra o Athletico-PR, em Curitiba, envolvendo a esposa do jogador Bruno Henrique e sua família", disse o clube.

"É inadmissível que aconteçam situações lamentáveis envolvendo ataques de supostos torcedores a atletas, comissão técnica, dirigentes e seus familiares. O clube está dando todo o suporte necessário ao jogador e sua família", completou a nota.

Em setembro passado, um vídeo de outro episódio, no qual Bruno Henrique e sua esposa se envolveram, "viralizou" nas redes sociais. Na ocasião, o casal apareceu sendo abordado por um torcedor e Bruno Henrique foi chamado de "pipoqueiro". Irritada, a mulher discutiu com o homem, que não teve seu rosto e nome revelados.

Com o empate na Arena da Baixada, o Palmeiras chegou aos 54 pontos e está dez atrás do líder Flamengo. O time alviverde voltará a campo no domingo para enfrentar o Avaí, no estádio da Ressacada, em Florianópolis, pela 28ª rodada do Brasileirão, e depois fará dois jogos em casa, contra o São Paulo e o Ceará, pelo torneio nacional.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bruno Henrique diz que sua mulher foi agredida por palmeirenses após jogo


21/10/2019 | 11:08


O volante Bruno Henrique, do Palmeiras, revelou que sua mulher, Bhel Dietrich, foi agredida por torcedores palmeirenses após o empate em 1 a 1 com o Athletico-PR, domingo, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A assessoria do volante confirmou a informação à reportagem do Estado. Bhel foi cercada, xingada e chegou a ser empurrada pelos torcedores. Ela estava acompanhada por um homem e uma criança, que não foram agredidos na confusão.

Em seu site oficial, o Palmeiras se manifestou sobre o ocorrido por meio de uma nota, na qual lamentou o fato. "A Sociedade Esportiva Palmeiras repudia veementemente o deplorável e constrangedor episódio ocorrido na saída do estádio neste domingo (20), após a partida contra o Athletico-PR, em Curitiba, envolvendo a esposa do jogador Bruno Henrique e sua família", disse o clube.

"É inadmissível que aconteçam situações lamentáveis envolvendo ataques de supostos torcedores a atletas, comissão técnica, dirigentes e seus familiares. O clube está dando todo o suporte necessário ao jogador e sua família", completou a nota.

Em setembro passado, um vídeo de outro episódio, no qual Bruno Henrique e sua esposa se envolveram, "viralizou" nas redes sociais. Na ocasião, o casal apareceu sendo abordado por um torcedor e Bruno Henrique foi chamado de "pipoqueiro". Irritada, a mulher discutiu com o homem, que não teve seu rosto e nome revelados.

Com o empate na Arena da Baixada, o Palmeiras chegou aos 54 pontos e está dez atrás do líder Flamengo. O time alviverde voltará a campo no domingo para enfrentar o Avaí, no estádio da Ressacada, em Florianópolis, pela 28ª rodada do Brasileirão, e depois fará dois jogos em casa, contra o São Paulo e o Ceará, pelo torneio nacional.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;