Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 11 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Em jogo de sete gols, Inter passa pelo Sassuolo e volta a encostar na Juventus



20/10/2019 | 09:38


Depois de perder a invencibilidade diante da Juventus, em casa, na rodada anterior, a Internazionale voltou a vencer neste domingo ao bater o Sassuolo, longe de seus domínios, por eletrizantes 4 a 3 que mantiveram a equipe na cola da rival de Turim na luta pela taça do Campeonato Italiano.

O duelo deste fim de semana no estádio Città del Tricolore, válido pela oitava rodada, representou, para o clube de Milão, a superação diante de um adversário que costuma ser dos mais complicados, uma vez que havia vencido quatro dos últimos cinco encontros entre os times pela competição.

Foi a sétima vitória em oito compromissos da equipe de Antonio Conte, que só perdeu pontos justamente para a octacampeã Juventus, na derrota por 2 a 1 da rodada anterior, no Giuseppe Meazza.

Agora vice-líder, a Inter tem 21 pontos e volta a encostar na equipe de Cristiano Ronaldo, que no sábado passou pelo Bologna (2 a 1) e chegou aos 22. Já o Sassuolo, com um jogo a menos e próximo da zona de rebaixamento, tem seis pontos.

Sem Stefano Sensi nem Alexis Sánchez, lesionados, Lautaro Martinez e Romelu Lukaku foram os grandes responsáveis pela vitória do time de Milão, que parecia definida até os 29 minutos do segundo tempo, mas quase sofreu uma reviravolta.

O argentino abriu o placar bem no início, aos dois minutos. Mas aos 16 a equipe da casa resolveu manter a fama de pedra no sapato da Inter, com Berardi deixando tudo igual. Aos 38, Lukaku mandou o recado de que desta vez haveria de ser diferente e foi ainda mais contundente ao fazer o terceiro, de pênalti, nos acréscimos, e deixar seu time com boa vantagem no intervalo.

Tudo parecia resolvido aos 26 da etapa final, quando Lautaro converteu nova penalidade e transformou a já encaminhada vitória em goleada. Mas o cenário se modificou radicalmente quando Djuricic, aos 29, e Boga, aos 37, deram nova carga de tensão ao confronto.

Mesmo com mais volume de jogo, a tentativa de pressão dos anfitriões não resultou em novo empate e a vitória ficou mesmo com a Internazionale, que volta a campo no próximo sábado recebendo o Parma. Um dia antes, o Sassuolo visita o Verona.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Em jogo de sete gols, Inter passa pelo Sassuolo e volta a encostar na Juventus


20/10/2019 | 09:38


Depois de perder a invencibilidade diante da Juventus, em casa, na rodada anterior, a Internazionale voltou a vencer neste domingo ao bater o Sassuolo, longe de seus domínios, por eletrizantes 4 a 3 que mantiveram a equipe na cola da rival de Turim na luta pela taça do Campeonato Italiano.

O duelo deste fim de semana no estádio Città del Tricolore, válido pela oitava rodada, representou, para o clube de Milão, a superação diante de um adversário que costuma ser dos mais complicados, uma vez que havia vencido quatro dos últimos cinco encontros entre os times pela competição.

Foi a sétima vitória em oito compromissos da equipe de Antonio Conte, que só perdeu pontos justamente para a octacampeã Juventus, na derrota por 2 a 1 da rodada anterior, no Giuseppe Meazza.

Agora vice-líder, a Inter tem 21 pontos e volta a encostar na equipe de Cristiano Ronaldo, que no sábado passou pelo Bologna (2 a 1) e chegou aos 22. Já o Sassuolo, com um jogo a menos e próximo da zona de rebaixamento, tem seis pontos.

Sem Stefano Sensi nem Alexis Sánchez, lesionados, Lautaro Martinez e Romelu Lukaku foram os grandes responsáveis pela vitória do time de Milão, que parecia definida até os 29 minutos do segundo tempo, mas quase sofreu uma reviravolta.

O argentino abriu o placar bem no início, aos dois minutos. Mas aos 16 a equipe da casa resolveu manter a fama de pedra no sapato da Inter, com Berardi deixando tudo igual. Aos 38, Lukaku mandou o recado de que desta vez haveria de ser diferente e foi ainda mais contundente ao fazer o terceiro, de pênalti, nos acréscimos, e deixar seu time com boa vantagem no intervalo.

Tudo parecia resolvido aos 26 da etapa final, quando Lautaro converteu nova penalidade e transformou a já encaminhada vitória em goleada. Mas o cenário se modificou radicalmente quando Djuricic, aos 29, e Boga, aos 37, deram nova carga de tensão ao confronto.

Mesmo com mais volume de jogo, a tentativa de pressão dos anfitriões não resultou em novo empate e a vitória ficou mesmo com a Internazionale, que volta a campo no próximo sábado recebendo o Parma. Um dia antes, o Sassuolo visita o Verona.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;