Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 11 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Luan Santana revela que ficou incomodado com rumores sobre ser homossexual: - Falaram muita maldade



19/10/2019 | 13:10


Luan Santana abriu o jogo e, em entrevista à revista Veja, falou sobre as dificuldades do início da carreira, principalmente em relação aos boatos que precisou enfrentar quando era adolescente e havia acabado de estrear no meio musical.

Muito sincero, o cantor disse que se incomodava muito com essas especulações, principalmente com os rumores de que era homossexual - apesar de, hoje em dia, não pensar nisso como algo negativo.

- No começo eu era muito criança. Tudo era novo. Imagine um moleque de 16, 17 anos [de idade] tendo de enfrentar maldades. Surgiam comentários, mentiras, e eu chegava em casa passando mal. Falaram muita maldade de mim. Eu me incomodei tanto com os boatos de que eu seria homossexual que comecei a me questionar se me sentava de um jeito muito afetado, sei lá. Saíram boatos na imprensa, na TV. Mas sei que o homossexualismo [o correto é homossexualidade] jamais pode ser chamado de ofensa.

Recentemente, Luan pediu Jade Magalhães em casamento, e durante a entrevista não poupou elogios à amada. O cantor, que conheceu a noiva há 12 anos, também deu declarações reveladoras sobre sexo:

- Minha primeira experiência sexual não foi com ela, não. Com 16 anos, eu já tinha tido minha primeira namoradinha. Depois, tive algumas ficantes ? antes e depois da Jade, aliás. Mas a primeira relação dela foi comigo. A gente queria só aproveitar o momento. Eu nunca pensava em casamento. Mas chegou um determinado ponto em que a vi como a mulher da minha vida. Ela é minha parceira, a pessoa que me entende e me conhece como ninguém. É isso que a gente precisa para casar, não é? O relacionamento que eu tenho com a Jade é algo que vai além de sexo: é uma coisa divina. A Jade passou por muitos momentos difíceis comigo. Ela é a pessoa para quem eu olho todos os dias e penso: Eu achei.

Fofo, né? Luan, que é a aposta de sua gravadora, a Som Livre, para no futuro suceder Roberto Carlos, disse também que não pensa nas comparações com o Rei, mas que entende o motivo delas existirem:

- Não paro para pensar nisso. Sou um grande fã do Roberto Carlos. Para mim, ele é o único rei. As comparações surgem porque, assim como Roberto, eu não tenho medo de falar de amor nas minhas canções, muito menos de gravar uma música com piano e voz, enquanto todo mundo investe nos ritmos dançantes do momento, como a bachata e o arrocha. Desejo construir minha própria carreira, por isso penso de maneira diferente de outros artistas. Quero que minha carreira seja a melhor. Quero ser o melhor. Para isso, eu me cobro muito: não sossego nunca e trabalho demais. Às vezes, essa autocobrança me faz mal. Mas, quando percebo o bem que posso fazer na vida das pessoas, fico sossegado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Luan Santana revela que ficou incomodado com rumores sobre ser homossexual: - Falaram muita maldade


19/10/2019 | 13:10


Luan Santana abriu o jogo e, em entrevista à revista Veja, falou sobre as dificuldades do início da carreira, principalmente em relação aos boatos que precisou enfrentar quando era adolescente e havia acabado de estrear no meio musical.

Muito sincero, o cantor disse que se incomodava muito com essas especulações, principalmente com os rumores de que era homossexual - apesar de, hoje em dia, não pensar nisso como algo negativo.

- No começo eu era muito criança. Tudo era novo. Imagine um moleque de 16, 17 anos [de idade] tendo de enfrentar maldades. Surgiam comentários, mentiras, e eu chegava em casa passando mal. Falaram muita maldade de mim. Eu me incomodei tanto com os boatos de que eu seria homossexual que comecei a me questionar se me sentava de um jeito muito afetado, sei lá. Saíram boatos na imprensa, na TV. Mas sei que o homossexualismo [o correto é homossexualidade] jamais pode ser chamado de ofensa.

Recentemente, Luan pediu Jade Magalhães em casamento, e durante a entrevista não poupou elogios à amada. O cantor, que conheceu a noiva há 12 anos, também deu declarações reveladoras sobre sexo:

- Minha primeira experiência sexual não foi com ela, não. Com 16 anos, eu já tinha tido minha primeira namoradinha. Depois, tive algumas ficantes ? antes e depois da Jade, aliás. Mas a primeira relação dela foi comigo. A gente queria só aproveitar o momento. Eu nunca pensava em casamento. Mas chegou um determinado ponto em que a vi como a mulher da minha vida. Ela é minha parceira, a pessoa que me entende e me conhece como ninguém. É isso que a gente precisa para casar, não é? O relacionamento que eu tenho com a Jade é algo que vai além de sexo: é uma coisa divina. A Jade passou por muitos momentos difíceis comigo. Ela é a pessoa para quem eu olho todos os dias e penso: Eu achei.

Fofo, né? Luan, que é a aposta de sua gravadora, a Som Livre, para no futuro suceder Roberto Carlos, disse também que não pensa nas comparações com o Rei, mas que entende o motivo delas existirem:

- Não paro para pensar nisso. Sou um grande fã do Roberto Carlos. Para mim, ele é o único rei. As comparações surgem porque, assim como Roberto, eu não tenho medo de falar de amor nas minhas canções, muito menos de gravar uma música com piano e voz, enquanto todo mundo investe nos ritmos dançantes do momento, como a bachata e o arrocha. Desejo construir minha própria carreira, por isso penso de maneira diferente de outros artistas. Quero que minha carreira seja a melhor. Quero ser o melhor. Para isso, eu me cobro muito: não sossego nunca e trabalho demais. Às vezes, essa autocobrança me faz mal. Mas, quando percebo o bem que posso fazer na vida das pessoas, fico sossegado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;